Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Deputado dispara contra conselho universitário

15 de abril de 2014 2

Nota do deputado Marcos Vieira (PSDB) no Facebook

INDIGNAÇÃO, NO MÍNIMO ISSO!!!!!

Infelizmente o Conselho da nossa Universidade Federal de Santa Catarina continua sendo o único responsável pela situação caótica no trânsito da importante Rua Deputado Antônio Edu Vieira, no Bairro Pantanal, na nossa Capital.

Já são mais de 10 anos que o Conselho da UFSC está ENROLANDO todos nós catarinenses. Mais uma vez o dito Conselho da UFSC está levando de barriga a cessão dos 20 mil metros quadrados para que a Prefeitura Municipal de Florianópolis possa fazer a duplicação da Rua Deputado Antônio Edu Vieira.

A Eletrosul já fez a sua parte, cedendo parte do seu terreno para que a Rua Edu Vieira seja duplicada.

Todos nós Catarinenses doamos para a UFSC mais de 1 milhão de metros quadrados de terrenos. Queremos de volta somente 20 mil metros quadrados para atender aos interesses da comunidade, mas infelizmente o Conselho Universitário da UFSC continua querendo ser professor de Deus.

Continuam querendo ser professores de Deus e, ao invés de contribuir com o desenvolvimento da nossa cidade, se fecham em um grupinho egoísta que não pensa no coletivo, mas apenas no prazer de dizer não para Florianópolis.

comentários

Comentários (2)

  • Farias diz: 15 de abril de 2014

    Menos deputado, menos.
    Deixe de demagogia eleitoral e trate de incentivar medidas para aumentar e melhorar o transporte de massa na cidade.

  • Décio diz: 16 de abril de 2014

    O Conselho Universitário a exemplo da Reitora não passam de um bando de idiotas, inescrupulosos com pose de intelectos. Se houvesse um pedido para transformar aquela área em mais um bosque para fumar, a autorização tinha sido aprovada. Os Poderes Públicos Municipais e Estaduais são omissos. Porque não desapropriar a área ? Vão ficar a vida toda na dependência destes idiotas da UFSC, que não estão nem ai com a população Florianópolitana ?

Envie seu Comentário