Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Desintegração no transporte coletivo

17 de agosto de 2014 3

Leitor escreve para relatar a epopeia ao tentar seguir de ônibus do bairro Barreiros, em São José, até Santo Antônio de Lisboa, sábado passado, para passear com a mulher. Cinco ônibus depois e quase quatro horas entre espera nos terminais e veículos lotados, chegou à conclusão de que é impossível deixar o carro na garagem. E gastaram R$ 26,68 só em passagem.

comentários

Comentários (3)

  • Dr. Otario diz: 17 de agosto de 2014

    Licitação armada pela cúpula do atual prefeito com as mesmas empresas, com os seus ônibus da época dos dinossauros!

    Em um dos itens da licitação, as empresas para participarem, teriam que ter garagens e isso tirou as empresas de outros estados de participarem.

    Se vocês perceberem, vários setores do centro da nossa cidade servem para estacionamentos destes “cacos velhos repintados”1

    Só tem uma saída para que Floripa entre para uma situação normal em uma infra-estrutura mais competente: trazer profissionais de fora do nosso estado, pois eles tem uma visão muito maior em administrar cidades maiores do que a nossa que não chega a 500.000 habitantes . Quem administra uma secretaria de transito em cidades como São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, tiraria de letra aqui em Florianópolis.

    Não podemos mais reeleger estes políticos profissionais! pensem nisso e divulguem.

  • joão diz: 18 de agosto de 2014

    É isso mesmo. Para ir do Porto da Lagoa até a UFSC, leva-se, de ônibus, cerca de 2hs!!!!!!!!!!!!Com sorte!!! A distância não chega a 10 KM!!A maravilha do novo transporte público da pmf !

  • Leonardo diz: 21 de agosto de 2014

    Gostaria de saber como se chegou nesse 26,68.
    se a passagem custa 3,20 o intermunicipal e 2,75 o municipal x 4 = 23,80.
    pagando o municipal com cartão sairia 23,12.
    O que encarece é não ter integração na região metropolitana, como em Curitiba, assim pagaria-se apenas a mais cara, sairia 12,80.
    Mas saindo de barreiros, eles poderiam ter ido andando até a divisa com Florianópolis, no bairro Jardim Atlântico, que não é muito longe, assim pagaria apenas o municipal, saindo 11 reais no dinheiro ou 10,32 no cartão.

Envie seu Comentário