Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Falta para a educação

29 de setembro de 2014 2

O caso do menino autista que teve a matrícula rejeitada numa escola particular em Florianópolis poderia ganhar mas agilidade na Justiça se o Ministério Público Estadual tivesse uma promotoria para tratar exclusivamente do tema educação. Hoje não existe nenhuma, ao contrário do vizinho RS que tem cinco promotorias especializadas.

comentários

Comentários (2)

  • Eduardo diz: 29 de setembro de 2014

    Prezado Rafael, ao contrário do que vc afirma, existe, na Capital, uma Promotoria exclusiva para atender esses casos. É a 9ª Promotoria de JustiçaJ! Abs!

  • Poldo Quaresmim diz: 29 de setembro de 2014

    Mas além dos holofotes e do Emporium, qual é a serventia mesmo do Ministério Público Estadual?

Envie seu Comentário