Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Imbróglio

20 de janeiro de 2014 0

Deverá ficar para o começo de fevereiro, com o retorno do órgão especial do Tribunal de Justiça, a decisão de mérito que trata do aumento do IPTU em Florianópolis. O desembargador Gaspar Rubick trouxe dois pontos cruciais ao conceder a liminar que suspendeu o reajuste: lembrou-se da decisão da corte de São Paulo, que optou pela inconstitucionalidade, e do colega desembargador Sérgio Heil, que também se mostrou contrário recentemente ao aumento do imposto no município de Caçador, no Meio-Oeste.

comentários

Envie seu Comentário