Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Mais fiscalização na UFSC

26 de agosto de 2014 2

O Conselho Universitário da UFSC aprovou a criação de uma corregedoria geral no campus. Sua principal função será a de fiscalizar eventuais irregularidades cometidas por servidores seja em relação ao mau uso do patrimônio público ou até mesmo sobre assédio moral. A dúvida é sobre como aplicar eventuais penalidades para a turma do contra…

comentários

Comentários (2)

  • Ricardo diz: 26 de agosto de 2014

    Rafael, isto é mais uma medida para “inglês ver”, visto que HÁ ANOS é do conhecimento de professores, coordenadores, diretores de departamentos e até da Reitoria que os funcionários fazem “rodízio” entre si e, cada um, só trabalha 4 horas por dia, apesar de terem feito concurso – e aceitado com a maior boa vontade e agradecendo a todos os santos – de que o concurso era para trabalhar 8 horas.
    Dessa forma, quando alguém chega em algum setor, estará sempre um ou mais funcionários, a depender da lotação do local, mas sempre será a metade do que deveria estar, o que reflete no mal atendimento, o que leva até os professores temerem em denunciar, pois um já me disse que se o fizer, serão perseguidos por todos os servidores pelo resto da carreira.
    Isto é a UFSC, isto é o serviço público brasileiro.
    E os picaretas ainda não querem entregar as joias da coroa para serem administradas por entidades privadas fiscalizadas pelo MPF.
    Por outro lado, os professores “privatizaram” os cursos de pós graduação e chamam os seus orientados de “meus mestrandos e meus doutorandos, entregando-lhes, muitas vezes, uma sala de aula, enquanto tiram folgas e participam de congressos que não levam a NADA.
    Abraço.

  • Eduardo diz: 26 de agosto de 2014

    “Turma” do contra? E lá tem alguma turma à favor???? Se hay gobierno soy contra!!!

Envie seu Comentário