Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Aniversário do PCC serve de alerta para situação da segurança no Estado

01 de setembro de 2015 2

O PCC (Primeiro Comando da Capital) completou 22 anos ontem. Nasceu das entranhas das cadeias paulistas e espalhou tentáculos pelo Brasil afora. Em Santa Catarina, trava violenta disputa com o PGC (Primeiro Grupo Catarinense), grupo que ainda detém a hegemonia no sistema prisional. A data não tem motivo algum para ser celebrada do lado de fora das grades, mas serviu de alerta geral para as forças de segurança de SC.

Aliás

Por mais que o Estado garanta que o serviço de inteligência esteja monitorando as facções, fica difícil imaginar que tenha estrutura suficiente diante da crônica falta de efetivo nas polícias Civil e Militar. O sinal de celular está liberado em todas as unidades, enquanto o governo briga na Justiça com as operadoras e os escâneres também não entraram em operação.

Leia as as últimas notícias

comentários

Comentários (2)

  • Raio X diz: 1 de setembro de 2015

    Ao utilizarem taticas de guerrilhas os bandidos geralmente levam vantagem pelo fator surpresa. Dificilmente por mais equipada que a policia esteja possa evitar os ataques.

  • Antonio diz: 1 de setembro de 2015

    Rafael,

    Sou agente penitenciário a algum tempo e escreio para relatar a nossa indignação. Nunca na nossa história existiu tamanha desorganização, omissão. Estamos a 5 anos esperando para tirar carteira funcional , tem agente andando com porte de papel, os bloqueadores foram retirados por suspeita de super faturento, os scanners da mesma forma, jogaram um controle de vídeo game pra dentro do Semi Aberto em Palhoça e a Secretária e seu adjunto a passear, sem apurar as denúncias por exemplo no presídio feminino de desvio de diárias que foi apresentado no MP. Estamos largados infelizmente.

Envie seu Comentário