Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Guerra nas redes

22 de outubro de 2014 0

Fica a dica para quem está se sentido pessoalmente ofendido com a gritaria nas redes sociais antes do segundo turno (ou para quem se acha livre para acusar): posts podem virar provas judiciais para futuros processos, basta que sejam registrados em cartório, lembra a Associação de Notários e Registradores de Santa Catarina (Anoreg/SC).

comentários

Envie seu Comentário