Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Casa de Ferreiro

22 de outubro de 2015 3

Atento leitor quer saber se a devassa anunciada pelo ministério Público Estadual nos alvarás emitidos na gestão do ex-secretário municipal José Carlos Rauen, em Florianópolis, inclui análise da liberação para a construção a toque de caixa da nova sede da instituição o famoso edifício da casa rosa, orçado em r$ 125 milhões sem edital de licitação.

Leia as últimas notícias

comentários

Comentários (3)

  • Manolo Del Olmo diz: 22 de outubro de 2015

    Não, certamente não. O MPSC comprou por 38 milhões um terreno negociado semanas antes por cerca de 10 milhões, somou a já declarada ilegal “compra na planta” de uma torre de 85 milhões, pagou adiantado 30 milhões e aí de quem o conteste. O MPSC ajuiza ações de improbidade até quando o servidor público envia um fax particular da repartição pública, mas quanto a Casa Rosa, todos no mais absoluto silêncio. Perderam o crédito.

  • Florentino do continente diz: 22 de outubro de 2015

    E falando nisso, sabia que a policlínica do Continente da Rua Heitor Blum no Estreito esta a mais de dois dias sem atender ninguém e fechada, sabia que o carro da Secretaria Municipal do Continente bateu no município de São José e ninguém sabe dizer o que estava fazendo lá, sabia que os carros alugados pela Prefeitura Municipal de Florianópolis serve para lavar todos os dias alguns funcionários para casa, sabia?

  • Juliuis diz: 23 de outubro de 2015

    só vale para os outros?
    improbidade só para os outros?
    que Brasil querem?

Envie seu Comentário