Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Não se sustenta

17 de outubro de 2013 3

A Abrasel/SC lamenta a tramitação na Assembleia do projeto que proíbe o uso de comandas e cartões para pagamento posterior, no momento em que os clientes deixam as casas noturnas. Para o presidente da entidade, Fábio Queiroz, a proposta é mal concebida. Ele argumenta que pela (fraca) lógica adotada, todos os pagamentos deveriam ser quitados na hora do consumo, causando desconforto aos clientes.

comentários

Comentários (3)

  • Rodrigo diz: 17 de outubro de 2013

    Concordo. Essa é mais uma dessas esdrúxulas leis feitas por nossos parlamentares em busca de holofotes em situações midiáticas, como foi o caso da Boate Kiss. Se a casa tiver instalações de acordo com as normas de segurança, a evacuação em caso de emergência será feita sem maiores problemas. cabe á Polícia e aos Bombeiros fiscalizar se as mesmas cumprem com os requisitos de segurança para funcionamento.

  • Alexandre Salum Pinto da Luz diz: 17 de outubro de 2013

    Na realidade deveria era ser respeitado o Código de Defesa do Consumidor.

    Cada casa deveria saber o que o cliente consumiu, e ao final informar a conta.

    O sistema de comanda é abusivo, pois imputa ao cliente (consumidor) uma responsabilidade que deveria ser do estabelecimento.

  • almanaque do roberto diz: 20 de outubro de 2013

    Sabe quem a Federação de Futebol do Rio enviou para participar da audiência sobre a dívida dos clubes, em Brasília? Eurico Miranda.
    No encontro, o ex-cartola pontificou:
    — O problema dos clubes é a má gestão dos dirigentes.
    Ah, bom!

Envie seu Comentário