Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Control C, control V

11 de julho de 2014 2

O vereador Guilherme Botelho Silveira (PSDB) não entendeu nada quando viu nas redes sociais outro parlamentar anunciar que havia apresentado projeto para garantir a acessibilidade aos deficientes físicos às praias de Florianópolis. É que ele protocolou proposta idêntica ainda no ano passado e o projeto já passou por todas as comissões, faltando agora somente a votação em plenário.

comentários

Comentários (2)

  • Valmy Bittencourt diz: 11 de julho de 2014

    Boa tarde Rafael, há algumas ressalvas a serem feitas em relação aos dois projetos. Estou acompanhando tudo de perto.

    O projeto protocolado ano passado pelo vereador Gui Botelho prevê que o município tem a OBRIGAÇÃO de construir rampas de acesso, oferecer cadeiras anfíbias e todo o resto. A questão é que isso é inconstitucional, um projeto de lei de um vereador não pode onerar o município em momento algum, o projeto não deveria nem ir à plenário. E a diferença entre os dois projetos é justamente essa, o projeto que foi protocolado recentemente prevê que a iniciativa privada chame a responsabilidade para si, não onerando o município.
    E convenhamos, o município alega não ter dinheiro para nada, quando que iriam construir essas rampas e tudo mais em todas as praias? Nós sabemos que nunca né!

  • Luis diz: 12 de julho de 2014

    Já não bastasse a improdutividade, a despudorada cumplicidade com a construção civil e a indústria das modificações de zoneamento/gabarito/plano diretor, ainda copiam e colam??? Vão legislar pruma cidade verde, sustentável, segura e humana seus filho de quem ronca e fuça.

Envie seu Comentário