Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Náutico

13 de novembro de 2013 0

A falta de mão de obra qualificada para setores da economia catarinense em crescimento se agrava. No setor náutico, do qual Santa Catarina pulou da quarta para a segunda posição no mercado nacional, a realidade é difícil. Na FS Yachts, de Biguaçu, uma das três maiores fabricantes do Brasil de lanchas de até 30 pés, a meta de 2013 era contratar mais 28 funcionários ao longo do ano. Mas ficou em apenas quatro.

comentários

Envie seu Comentário