Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Justiça dá prazo final para manutenção das pontes Pedro Ivo e Colombo Salles

20 de outubro de 2015 2
Charles Guerra  Agência RBS

Charles Guerra Agência RBS

O juiz Hélio do Valle Pereira acatou na íntegra a petição do Ministério Público Estadual e deu prazo de 60 dias para que o Deinfra apresente não só o cronograma de restauração das Pontes Pedro Ivo Campos e Colombo Salles, como a imediata abertura de processo licitatório para a contratação da empresa responsável pelas obras orçadas em R$ 70 milhões.

A ação foi proposta pelo promotor Daniel Paladino, após o descumprimento do acordo firmado entre MP e Estado, ainda no mês de julho.

Acaba o prazo para a manutenção das pontes Pedro Ivo e Colombo Salles

No despacho que destaca a urgência da medida, o magistrado também não poupou críticas à ineficiência e letargia do Deinfra, que estaria se utilizando do rito burocrático para postergar ao máximo todas as movimentações.

A exigência, sob pena de multa diária de R$ 50 mil, é para que se anuncie medidas efetivas para a manutenção das duas estruturas em funcionamento atualmente na ligação entre Ilha e continente.

Leia as últimas notícias sobre o Deinfra

 

comentários

Comentários (2)

  • José diz: 20 de outubro de 2015

    Desmandos em relação a infraestrutura de transportes no Estado:

    Acesso aeroporto de Flp em obras sem saber o traçado (mesma novela da Via expressa Sul); SC 401 não conseguem fazer manutenção; SC 403 (obra da SIE e não do DEINFRA) com conflito; Serra em Urubici com obras paralisadas; SC 477 em Doutor Pedrinho e Itaiopolis abandonada; rodovias no Oeste abandonadas; acesso aos Portos em péssimas condições…

    Pessoas morrendo, prejuízos econômicos e ambientais por Toda SANTA CATARINA.

    É extremamente importante aproveitar esta situação das pontes para os órgãos e sociedade cobrar do Governo uma posição em relação ao futuro do DEINFRA e da SIE – a infraestrutura de transportes do Estado de Santa Catarina.

    Quantos engenheiros a Secretaria de Infraestrutura possui em seu quadro para estar executando a atual quantidade de obras?

    Qual a politica de transportes do nosso Estado?

    A responsabilidade por este conflito ao que fazer em relação a ponte HL é da Secretária de Estado da Infraestrutura (SIE).´Órgão responsável pela politica de transportes do Estado.

    O DEINFRA responsável pelos desmandos na execução.

    Será que com estes milhões gastos na ponte não dariam para fazer uma linha de metrô ou VLT do continente até o centro?

    Uma ponte com mirante, passagem de pedestres, ciclistas e um VLT?

    Outra pergunta: nas atuais pontes de concreto, temos 4 faixas de pedestres e ciclistas?
    NÃO! As placas de concreto estão caindo e outras nunca foram terminadas…

    Qual a política de infraestrutura de transportes para o Estado de Santa Catarina?

    O que a SIE tem feito?

    Qual o papel da SIE e do DEINFRA neste cenário?

    O Estado de SC tem governador?

  • luiz Martins diz: 23 de outubro de 2015

    A letargia é responsabilidade do Governador Raimundo Colombo.

Envie seu Comentário