Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Se fosse um país, SC teria um dos cinco melhores números de doação de órgãos do mundo

25 de agosto de 2015 0

“Se fosse um país, Santa Catarina teria um dos cinco melhores números de doação de órgãos do mundo.” A declaração do coordenador da SC Transplantes, Joel de Andrade, foi feita durante reunião dos diretores de hospitais públicos do Estado. Junto de SC estariam apenas Espanha, Portugal, Croácia e Estônia – estes dois últimos com número de habitantes inferior ao de Santa Catarina.

Um dos principais motivos para integrar este seleto grupo é a quantidade cada vez menor de negativas de familiares para a doação de órgãos. Em 2007, o índice chegava a 70%; hoje é 38% em média. Em Blumenau, onde o sistema é referência no Estado, o percentual de “não” é 18%.

Leia o especial Vidas Compartilhadas

comentários

Envie seu Comentário