Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Posts com a tag "santa catarina"

Parque eólico em Bom Jardim da Serra mantém 18 das 60 torres em funcionamento

22 de outubro de 2015 1

Mauro Passos, do Instituto Ideal, recebeu ontem (21) pela manhã um grupo de Bom Jardim da Serra, onde está o maior parque eólico de Santa Catarina. Foram reclamar do quadro de quase abandono da estrutura gigantesca montada por lá. As 60 torres da usina têm 93 megawatts de potência instalada, mas o aproveitamento seria de 32%, o que significa poder iluminar um município de cerca de 200 mil habitantes. O problema é que apenas 18 torres, cada qual com 140 metros, ainda estão em operação. Um escândalo se for considerado todo o dinheiro ali investido. Passos pretende levar o caso para análise da Assembleia Legislativa e da Aneel.

Leia as últimas notícias

Seguranças da exposição de Miró no Masc protocolam denúncia no Ministério do Trabalho

19 de outubro de 2015 0

Agentes que trabalham na segurança da exposição de Miró, no Masc, protocolaram denúncia no Ministério do Trabalho contra a empresa contratante. Reclamam que não estão recebendo vale transporte e sem carteira assinada. Toda a estrutura de serviço é bancada pela curadoria, sem dinheiro do Estado.

Leia as últimas notícias

Estudantes de escolas públicas visitam exposição de Miró, em Florianópolis

14 de outubro de 2015 0
Divulgação

Divulgação

Não são só os adultos que estão encantados com as obras do pintor catalão Miró no Masc, Florianópolis. Além de ser responsável por trazer a exposição Joan Miró – A Força da Matéria para Santa Catarina, a Arteris – controladora da Autopista Litoral Sul – promoveu na última semana visitas exclusivas de alunos de escolas públicas e instituições de educação especial à mostra. Nos quatro dias da ação, cerca de 300 alunos de sete instituições puderam conferir as mais de 100 peças trazidas para a Capital.

Aliás

O número de visitantes nos primeiros 15 dias da exposição no Masc já passou de 15 mil pessoas. Imagina se tivesse aberto no feriado?

Leia as últimas notícias

Greve não afeta operações das cooperativas financeiras

11 de outubro de 2015 0

A greve dos bancários não atinge a abertura e as operações das cooperativas financeiras. Os clientes podem pagar contas de água, luz, telefone, boletos bancários, carnês, IPVA e todos os tributos com códigos de barra que ainda estejam no prazo de vencimento em qualquer um dos pontos de atendimento das cooperativas do Sicoob. Em Santa Catarina, está presente em 76% dos municípios.

Hermanos vêm aí

07 de outubro de 2015 0

CapturarSe alguém ainda tinha dúvidas sobre a eventual invasão de argentinos na próxima temporada desista, porque eles vêm com tudo neste verão para Santa Catarina. Com o dólar a R$ 4, prometem relembrar os verões do início dos anos 2000, quando chegavam a comprar tudo em dobro nas praias catarinenses, popularizando a expressão “dame dos”. A Santur já trabalha com um incremento de até 30% na média histórica de 500 mil visitantes argentinos no litoral de SC. Ontem (06), o parque Beto Carrero foi destaque no Clarín, o maior jornal do país.

Leia as últimas notícias

Um monumento ao desperdício

29 de setembro de 2015 0

ponte-hercilio-luz-obras-500-millhões

O principal cartão-postal de Santa Catarina também pode ser considerado o maior monumento ao desperdício do dinheiro público no Estado, nas palavras do procurador Diogo Ringenberg, do Ministério Público do Tribunal de Contas do Estado. Em detalhado relatório de 45 páginas, ele contabilizou contratos e convênios no valor de R$ 563 milhões para a reforma da ponte Hercílio Luz. Foram montadas 16 operações de recuperação da velha senhora desde a década de 1980. Apesar disso, a ponte está interditada há 33 anos e sua estrutura física continua tão ou mais deteriorada. Em tese, explica o procurador, 10 ex-governadores e o atual, Raimundo Colombo, podem ser responsabilizados por má gestão.

