Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Viagem para os EUA em busca de uma solução

11 de fevereiro de 2015 13

Guto Kuerten
Foto: Guto Kuerten / Agência RBS

Raimundo Colombo embarcou para os Estados Unidos em uma tentativa de colocar ponto final na novela da reforma da Hercílio Luz. Vai a Pittsburgh, no estado americano da Pensilvânia, onde se reunirá com a direção da American Bridge, mesma companhia que construiu a ponte entre 1922 e 1926 e que pode ser contratada para a segunda etapa de restauração da estrutura. Repete os mesmos passos do então governador Luiz Henrique da Silveira em 2005, que também saiu de lá com um acordo para restauração. Dez anos depois e sem nenhum avanço substancial nas obras, a pressão da opinião pública só aumentou. Voltar de mãos abanando é que não dá.

Aliás
Vereador Tiago Silva ( PDT) ocupou a tribuna da Câmara de Vereadores na segunda- feira para criticar a paralisação das obras do governo do Estado em Florianópolis. Antes, disse ele, o problema era a empresa que não cumpria o contrato na SC- 403 e também na ponte Hercílio Luz. E agora, qual será a desculpa para tanta demora, questionou.

Leia mais:
::: Luiz Henrique foi aos EUA negociar reforma da Ponte Hercílio Luz em 2005

comentários

Comentários (13)

  • marcos diz: 11 de fevereiro de 2015

    Começo a achar que o problema de atraso em obras como a SC 403, acesso ao aeroporto e ponte Hercilio Luz não se deve a empresa Espaço Aberto. Pelo noticiario local da para perceber que o governo estadual contrata os serviços mas depois esquece de pagar em dia. Assim ninguém pode aguentar mesmo. Ou seja, o Estado finge que paga e as empresas fingem que executam as obras.

  • Curió diz: 11 de fevereiro de 2015

    Não embarca no avião de volta Colombo, pelo amor! O estado está como um baiacu de inchado com comissionados, nomeações inúteis e incompetentes brigando, parece uma panela de pressão que vai para os ares após o carnaval. Os servidores estão rogando pragas e o diabo está solto louquinho para pegar um fofinho muito prevenido… vai parar o magistério, a saúde, a segurança… Não embarca de volta Colombo pelo amor!

  • Priscila diz: 11 de fevereiro de 2015

    Que interessante essa viagem. Geralmente os fornecedores que vem ao encontro do futuro cliente para apresentar propostas, fazer demonstrações, reuniões diversas. Especialmente quando se trata de licitação.

  • Alemão diz: 11 de fevereiro de 2015

    Este é o Governador que vocês VOTARAM

  • Serafim Mantelli diz: 11 de fevereiro de 2015

    Quanto descaso com o dinheiro do contribuinte, e quanta incompetência para resolver a novela da ponte Hercilio Luz, da duplicação da Rodovia SC 403, do elevado do trevo de Canasvieiras e centenas de obras pelo estado afora que estão agonizando por falta de organização de um governo que já mostrou sua incapacidade de gerir o estado.

  • Florentino do continente diz: 11 de fevereiro de 2015

    E pode contratar sem licitação?

  • Joazinho diz: 11 de fevereiro de 2015

    Não entendo a insatisfação do povo… Não elegeram ele em primeiro turno? Que piore mais!!!

  • Angelo diz: 11 de fevereiro de 2015

    Não irá voltar com solução alguma, visto que a empresa Americana irá sugerir a implosão, assim como a que foi feita em ponte similar no mesmo País e isso nosso executivo não quer. Lá são práticos, aqui são políticos, infelizmente. Desmancha, vende os pedaços como souvenir e o que sobrar vende para o ferro velho. Simples assim. Continuaremos tendo muitas praias e não vai ser a “perda” da ponte que tirará o brilho da cidade.

  • Naldo diz: 12 de fevereiro de 2015

    O LHS já foi fazer turismo com dinheiro publico no passado com a mesma justificativa; esta do Colombo não cola mais!! IMPLOSÃO e reciclagem da ponte JÁ!! Chega de usar esta desculpa para encher os cofres das quadrilhas politicas com as regias comissões que esta obra rende e rendeu. Chega do ralo dos recursos publicos. O povo quer acesso e não monumento pré historico que não tem utilidade nenhuma!!

  • revoltado diz: 12 de fevereiro de 2015

    Por que gastam tanto dinheiro com uma ponte que até o governo americano (muito mais esperto que o brasileiro), já indicou para implodir. Essa ponte é um funil de dinheiro público e não ajudará em nada o problema da mobilidade na capital. Aliás, por que não constroem uma no mesmo estilo mas com umas 5 faixas de cada lado?

  • Joao Carlos diz: 12 de fevereiro de 2015

    Não era melhor o governador ter pago a empresa que estava fazendo a obra? Agora tem que viaja com uma comitiva pra gastar e trazer solução? Será que vai trazer???? Quanta incompetência deste governo….

  • Sabiá diz: 13 de fevereiro de 2015

    ONDE E COM QUEM ESTÁ COLOMBO ?

    Onde está realmente o colombo ? Alguma foto foi publicada dele com a comitiva embarcando no avião ? Pergunta que não quer calar, não vai calar…
    Onde, onde está Colombo ? Quantos e quais são da comitiva ? Porque e para que ? Como ? Quanto, qual a velocidade, frequência, custo financeiro, tempo, retorno…
    Com a palavra a secretaria estadual de comunicação. Mais do que
    ………………………….em ( verba ) da!

    ONDE E COM QUEM QUEM ESTÁ COLOMBO ?

  • Curió diz: 14 de fevereiro de 2015

    Canta sabiá !!!
    Sempre é carnaval, sempre é carnaval
    em comitiva governamental…
    Sempre é carnaval, sempre é carnaval
    nas 65 secretarias do governo estadual…

    Sempre é carnaval, sempre é carnaval
    no enxugamento 500 fenomenal…
    Sempre é carnaval, sempre é carnaval
    mas o baiacu aumenta e toca o grenal…

    * Nota de pesar e de depilamento ( já se foi a era do bigode no rosto, agora a coisa é púbica ) da última das vergonhas de Colombo, governador do reino de Sancatrina: a sacanagem que fez com a medida provisória dos ACTs. Vá em paz com a ” tristeza ” carnavalesca porque os professores vão unir as três aldeias para pintura de guerra e os cocares já estão na cabeça dos dirigentes sindicais.

Envie seu Comentário