Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Show da PM

02 de outubro de 2013 5
CCS/PMSC/ Divulgação

CCS / PMSC/ Divulgação

A banda de música da PM completa 120 anos nessa semana. Para celebrar a data, realiza hoje uma apresentação na escadaria da Catedral Metropolitana, na Capital, a partir das 16h30min.

comentários

Comentários (5)

  • paulo souto diz: 2 de outubro de 2013

    Melhor seria ver este efetivo nas ruas combatendo criminalidade…

    Deixa as bandas para as fanfarras……

    Pagar pra tocar, é o fim do mundo …..

  • Ricardo Lima diz: 2 de outubro de 2013

    Ao Sr. Paulo Souto. Camarada, isso é cultura. E mais, o efetivo que está na foto faz alguma diferença nas ruas? Então estás reclamando da falta de efetivo, certo? Vai reclamar com quem você votou, que não inclui policiais, tanto civis quanto militares. A Segurança Pública está defasada de recursos tanto humano quanto material. Não é o efetivo da Banda que vai te fazer sentir mais seguro, porque é pequeno, e a cada dia menor. Aliás, mal que sofre não só a Banda, mas o Estado todo. Desfazer de cultura é típico de aculturado…

  • Desiludido diz: 2 de outubro de 2013

    É cultura sim, mas isso não é papel da polícia fazer, seja qual for…

    Bota esse povo na rua trabalhar, mas aquele monte que fica escondido dentro de gabinetes que quero ver se não baixa a criminalidade…

  • Desiludido diz: 2 de outubro de 2013

    É cultura sim, mas isso não é papel da polícia fazer, seja qual for…

    Bota esse povo na rua trabalhar, mais aquele monte que fica escondido dentro de gabinetes que quero ver se não baixa a criminalidade…

    Deixemos esse negócio de tocar instrumento musical é para músicos profissionais ou para quem quer cultivar cultura sendo pago para isso.

    Vou parar por aqui, pois tem coisas….

  • Indignado diz: 2 de outubro de 2013

    Pode ser muito bonito, até uma manifestação cultural, mas não é papel de policiais militares treinados ficarem somente à disposição da banda.
    Pega o efetivo da banda, coloca em cada viatura quatro homens e patrulhem(não fiquem parados em quartéis e postinhos) as ruas principalmente das periferias pra ver se os índices de roubos a mão armada e furtos de veículos não diminui.
    Absurdo é como geralmente acontece, apenas duas viaturas por dia para atender a região continental da Capital ou em um domingo certo tempo atrás em que a região norte da ilha estava sem viatura a disposição.
    Falta pessoal, falta, mas os poucos que existem são mal geridos!
    Aí fica a pergunta: Qual a função social de um oficial da PM, se os que estão nas ruas são somente os praças?

Envie seu Comentário