Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Posts do dia 12 janeiro 2014

Asfalto

12 de janeiro de 2014 2

Por Diogo Vargas (diogo.vargas@diario.com.br)

Uma realidade que atingiu grandes metrópoles em outras épocas, como o Rio de Janeiro, assusta a polícia em Florianópolis. Garotos moradores de morros, principalmente no Maciço, descem para roubar no asfalto pegando as vítimas de surpresa. Há casos na ruas Rui Barbosa e Lauro Linhares, na Agronômica. A suspeita é que buscam dinheiro para se capitalizar, comprar drogas e depois fomentar negócios ilícitos em bocas de fumo.

Resistência

12 de janeiro de 2014 0

Por Diogo Vargas (diogo.vargas@diario.com.br)

O governo do Estado ainda não conseguiu solucionar o impasse de achar lugares que aceitem receber novas cadeias em Santa Catarina. O assunto Imaruí, no Sul, que receberia uma penitenciária, ainda tramita na Justiça.

Em outubro do ano passado, o governador Raimundo Colombo chegou a dar prazo para encerrar a questão, mas 2014 começou e nenhuma solução à vista.

Papo rápido

12 de janeiro de 2014 5

Por Diogo Vargas (diogo.vargas@diario.com.br)

O advogado criminalista Cláudio Gastão da Rosa Filho revela na entrevista por e-mail como é atuar na defesa de políticos suspeitos de corrupção.

O senhor costuma dizer que trabalha mais com a falha processual e menos a culpabilidade. Como é essa relação nos casos políticos?

As falhas, na verdade, dificultam o exercício da defesa. O que ocorre é que, ao apontarmos o vício processual, acabamos liquidando a causa sem discussão em torno da culpa ou inocência. Eu sempre digo que a maior garantia do cidadão não é a ampla defesa, e sim a boa acusação.  Uma denúncia mal formulada, quando tem o vício apontado e reconhecido, impede o julgamento do mérito, o que no caso do político é sempre negativo, pois permanece a suspeita em torno daquela acusação mal formulada. O processo contra o Collor, por exemplo, não teve julgamento de mérito, porque o STF reconheceu que a denúncia contra ele era inepta.

Há algum tipo de desconforto em atuar na defesa de políticos suspeitos de corrupção?

Em 1998, passei um período no escritório do advogado Márcio Thomaz Bastos. Certo dia, tivemos uma conversa na qual ele me disse algo que nunca esqueci. “Eu defendo os meus clientes da culpa legal. Julgamentos morais eu deixo para a majestosa vingança divina”.

Hoje o cenário é desfavorável para o deputado Romildo Titon, cotado para assumir a presidência da Assembleia. É possível algum recurso?

Por respeito ao Judiciário, não vou discutir o mérito de um processo cujos argumentos ainda não apresentei aos senhores desembargadores. Postergar o enfrentamento e o bom combate com a acusação não será minha forma de trabalhar. Vejo com muita tranquilidade e otimismo o caso do deputado que tem uma reputação ilibada e uma vida pública totalmente dedicada à sociedade catarinense.

Natural

12 de janeiro de 2014 0
Gilmar de Souza / Agência RBS

Gilmar de Souza / Agência RBS

Por Diogo Vargas (diogo.vargas@diario.com.br)

Interior catarinense também tem seu charme no verão. Que o diga Timbó, no Vale, e o Complexo Turístico Jardim do Imigrante – Thapyoka (foto).

Animosidade

12 de janeiro de 2014 0

Por Diogo Vargas (diogo.vargas@diario.com.br)

A falta d’água em Itapema, litoral Norte, esquentou a relação entre a concessionária Águas de Itapema e o empresário da construção civil Lindomar Pasqualotto. Houve divulgação de notas de ambos os lados. O empresário reclamou das poucas providências dos órgãos públicos. A Águas respondeu apontando problemas nas instalações hidráulicas do empreendimento dele.

“Decidi descer alguns degraus para que a nossa conversa ficasse no mesmo nível”, disparou ao empresário o diretor da Águas, Mario Vieira Marcondes Neto. “Aterrisse o seu helicóptero e faça como seres humanos normais”, completou Neto. Antes, em tom de desabafo, Pasqualotto havia falado em barbáries e descaso pela administração do órgão municipal: “A postura da prefeitura e da Concessionária está prejudicando todos que aqui moram”, acusou.

Dragão

12 de janeiro de 2014 0
DIVULGAÇÃO / IMAGECARE

DIVULGAÇÃO / IMAGECARE

Por Diogo Vargas (diogo.vargas@diario.com.br)

Se a praia Mole em Florianópolis tem o seu imaginário dragão na encosta; em Itajaí, na Praia Brava, o dragão na areia do Warung é verídico.

Nada de água

12 de janeiro de 2014 1
MOHAMMAD BABAEI / IRNA

MOHAMMAD BABAEI / IRNA

Por Diogo Vargas (diogo.vargas@diario.com.br)

Imagine ficar por mais de seis décadas sem tomar banho. Pois a falta de água não é problema para o iraniano Amoo Hadji, 80 anos. Na sexta-feira, a Folha de S. Paulo divulgou a foto e como vive o idoso que dorme numa cabana construída por moradores de um vilarejo. A falta de banho criou uma crosta de terra sobre a pele e a barba de Hadji. Ele gosta mesmo é de fumar charuto com esterco de animais.

Fúria do vento

12 de janeiro de 2014 0
Kiara Domit / Agência RBS

Kiara Domit / Agência RBS

Por Diogo Vargas (diogo.vargas@diario.com.br)

Placas, outdoors, árvores (foto) e fachadas de bares foram derrubados pela força do vento ontem em Criciúma, Sul do Estado. É a natureza mostrando novamente a sua cara em Santa Catarina.

Narcóticos

12 de janeiro de 2014 0

Por Diogo Vargas (diogo.vargas@diario.com.br)

Uma portaria publicada ontem no Diário Oficial, sem divulgação ou alardes, merece elogios à cúpula da segurança pública e da Polícia Civil catarinense. É a criação da tão reivindicada e prometida Delegacia de Combate às Drogas. A equipe terá dois delegados, dois escrivães e 10 agentes. Será um alento para outras delegacias da Capital, que não vêm dando conta de apurar o tráfico e os outros delitos.

A delegacia poderá investigar a atuação de organizações criminosas desde que não colidam com as atribuições da Diretoria Estadual de Investigações Criminais (Deic). É uma conquista que tem tudo para melhorar os índices da criminalidade em Florianópolis, principalmente porque drogas e assassinatos estão quase sempre interligados. Palmas ao secretário César Grubba e ao delegado-geral Aldo Pinheiro D’Ávila.

Ocupação Amarildo

12 de janeiro de 2014 1
Reprodução / Facebook

Reprodução / Facebook

Por Diogo Vargas (diogo.vargas@diario.com.br)

A presença de índios caingangues e a competência sobre a justiça agrária são os motivos que levaram à suspensão da reintegração de posse da área ocupada por famílias às margens da SC-401 (norte da Ilha), em Florianópolis. A ação está com o Ministério Público. Depois, haverá nova decisão judicial sobre o impasse.