Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Inquérito da Ave de Rapina indicia outros dois servidores

26 de novembro de 2014 6

Na entrevista coletiva sobre o encerramento do inquérito da operação Ave de Rapina o delegado Allan Dias afirmou que havia três novos indiciados, dois deles funcionários públicos e um empresário, além daqueles que foram presos ou conduzidos coercitivamente à PF.

Os dois servidores indiciados no inquérito da operação Ave de Rapina são o policial militar da reserva Silvio Odair de Souza e a funcionária da empresa Senasc Aline Candida Moisyn Jahn. Souza e Aline, ela equiparada a funcionária pública porque a empresa presta serviços para o município, foram indiciados no artigo 312-A do Código Penal, acusados de inserir dados falsos no sistema.

 

comentários

Comentários (6)

  • Breno diz: 26 de novembro de 2014

    INDICIADOS, isso não significa que serão denunciados pelo Ministério Publico. Ate porque, se vocês da mídia tiveram acesso as transcrições das escutas telefônicas, irão perceber que ambos não possuem qualquer envolvimento, tampouco sabiam que havia esse “esquema”. A funcionaria inclusive fez porque foi determinado pelo seu chefe, já o policial mal sabe o que aconteceu. Alias causa estranheza o proprietário do veiculo não ter sido indiciado, uma vez que o mesmo se encontra na mesma situação do policial militar, ou melhor, se lerem as transcrições irão perceber que o proprietário do veiculo em tese sabe que algo de indevido estava sendo feito, diferentemente do policial militar Silvio.

  • Pedro Antunes diz: 27 de novembro de 2014

    Triste realidade de muitos municípios. Na reportagem da capa de hoje, quinta, podemos incluir Santo Amaro da Imperatriz, que instalou recentemente uma CPI dos Radares, ali no antes bucólico município de 20 mil habitantes, e 10 mil carros, foram 7 mil multas em um mês de funcionamento dos novos radares que fazem uma série de pegadinhas nas ruas centrais do município, com velocidades de 30, 40, 50 e 60 km/h, e pagamento mensal de quase 50 mil mês a contratada pelos radares, onde falta dinheiro para tudo, típico de município pequeno.

  • Noris Santana diz: 27 de novembro de 2014

    Êta Brasil que tá podre!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

  • Roberto diz: 27 de novembro de 2014

    Moacir, meu caro.

    Esse policial militar, Silvio, não é aquele que serviu como segurança, ao Sr. Dário Berger, na moeda verde e quando Prefeito de Florianópolis?

  • rodrigo diz: 28 de novembro de 2014

    Isso parece mesmo um balaio de siris, puxa-se um e os outros vem tudo agarrado. E não acaba de sair siri.

  • rita de cassia diz: 28 de novembro de 2014

    Nossa esse tal BRENO do comentario acima ta bem informado né? no minimo é amiguinho do policial SILVIO ODAIR …ou advogado….PARABENS a PF !!! Cadeia para os larápios…e digo mais ..ja que ele trabalhou de segurança na gestão do ex-prefeito Dario…..procurem mais embaixo do tapete deve ter mais sujeira

Envie seu Comentário