Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Explica, mas não justifica

10 de outubro de 2014 2

Em nota assinada por três associações nacionais dos magistrados, eles defendem a legalidade do pagamento para os juízes do auxílio-moradia no valor de R$ 4.377,77. Por metade desse valor dá para alugar um bom apartamento em Florianópolis. Mas como nesse caso é o próprio Judiciário quem tem a caneta, quem há de contestar…

comentários

Comentários (2)

  • Marcos diz: 10 de outubro de 2014

    Acredite, de todos os poderes, o Judiciário é o mais podre (Sim, supera o Legislativo). Não a toa, há a judicialização de tudo ultimamente para ser negociado nos balcões dos tribunais… tudo sob o olhar complacente do Ministério Público.

  • PAULO diz: 10 de outubro de 2014

    ISSO É UMA IMORALIDADE!!!

    ESTAMOS VIVENDO NUM BRASIL PODRE, NUM BRASIL PROSTITUTIDO, ISSO É SO MAIS UMA IMORALIDADE..
    ALIAS ACREDITAR NO JUDICIARIO? SO MESMO UM ANALFABETO..
    VERGONHA!!! mas a hora deles vira…gastarão o dobro com remédios…SE DEUS QUISER….

Envie seu Comentário