Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Caso de polícia

11 de junho de 2014 2

Em meio às acaloradas discussões sobre a realização ou não da greve dos ônibus, um fato inusitado chamou a atenção ontem: dois motoristas, um da empresa Canasvieiras e outro da Jotur, encontraram bilhetes apócrifos ameaçando suas vidas e de seus familiares caso não aderissem à paralisação que estava programada para hoje. Ambos registraram boletim de ocorrência na DP.

comentários

Comentários (2)

  • silverio diz: 11 de junho de 2014

    O povo tem certeza que a maioria dos motoristas/cobradores não querem fazer esta arruaça que estes dois gordos vagabundos do sindicato tanto insistem. Se entre eles há discórdia, imagina como está a população?

  • Juliano Menezes diz: 11 de junho de 2014

    Realmente isso é um caso de Polícia como nos traz o título da matéria. Todo o ano é esta bagunça de um sindicato oportunista, uma classe despreparada e uma gestão pública que não põe fim nisso tudo.
    OBS: Os argumentos por parte dos profissionais são muito fracos sobre as demissões dos cobradores. Estes, por vezes, não tem educação para atender a população.

Envie seu Comentário