Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Posso me aposentar “de verdade”. E agora?

31 de agosto de 2014 2

Papo rápido com Vera Regina Roesler, Psicóloga, autora do livro Posso me aposentar “de verdade”. E agora?

O brasileiro está se preparando para a aposentadoria?
A maioria dos brasileiros evita o assunto afirmando que “quando chegar o momento, saberá o que fazer”, ou ainda que “procurará auxílio se achar necessário”. Há empresas que instituíram Programas de Preparação para Aposentadoria (PPA) e incentivam seus empregados a participar. A adesão nem sempre é a esperada. Há certo receio de encarar o momento da aposentadoria.

Como fazer esta transição? 
O ideal seria ir, aos poucos, reduzindo a carga de trabalho e ocupando este tempo com outras atividades (intelectuais, artísticas, de lazer, com a família, esportes etc). No entanto, no Brasil é praticamente inexistente a experiência de empresas que permitem a redução de carga horária e essa transição gradativa do trabalho para o não trabalho.

comentários

Comentários (2)

  • Domingos Savio Mayer diz: 31 de agosto de 2014

    Realmente não estamos nos preparando para o inevitavel, estou há dois meses de minha aposentadoria e não me preparei, estou apavorado e sem saber que rumo tomar, penso em voltar a estudar e já estou a procura de um novo emprego. Com 53 anos penso que com os conhecimentos que adquiri tenho muito ainda a oferecer.

  • Paulo Arenhart diz: 1 de setembro de 2014

    Também estou nesta. A propósito, de 24 a 27 de setembro, será realizado no Hotel Castelmar, em Florianópolis, o III Congresso Brasileiro de Orientação para Aposentadoria. Uma boa oportunidade para empresas e gestores públicos se atualizarem e refletirem sobre o assunto. O Banco Santander, por exemplo, tem política de incentivo, com licença remunerada nos últimos 12 meses pré-aposentadoria. Petrobras, Volvo, Pref. Porto Alegre, etc, também programas de pré-aposentadoria. SC precisa evoluir nisto. Abraço.

Envie seu Comentário