Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Ocupação a conta-gotas

08 de outubro de 2014 0

Com atraso de sete meses em relação à data marcada para a inauguração, aos poucos o Centro de Atendimento Socioeducativo (Case) para jovens infratores da Grande Florianópolis começa a receber adolescentes em conflito com a lei. Cinco menores estão em tratamento na unidade desde sexta-feira, num módulo para internação provisória. No entanto, a maior parte da estrutura de 8,4 mil metros quadrados ainda aguarda que o Estado resolva pendências solicitadas pelo MP e Justiça.

comentários

Envie seu Comentário