Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Silêncio

08 de outubro de 2014 3

Os rádios de comunicação dos agentes prisionais que trabalham na penitenciária de Florianópolis foram recolhidos pela empresa que prestava o serviço…

comentários

Comentários (3)

  • Marcos diz: 8 de outubro de 2014

    E a RBS, vai silenciar neste caso?

    http://imgur.com/Bebxru3

    Carro da RBS flagrado em vaga para IDOSO sendo recolhido pela Polícia Militar por estacionar em local proibido pela sinalização.

    Onde está o exemplo de civismo que a emissora tanto prega, mas que não segue? É o velho “faça o que eu digo, não faça o que eu faço”.

    Vou até tirar um printscreen deste comentário.

  • Flavio jarbas diz: 8 de outubro de 2014

    Caro Rafael, Verifique suas fontes antes de publicar qualquer informação!
    Faltou esclarecer que os Rádios de Comunicação ora recolhidos, são na verdade um produto de uma marca que não estava em funcionamento. A empresa responsável pelos equipamentos recolheu tais rádios e fez a substituição por equipamentos com tecnologia compatível com os demais rádios do sistema.
    Cabe informar ainda, que a Unidade Prisional citada não esta desassistida de radio comunicação.

  • Agente Neutro diz: 8 de outubro de 2014

    A desinformação de quem comenta é tanta que o MPSC deveria abrir ou continuar p processo sobre a retirada dos bloqueadores de celulares das unidades prisionais. A empresa responsável Polsec levou os aparelhos da Penitenciária de Florianópolis,por falta de pagamento. E não houve substituição nenhuma,a cadeia toda está sem comunicação. Mas os bandidos não.

Envie seu Comentário