Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Ranking provoca enxurrada de ações

10 de setembro de 2013 1

O juiz Geomir Roland Paul, titular do Juizado Especial Cível da comarca de Rio do Sul, julgou parcialmente procedente ação movida por um consumidor contrariado com sua inclusão involuntária no chamado concentre scoring, espécie de ranking montado pela Serasa para calcular os riscos de concessão de crédito no mercado e disponibilizado para todos os clientes da empresa.

O magistrado determinou que o nome do consumidor seja retirado da tal lista, porém negou pleito acessório de indenização por danos morais. Em Florianópolis, por exemplo, somente nas duas últimas semanas foram ajuizadas 23 mil ações por conta deste ranking. A Justiça entende que o consumidor precisa de informações claras sobre a lista, além do direito à contestação.

comentários

Comentários (1)

  • Rodrigo diz: 10 de setembro de 2013

    Entretanto, muito embora não estão publicando, o Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul e a Turma de Recursos da Capital tem mantido todas as condenações por danos morais fixados pelos juízes de primeiro grau, em valores que variam de oito a doze mil reais. O estranho é que a maioria dos processos tem resultado em condenações por danos morais e a imprensa não tem divulgado nada a respeito.

Envie seu Comentário