Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Minuto do Martini: Somos uma ilha de carros cercada de incompetência

30 de outubro de 2014 5

Sobre a mobilidade (imobilidade) urbana de Florianópolis:

comentários

Comentários (5)

  • JORGE DOTTI CESA diz: 30 de outubro de 2014

    Martini, isto tem que virar caso de polícia, se não nossos políticos não vão tomar medidas urgentes e concretas.
    O caos da última 4ª feira vai começar em breve a se tornar sistemático. E os eleitores vão continuar elegendo prefeitos, vereadores, deputados e governadores que não assumem o problema e só prometem.
    Cada vez mais prédios e cada vez menos soluções !!! Então que por enquanto parem as construções.
    Acorda Florianópolis !!! Mobilidade JÁ !!!

  • Walmor diz: 31 de outubro de 2014

    Para melhorar a mobilidade urbana de Florianópolis, precisa de vontade política e de competência, coisas que estão faltando há muito tempo para resolver essa questão. Acho que estão esperando o reparo da Ponte Hercílio Luz para que essa resolva o problema. O centro não comporta mais pontes, pois não tem onde escoar o número crescente de veículos que entram todos os dias na ilha. Tem é que pensar em construir mais duas pontes, uma no lado norte da ilha e outra no lado sul, ligando a BR 101, pois só assim se desafogará o transito no centro da cidade, que já se encontra saturado há muito tempo. O problema é que enquanto as autoridade apenas pensam em procurar solução, o problema da mobilidade se agrava dia a dia, pois a cada dia que passa mais veículos são emplacados e começam a transitar pelas ruas da cidade. Acho que já chegou a hora de estabelecer rodizio de placas de veículos que poderão transitar como já faz São Paulo, mas será que nossas autoridades terão coragem para aplicar tal medida por aqui ou vão preferir deixar para os próximos governantes essa necessária mas impopular medida?

  • Antonio Junior diz: 31 de outubro de 2014

    Martini… 4ª ponte, transporte marítimo, ponte hercílio luz, integração do trasnporte coletivo, não temos que escolher uma opção…. todas essas juntas é que aliviariam o caos do trânsito na cidade. Florianópolis caminha com força, passos largos, com vontade, com raça, com determinação e foco para se tornar uma cidade parada… onde ficar 2,3,4,5 horas na fila (seja em carro ou ônibus) será o normal…. absurdo isso.

  • Jose Rui diz: 31 de outubro de 2014

    Martini,
    O transporte maritumo funciona no mundo todo. Porque nao aqui?
    (sou membro do conselho do leitor do DC e estou todo mes numa reuniao ai ao lado da tua mesa e estou a tua disposicao para discutir este assunto)

  • Luis diz: 1 de novembro de 2014

    O eleitorado do ex-prefeito Moeda Verde não se importa. Eles querem é tapete preto, viadutos. Esta massa ignara e ignóbil não ânsia por transporte público multimodal de qualidade, privilégios para pedestres e ciclistas. Não viajaram, não leram, estão na escuridão. O que fazem nas ruas, fazem nas urnas. Para eles, vale o rouba mas faz. Mesmo que a obra seja inútil, superfaturada. É o atraso civilizatório. Vai demorar! A educação é revolucionária, só ela pra superarmos o “isto que esta aí”.

Envie seu Comentário