Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Briga até por cadeira

30 de janeiro de 2014 6

Azedou de vez a relação entre a Associação dos Moradores de Jurerê Internacional e os beach clubs lá instalados. A Ajin publicou na sua página do Facebook a reprodução de uma nota fiscal no valor de R$ 10. A cobrança foi feita no Donna, uma das casas mais baladas da praia, pelo uso, acredite, de uma singela cadeira na areia.

comentários

Comentários (6)

  • Luis Schmidt diz: 30 de janeiro de 2014

    Essa gente que defende os Beach Clubs, muitos deles personalidades da mídia, certamente se aproveita das migalhas da desigualdade e da troca de favores, descolando entradas cortesia em troca de comentários à favor. A verdade é que os Beach Clubs acabaram com boa parte da vegetação, trouxeram uma legião de playboys, álcool e drogas em níveis não recreativos, brigões e sociopatas de toda natureza, um som ensurdecedor e repetitivo, flanelinhas, áreas vip e segregação social em plena área de patrimônio de todos os brasileiros. São ditos empreendedores da mesma formação daqueles que invadiram as casas de moradores no Rio de Janeiro imperial. São acostumados à ilegalidade, a sempre avançarem sobre o bem público, a construírem muros e impedir a passagem. Não é turismo, não é cultura e não é desenvolvimento. Vai demorar muito até que nossas colunas sociais percam espaço para cadernos de cultura.

  • Alberto Garbin diz: 30 de janeiro de 2014

    Sr. Martini, está certo o Donna. Quem quer posar de rico que pague para isto.

  • marcos diz: 30 de janeiro de 2014

    Até que esta no preço/ Se você for a praia, qualquer uma, vai alugar uma cadeira de nylon e um guarda sol por meros R$ 20,00 . O caso é que todo mundo quer tudo de graça.Então levem suas cadeiras de casa.

  • Tadeu diz: 30 de janeiro de 2014

    Aluguel de cadeiras e guarda-sóis são tão comuns nas areais das praias , e o valor está até abaixo do que tenho visto .
    O que me chama atenção positivamente, é a atitude correta do estabelecimento em ter emitido nota fiscal.

  • Paulo César diz: 30 de janeiro de 2014

    Martini
    Estes beach Clubs perderam a noção do que é certo.
    Nota Fiscal ??? Não tem cupon fiscal não ?
    E a maquininha do cartão de crédito ? Manda o dinheiro pra onde ?
    Tudo ilegal!
    Só pode alugar cadeirona praia quem participou da licitação na prefeitura
    E o Donna não participou.
    Mas pra quem destrói a restinga, o que é tentar ganhar algum alugando uma cadeira ??

  • QUERO SER PRESIDENTE – EU TAMBEM BEBO diz: 30 de janeiro de 2014

    Sr. Luis, quando eu crescer quero saber escrever assim – dissestes tudo, absolutamente tudo – só esquecestes de dizer que esta é uma terra invadida por bárbaros e que as próximas páginas da mídia serão no caderno policial……….

Envie seu Comentário