Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Câmara da Capital mantém veto que permitiria uso do nome social no serviço municipal

11 de agosto de 2015 0

A Câmara de Florianópolis manteve na sessão de segunda-feira (10) o veto do prefeito ao projeto que permitia ao usuário dos serviços do município ser chamado pelo nome social. Ou seja, no cadastro seria criado mais um espaço para a pessoa ser identificada pela forma como gosta de ser reconhecida publicamente. E por essas coincidências, entre os que votaram favoráveis ao veto estão Dinho, Bispo Jerônimo, Ed, Marcelo da Intendência e Pedrão. Todos usuários de nomes sociais, o velho apelido. O projeto é do vereador Ricardo (PR).

Aliás

Até agora ainda não chegou ao Legislativo da Capital o Plano Municipal de Educação com a retirada da discussão de gênero nas escolas da rede municipal. O prazo era até 24 de junho. A polêmica não faz o menor sentido, porque o respeito ao outro e a compreensão de que somos todos iguais, independente de raça, cor, religião ou opção sexual se ensina dentro de casa. À escola cabe debater.

Leia as últimas notícias

comentários

Envie seu Comentário