Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Inércia: Bombeiros seguem sem poder de polícia em SC

22 de agosto de 2013 5

O mês de agosto vai chegando ao fim sem que a Assembleia Legislativa consiga votar o projeto de lei que dá poder de polícia administrativa ao Corpo de Bombeiros Militar de SC. Nas palavras do presidente do Legislativo, deputado Joares Ponticelli, o tema que ganhou contornos de prioridade das prioridades depois da tragédia de Santa Maria, em fevereiro, já demorou a ser apreciado. A promessa era de que seria analisado antes do recesso, em julho.

Por conta de duas emendas apresentadas pelo deputado Darci de Matos, às vésperas de ir a plenário, e da pressão exercida por Joinville e pelos Bombeiros Voluntários, decidiu-se novamente adiar a análise até a volta aos trabalhos em agosto. Agora, com as federações empresariais acatando a sugestão de Matos e sugerindo mais tempo à discussão, volta-se à estaca zero na proposta. E o avanço na fiscalização das casas noturnas segue paradinho…

TESE LEGÍTIMA

O deputado Darci de Matos (PMDB) entende que suas emendas defendem o interesse do setor produtivo, que é seu papel lutar pela ampliação do debate sobre o tema e que não é o simples poder de polícia aos Bombeiros que fará diferença.

ENQUANTO ISSO…

O coronel Marcos de Oliveira, comandante do Corpo de Bombeiros Militar e o próprio Joares Ponticelli pretendem conversar sobre a demora com o governador Colombo até amanhã. A ideia é levar o projeto à votação o mais rápido possível.

comentários

Comentários (5)

  • LOURIVAL AFONSO diz: 22 de agosto de 2013

    Com o nova tabela salarial do governo, um coronel militar passará a receber R$ 22.601.22 ( vinte e dois mil, seiscentos e um reais e vinte e dois centavos) e em 2015 receberá R$ 26.589.68 (vinte e seis mil quinhentos e oitenta e nove reais e sessenta e oito centavos) cuja única função é comandar a tropa e fazer loby junto a governo e aos deputados. Enquanto isso, um médico, um professor e a base das policias continuarão salvando vidas e arriscando sua vidas para ganharem migalhas.

  • Iraci berviria diz: 22 de agosto de 2013

    Os bombeiros voluntários como em Cdia, possuem em seu quadro pessoas habilitadas, para fazer o mesmo serviço que os militares e com a mesma seriedade. O que não é justo deixar para os voluntários todos os socorros e atendimentos emergenciais e os militares atuarem só na vistoria, quer dizer, só receber o dinheiro. Os BOMBEIROS VOLUNTÁRIOS de Concórdia , de Joinville e outras cidades merecem e devem ser respeitados.Pois o povo se uniu,por estarem abandonados e agora que tem estrutura de 1º mundo (padrão FIFA), aparecem.

  • Jose Machado Pereira diz: 23 de agosto de 2013

    Srs, o que temos que ver é a quem interessa essa discussão, esse adiamento. Será que uma instituição séria como o Corpo de Bombeiros Oficial, não tem experiência suficiente para tentar aplicar algo que repercutirá em todos os sentidos nas garantias individuais de segurança contra incêndio e pânico. Srs, será que os interesses financeiros devem ser postos em primeiro plano em detrimento da segurança de pessoas, como vemos diariamente por todo o mundo? Outra coisa, só para esclarecer, o que tem a ver salário com poder de polícia administrativa? O que tem a ver voluntáriado, com bombeiro oficial (detentor de atribuições legais previstos na Constituição?) Para encerrar, tudo passa pela educação de um povo. Leiam, se informem sobre o que se trata e quais as premissas desse poder de polícia administrativa ao CBMSC para dai sim, discutirem com conhecimento de causa.

  • Paula Amaral Vasques diz: 24 de agosto de 2013

    Se os bombeiros voluntários querem poder de polĩcia façam concurso publico e virem agentes do Estado. Mas tambem tem que se submeter as regras dos demais orgaos publicos, como prestar contas do que foi gasto e principalmente de onde saiu o dinheiro para pagar seus salarios (das taxas pelas vistorias nao pode….ok.) Eles nao tem imparcialidade e nem capacidade tecnica para desenvolver essa atividade tipica de Estado.

  • nicolau m s diz: 24 de agosto de 2013

    concordo que não precisa um coronel para comandar bombeiro….

    Os BOMBEIROS VOLUNTÁRIOS de Concórdia , de Joinville e outras cidades merecem e devem ser respeitados.Pois o povo se uniu,por estarem abandonados e agora que tem estrutura de 1º mundo (padrão FIFA), aparecem.

Envie seu Comentário