Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Doação de cabelo: um ato de coragem e atitude

20 de julho de 2015 0

Por Guto Kuerten*

Foto: Guto Kuerten, Agência RBS

Foto: Guto Kuerten, Agência RBS

“Doar sem esperar nada em troca. Muito libertador. Parece que eu tirei um quilo de minha cabeça.”

Na verdade não foi um quilo, e sim 80 gramas de cabelo e de pura realização em poder ajudar quem está em tratamento de câncer por radioterapia e quimioterapia no Centro de Pesquisas Oncológicas (Cepon) em Florianópolis. A administradora Kharine Arendt, 31 anos, soube durante uma conversa com amigas do projeto que ajuda a melhorar a autoestima dos pacientes e não perdeu tempo. Foi no cabeleireiro e pela primeira vez em sua vida cortou curto seu cabelo por uma causa nobre.

Há 20 anos o Cepon conta com um banco de perucas atualmente administrado pela Associação de Voluntários do Cepon (AVOC). Foram 479 pacientes atendidos. Basta ter no mínimo 15 centímetros de comprimento e não importa se o cabelo foi pintado, passou por descoloração ou escova progressiva. Pode ser de homem, mulher ou criança. A recomendação é cortar o cabelo amarrado em mechas. Após o corte, armazená-las envolvidas em papel toalha, para evitar que embarace, e doar.

Como proceder para doar os cabelos para crianças com câncer?

* O colunista Rafael Martini está de férias até dia 3 de agosto. Neste período, quem assume o Visor é Guto Kuerten, do blog De Olho nas Ruas.

comentários

Envie seu Comentário