Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Dnit instala placa curiosa na BR-470

16 de outubro de 2015 21
Foto: Gilmar de Souza, Agência RBS

Foto: Gilmar de Souza, Agência RBS

Placa do Dnit instalada na BR-470 na altura de Blumenau alerta para o risco de atropelamento dos bichinhos usando a imagem de… uma coruja?

Leia as últimas notícias

comentários

Comentários (21)

  • João Felipe Martins diz: 16 de outubro de 2015

    As corujas apresentam voos baixos e, por esse motivo, ocorre um alto índice de atropelamentos. Muitas aves são atropeladas nas estradas brasileiras.

    http://revistas.unisinos.br/index.php/neotropical/article/viewFile/nbc.2011.63.07/654

  • Rafael diz: 16 de outubro de 2015

    Parece uma escolha curiosa, porém eu já várias corujas paradas no meio da pista! Principalmente à noite.

  • Alvinegro diz: 16 de outubro de 2015

    Jornalista sempre quer uma polêmica, além dos atributos de ser um animal que anda bastante a coruja é um símbolo do conhecimento, sabedoria… Quem sabe os motoristas devam usar isso para dirigir…

  • FERNANDO DAMASIO diz: 16 de outubro de 2015

    QUANDO VOCE PERCEBER QUE UMA CORUJA ESTA ATRAVESSANDO A VIA E PRINCIPALMENTE A NOITE REDUZA A VELOCIDADE, ABAIXE O FAROL OU PISCA ALERTA. ESSA AVES NÃO VOAM, NÃO POSSUEM ASAS E SAO LENTAS.
    SERÁ QUE ESTA DEFINIÇÃO NÃO SAIU DA CABEÇA DE ALGUEM DO DNIT BASEADA NA LIGEIREZA DAS OBRAS QUE ELES FAZEM?

  • Luiz Fernando Goedert diz: 16 de outubro de 2015

    Fazendo coro aos comentários anteriores, que abordagem infeliz! Faltou um pouco de conhecimento e informação antes de publicar, hein? Uma pesquisa no Google talvez resolvesse.

    Parabéns ao DNIT e aos demais órgãos envolvidos por avisar motoristas e desconhecedores da fauna local.

  • Alcebiades diz: 16 de outubro de 2015

    Até faz sentido. Deve ser uma alusão ao fato que corujas estão, como escoteiros, “sempre alerta”. Como motoristas devemos estar também, sempre alerta e com máximo cuidado, principalmente com toda essa chuvarada.

  • Eraldo Santos de Oliveira diz: 16 de outubro de 2015

    Na SC 401 em Florianópolis sempre tem animais silvestres mortos por atropelamentos ja que não existe passagens sob a pista para tal.
    Como sempre não pensaram em nada …

  • Mané Catarina diz: 16 de outubro de 2015

    Rafael Martini é gaucho! Não sabe que não precisar estar em contato com a pista para ser atropelado. A propósito, o estado e a cidade estão com quase nada pra se comentar né? Falta assunto pra criticar…

  • Jonatan diz: 16 de outubro de 2015

    Que informação que nos foi passada por esse jornalista, de grande ajuda, não buscou informação alguma para detalhar o porque da placa com aquela imagem. Nos dias atuais esta fácil ser jornalista.

  • Você diz: 16 de outubro de 2015

    Que nível de reportagem impressionante! (Sarcasmo tá!?)

  • alex diz: 16 de outubro de 2015

    Tão reclamando do que? Jornalista inteligente é muito raro. A maioria sabe um monte de Nada sobre vários assuntos

  • Jair Mohr diz: 16 de outubro de 2015

    Eu acho que o DNIT devia se preocupar em tampar os buracos já que o verão está chegando e o movimento vai aumentar em vez de gastar com placas que não levam a nada

  • Marco Souza diz: 16 de outubro de 2015

    Algumas espécies de coruja fazem seus ninhos no chão, em muitos casos junto a rodovias onde há vegetação rasteira. Não vejo sentido algum nessa matéria. Querem agora criticar o DNIT pela escolha do animal que estampa o outdoor?

  • Ernani diz: 16 de outubro de 2015

    Por favor, antes de postar um comentário/notícia como essa pesquise um pouco. Sim, as corujas são vítimas de atropelamento.

    Por favor, retirem isto do ar… Chega a ser vergonhoso.

  • carlos cassini diz: 16 de outubro de 2015

    Eu já atropelei uma coruja. Ela estava no chão, vou para um lado e retornou para a pista e bateu (bati) no parabrisas. Acho muito interessante a coruja, por ser o simbolo da sabedoria além de estar de olhos bem abertos.
    Parabéns DNIT!

  • Raphael diz: 16 de outubro de 2015

    Curiosa para desinformados sobre os hábitos de um coruja.

  • Alfredo diz: 16 de outubro de 2015

    Agora o animal vai dizer que a coruja da foto não é a “buraqueira” tentando explicar a sua ignorância.

  • José Carlos diz: 16 de outubro de 2015

    Seria interessante o blog tentar aprofundar-se antes de ironizar a escolha do DNIT
    “Corujas são especialmente suscetíveis a atropelamentos porque elas vêm caçar nas estradas. Acredito que um dos grandes motivos é que os caminhões que transportam grãos, como milho, comum na região de São Miguel, deixam cair grande quantidade de grãos nas estradas. De dia é possível ver pombas se alimentando no meio da estrada, e a noite com certeza é a vez dos roedores, que por sua vez atraem as corujas” (http://www.anda.jor.br/31/01/2011/o-perigo-das-estradas-para-a-vida-selvagem)

  • Sirlene diz: 16 de outubro de 2015

    Provavelmente, se o DNIT instalou a placa é porque deve ter diagnosticado muitos atropelamentos dessa ave nesse trecho da rodovia.

  • Renato diz: 16 de outubro de 2015

    Querias o que ?? Um cãozinho com lacinho e seu dono caminhando e deixando cocô em tudo que é canto ?? Falta de conhecimento, a questão é só criticar, até mesmo quando se tem uma boa ideai tão difícil hoje no poder publico.

  • André fiamoncini diz: 17 de outubro de 2015

    Se eu fosse da rbs repensaria o espaco dado a essse colunista colocaria talvez … uma coruja?

Envie seu Comentário