Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Relações estremecidas entre Paraná e Santa Catarina

17 de outubro de 2014 1

Está cada vez mais azeda a relação entre os governos do Paraná e de Santa Catarina. Não bastasse o histórico embate em torno dos royalties do petróleo, que SC reivindica e o vizinho faz de conta que não é com eles, agora a transferência de detentos botou a gasolina que faltava na fogueira.

Aliás
Em nota oficial, o Deap catarinense negou o pedido para receber dois presos do sistema paranaense, que já enfrentou mais de 20 rebeliões nos últimos meses. A alegação é que SC já mantém 50 presos com processos exclusivos à Justiça do Estado do Paraná e não consegue enviá-los para lá.

No mais
Quando o assunto é transferências no sistema prisional, a lógica dos catarinenses é de que cada um fique no seu quadrado. Afinal, problemas por aqui também não faltam.

comentários

Comentários (1)

  • Junior diz: 17 de outubro de 2014

    Prezado Martini,

    Tenho um amigo que trabalha lá em São Pedro de Alcântara, onde a falta de efetivo é muito grande, prejudicando ainda mais o dia a dia no estabelecimento prisional. Ontem à Polícia Militar de Santa Catarina saiu do Complexo ( Escoltas de presos para: Fórum, Hospital, Transferências ) agora é responsabilidade dos próprios ‘Homens de preto”. Dia 03/11 – 35 Agentes Penitenciários Temporários terão são contratos vencidos, onde o próprio DEAP ainda não confirmou a renovação por mais um ano. Como fica o andamento do sistema prisional com a falta de efetivo?

Envie seu Comentário