Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Jogo duro

05 de junho de 2014 3

O Tribunal Regional do Trabalho de Santa Catarina (TRT-SC) manteve decisão liminar que obriga os sindicatos de transporte coletivo a manter frota mínima de ônibus em circulação durante as paralisações. A multa é de R$ 50 mil ao dia para municípios e sindicatos.

comentários

Comentários (3)

  • Pedro Paulo diz: 5 de junho de 2014

    Peguntar não ofende (acho):

    E as multas das outras paralisações, foram pagas??
    Podes checar isso, blogueiro, por favor?

    Um abraço!

  • Costa diz: 5 de junho de 2014

    Martini, jogo duro como, se os baderneiros já avisaram que não haverá frota mínima? E garanto que a justiça nada fará, como sempre. Não sei qual a razão de o TRT só determinar mas não exigir o cumprimento.

  • Felipe diz: 6 de junho de 2014

    Ai convertem a multa em um domingo de catraca livre! Piada! Deixa a catraca livre uma segunda feira, ai sim, seria vantajoso para a população que sofre com as paralisações…
    Aliás, se a frota mínima deve ser mantida, não cabe advertência por escrito aos funcionários? Da três advertências e manda para rua por justa causa. Quero ver se eles não vão baixar a crista!

Envie seu Comentário