Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Apresentação musical na Penitenciária de Joinville e os destaques desta terça

11 de agosto de 2015 0
Foto: João Marcos Buch / Divulgação

Foto: João Marcos Buch / Divulgação

O juiz João Marcos Buch foi até a Penitenciária de Joinville para uma conversa de rotina com mais de cem detentos. Acabou assistindo a um ensaio de dois presos para apresentação durante evento de palestras que ocorrerá no município no final do mês. Executaram As Bachianas, de Villa-Lobos, ao piano e violino. O instrumento de cordas (foto acima) foi fabricado no século 19 e restaurado pelo detento.

Deu Cano

A Associação dos Moradores de Canasvieiras preparou um evento para recepcionar Cesar Souza Junior na semana passada no norte da Ilha. Tinha coquetel, apresentação cultural com meninas enfeitadas para dançar e cerca de 200 pessoas esperando a partir das 19h. Depois de quase três horas aguardando, receberam uma ligação informando que ele não iria comparecer. O grupo de idosos Viver Ativo, todos com mais de 60 anos, ficou indignado. A gritaria chegou às redes sociais.

Copo Cheio

Esquentou de vez a disputa entre a Casan e o município de Penha. A Companhia Catarinense de Águas e Saneamento propôs à Justiça que bloqueie nas contas do município no Litoral Norte os valores mensais devidos a título de contraprestação pelo fornecimento de água. Pelos cálculos da diretoria comercial da Casan, em planilha anexada ao pedido cautelar, o débito chega a R$ 10, 8 milhões.

Pauta-Bomba

O presidente da Associação dos Delegados de Polícia de Santa Catarina (Adepol-SC), Ulisses Gabriel, comemorou a aprovação na Câmara Federal, em Brasília, da PEC 443, que fixou a remuneração dos advogados públicos da União aos vencimentos dos ministros do STF. É que o benefício também se estende aos delegados de polícia. Faz parte, mas ficou estranho nenhuma palavra sobre o fato de a PEC ter sido colocada em votação por Eduardo Cunha (PMDB-RJ) numa tentativa de jogar ainda mais gasolina no inflamado cenário político.

Panelada

Quando é que o Dnit-SC pretende dar atenção ao trecho sul da BR-101 logo na divisa entre o Rio Grande do Sul e SC. Os primeiros 100 quilômetros em território catarinense exigem atenção redobrada, porque a buraqueira está grande.

São Tomé

A véspera da sessão de quarta-feira (12) na Câmara de Vereadores de Florianópolis será de muita conversa nos bastidores. Há quem garanta que falta pouco para se chegar aos 16 votos para a cassação de César Faria e Marcos Espíndola, o Badeko. Outros estão mais reticentes e acreditam em reviravolta. Como a coluna não fica em cima do muro, apostaria em cassação se fosse nesta terça-feira (11). Mas amanhã é outro dia.

Leia as últimas notícias

comentários

Envie seu Comentário