Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Praça do crack

19 de setembro de 2013 3

Servidores da Alesc, Tribunal de Justiça e Tribunal de Contas estão assustados com o que ocorre na Praça Tancredo Neves. no Centro da Capital. Sexta-feira passada um pedestre foi assaltado em plena luz do dia sob ameaça de faca, mesmo tendo no entorno um número considerável de PMs que fazem a guarda dos Poderes. Surpreende também a quantidade de camisinhas encontradas na ruas próximas.

Aliás

Impossível ver os usuários de crack nas ruas de Florianópolis e não lembrar da matéria do repórter Osvaldo Sagaz, da CBN Diário, que recentemente tratou o assunto. O trabalho ganhou o reconhecimento dos ouvintes e profissionais que lidam com a epidemia.

comentários

Comentários (3)

  • Alves diz: 19 de setembro de 2013

    Martine, interessante é que todas as instituições citadas possuem efetivos da Polícia Militar e poderiam em conjunto, efetuarem rondas ao menos naquela área e a segurança ser garantida.

  • almanaque do roberto diz: 19 de setembro de 2013

    Aqui em Tubarão tem guarda municipal. Mas quem faz a vigilância de órgãos públicos como a CASA DA CIDADANIA e CASA DA CULTURA é uma empresa de segurança privada.
    O objetivo das guardas municipais não é zelar pelo patrimônio público,mas sim andar armados e de viaturas.

  • FERNANDO diz: 21 de setembro de 2013

    MARTINE!!!
    SE EU FOSSE USUARIO DESSA DROGA..EU TBEM ESCOLHERIA FUMAR/CHEIRAR…TOMAR SEI LA…TAMBEM PERTO DE OUTRA DROGA…
    OU DE OUTRAS “DROGAS”…que na verdade fazem mais mal do que o crak, a maconha, a cocaína)….matam por EXTERMINIO COLETIVO…CORROINDO..SACANEANDO O POVO…

Envie seu Comentário