Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Posts com a tag "badeko"

Badeko vai defender seu mandato em plenário nesta quarta-feira

12 de agosto de 2015 1

Diferentemente do ex-presidente César Faria, que obteve na Justiça liminar interrompendo o processo de cassação na Câmara, o outro vereador, Marcos Espíndola, o Badeko, vai defender seu mandato em plenário nesta quarta-feira. O advogado de Badeko, Lídio Moisés da Cruz, esteve no Legislativo terça-feira e informou a decisão do cliente. Portanto, haverá votação de ao menos um processo nesta quarta.

Votação do processo de cassação do vereador Badeko está confirmada
Liminar suspende cassação do vereador César Faria

Destino incerto
Hoje é aniversário de 35 anos do prefeito Cesar Souza Junior. Após audiência em Brasília na segunda-feira, viajou com com a esposa para celebrar a data e deve retornar ainda nesta quarta. E a cidade em meio ao tiroteio político.

Chora cavaco
Já tem gente da turma do samba pensando num refrão que contenha as palavras delação premiada, ave da rapina e lava jato.

Leia as últimas notícias

Votação do processo de cassação do vereador Badeko está confirmada

11 de agosto de 2015 1

Diferentemente do ex-presidente César Faria, que obteve na Justiça liminar interrompendo o processo de cassação na Câmara, o outro vereador, Marcos Espíndola, o Badeko, vai defender seu mandato em plenário nesta quarta-feira.

O advogado do parlamentar, Lídio Moisés da Cruz, esteve nesta terça-feira no Legislativo ontem e informou a decisão do cliente.

Portanto, haverá votação de ao menos um processo nesta quarta.

Possibilidade de cassação de vereadores de Florianópolis e mais notícias desta segunda-feira

10 de agosto de 2015 1

Educação por conta
Por causa dos frequentes problemas enfrentados com o Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) por parte dos alunos das universidades comunitárias do Estado, o deputado Serafim Venzon (PSDB) e representantes da diretoria do sistema Acafe começaram a planejar um modelo de financiamento próprio para as 16 universidades que integram a organização. Cerca de 25 mil alunos, do total de 170 mil da Acafe, são atendidos pelo atual sistema.

Dique-Laje
A prefeitura de Florianópolis coloca em operação a partir de hoje o telefone 156. Por meio desse contato será possível denunciar construções irregulares.

Silêncio Sepulcral
Dois vereadores do PSD podem ter os mandatos cassados na próxima quarta-feira em Florianópolis e até agora não se ouviu uma única manifestação do diretório municipal – seja pela defesa dos companheiros de legenda ou até mesmo pela expulsão. Nada. E olha que o partido ocupa os principais cargos eletivos em SC.

Aliás
Já tem gente chamando a estratégia dos pessedistas de Pôncio Pilatos.

Enquanto isso…
Um emissário fez chegar ao outro Cesar, o prefeito, sugestão para que ele movimentasse as peças no tabuleiro para tentar reverter eventuais votos da base governista a favor de Cesar Faria e Marcos Espíndola, o Badeko. Não levou.

A propósito
Será que os 23 vereadores vão dar a Cesar o que é de Cesar?

Leia as últimas notícias

Erádio Gonçalvez explica a sessão que votará a cassação de dois mandatos

09 de agosto de 2015 0

Papo rápido com Erádio Gonçalvez, presidente da Câmara de Vereadores de Florianópolis:

Tudo pronto para a sessão que votará a cassação dos mandatos de Cesar Faria e Marcos Espíndola (Badeko)?
Está tudo certo. Será na próxima quarta, dia 12, a partir das 16h. Primeiro será discutido o caso de Cesar Faria e votado. Depois retoma-se o mesmo com Badeko. Cada um dos 23 vereadores terá direito a 15 minutos na tribuna. Os votos serão abertos e nominais. Para a defesa, tanto Faria quanto Badeko terão duas horas. Pode falar o parlamentar ou o seu advogado. São necessários 16 votos para a cassação. Somente os suplentes Renato Geske e Jaime Tonello não votarão, exatamente por ocuparem as vagas dos afastados.

E qual a expectativa do senhor?
O plenário será soberano. O que a maioria decidir será cumprido. Será uma votação totalmente transparente, com voto aberto. Vejo como uma boa oportunidade para a Câmara de Vereadores retomar o bom caminho, dedicando sua energia para trabalhar pela cidade. Acredito que os 23 vereadores estarão presentes à sessão. Será uma oportunidade para demonstrar o esforço que estamos fazendo para recuperar a imagem desta Casa. Temos cortado uma série de benefícios e seguiremos no caminho para valorizar o Legislativo.

Leia as últimas notícias sobre a Câmara de Veradores

A casa vai cair

12 de setembro de 2014 3

O Ministério Público Federal instaurou inquérito civil público para apurar por que a casa interditada em novembro do ano passado na Costa da Lagoa pela Floram ainda não foi demolida, mesmo após comprovação de estar construída em local proibido. O imóvel está no nome da irmã do vereador Marcos Espíndola (PSD), o Badeko. O MPF deve pedir, via judicial, a imediata derrubada do imóvel.

Aliás
O MPF também quer ouvir os 14 vereadores que assinaram o pedido de exoneração da diretora da Floram, recentemente afastada do cargo. A questão é que a carta nem sequer foi protocolada no Executivo e muito menos divulgada pelo Legislativo. Ou seja, ninguém sabe, ninguém viu. O episódio já provocou debates em plenário, mas oficialmente ninguém se manifesta. Nem Badeko, conforme informou a assessoria.

Confira a lista dos 14 vereadores que pediram o afastamento da diretora da Floram

11 de setembro de 2014 10

Quatorze vereadores da Câmara de Florianópolis assinaram um documento pedindo o afastamento da diretora da Floram. No final do mês de agosto, ela foi retirada do cargo por motivos internos, como explicou o próprio prefeito Cesar Souza Junior.

O fato é que ninguém, além dos parlamentares e do chefe de gabinete do prefeito, viram o tal documento que não passou nem pelo protocolo do Executivo. Ou seja, oficialmente nem existe.

Mas engana-se quem atribui apenas ao episódio da casa da irmã de Badeko na Costa da Lagoa como único motivo para pedir o desligamento da servidora. Há relatos extraoficiais de outros parlamentares que também teriam seus interesses contrariados porque Elisa Rehn cumpria literalmente o que determina a lei na Floram.

O assunto, por enquanto, está na espera cível, mas o Ministério Público Federal não descarta a abertura de inquérito criminal.

1. Badeko – PSD

2. Bispo Jerônimo – PRB

3. Deglaber Goulart – PMDB

4. Dinho – PMDB

5. Dr. Ricardo –

6. Gui Pereira – PSD

7. Marcelo da Intendência – PDT

* 8. Pedrão – PP

9. Coronel Paixão – PDT

10. Ed – PSB

11. Erádio Gonçalves – PSD

12. Furlan – PSC

13. Roberto Katumi – PSB

14. Vanderlei “Lela” – PDT

* O vereador pediu exame grafotécnico de sua assinatura.

A articulação da coleta das 14 assinaturas também passou pelo líder do governo, vereador Dalmo Menezes, conforme relatam fontes ouvidas pelo blog.

Em contato com a coluna, o líder do governo nega veemente que tenha participado de qualquer movimento para arrecadar as 14 assinaturas exatamente por exercer a liderança do governo.