Investigação aponta gasto de R$ 563 milhões na reforma da ponte Hercílio Luz
Ponte Hercílio Luz recebe estrutura para reforçar segurança na restauração
Imprevistos causam atrasos no cronograma das obras da Ponte Hercílio Luz

O risco de colapso na ponte é iminente, diz o procurador com base em análise de peritos. Tanto que solicita imediatamente ao Estado a apresentação de um plano de contingência. E que os moradores das imediações sejam notificados oficialmente sobre o risco que correm com a gigantesca vizinha. Conforme um especialista ouvido pela coluna, se a ponte cair, poderia provocar o mesmo efeito de uma granada, com fragmentos de até 70 quilos, alcançando uma distância de até 2 mil metros, tanto na Ilha quanto no continente.

Enquanto isso …

O governo aposta todas suas fichas na boa vontade dos portugueses da Empa, que assumiram há seis meses a conclusão das quatro torres de sustentação por R$ 10 milhões, com dispensa de licitação. A empresa já manifestou interesse em tocar o restante, desde que em regime de contrato emergencial. Outro item que preocupa é a demora na transferência de carga com uso dos macacos hidráulicos, o que realmente aliviaria a tensão nos cabos. O que está sendo finalizado, dentro do prazo previsto, é uma espécie de “estaqueamento”.

Empresa dos EUA tem até segunda-feira para responder proposta de restauro da ponte Hercílio Luz

Reforma da Ponte Hercílio Luz já consumiu R$ 500 milhões

28 de setembro de 2015 9

Foram 15 tentativas de reforma, mas estrutura segue fechada há 33 anos

Foto: Julio Cavalheiro / Secom / Governo de SC

Foto: Julio Cavalheiro / Secom / Governo de SC

Reportagem da Veja.com revela que o Ministério Público de Contas de Santa Catarina resolveu pedir a abertura de um processo que pode implicar na responsabilidade de até nove governadores que comandaram o estado nos últimos trinta e três anos e dos secretários responsáveis pelas reformas por conta do atraso nas obras da Ponte Hercílio Luz. Após meses de investigação, o MP do Tribunal de Contas do Estado concluiu que já foram investidos R$ 500 milhões em 15 tentativas e a ponte segue fechada há 33 anos.

Na peça, diz a revista, o procurador compara o valor gasto nas reformas da Hercílio Luz ao custo da “superfaturada” ponte Juscelino Kubitschek: inaugurada em 2002 em Brasília, com 1 200 metros e seis faixas, tinha orçamento inicial de 40 milhões de reais, mas ficou com valor final e atualizado de 360 milhões – ainda assim, menos do que o total investido nas reformas da ponte-símbolo de Florianópolis.

Para o Ministério Público de Contas “são fortes os indícios acerca das responsabilidades dos agentes públicos responsáveis pela gestão e acompanhamento das obras da ponte” e, por isso, entre os pedidos está a devolução por parte dos gestores dos quase 500 milhões desperdiçados, além dos valores que deixaram de ser arrecadados e gerados em virtude da inutilização da estrutura.

Ponte Hercílio Luz recebe estrutura para reforçar segurança na restauração
Leia as últimas notícias

Terceira via para as Apaes

23 de setembro de 2015 0

O presidente da federação das apaes de Santa Catarina, Julio Cesar de Aguiar, encarou ontem (22) três reuniões no Centro Administrativo para tratar sobre o tema da renovação dos contratos dos 2,8 mil professores temporários que trabalham nas 190 Apaes pelo Estado. Dos encontros que envolveram técnicos das secretarias da administração e casa civil surgiu uma proposta alternativa: publicar o edital, garantindo a contratação dos acts para 2016, e criar uma comissão formada por representantes das apaes e governo para discutir com mais profundidade eventuais mudanças no modelo de gestão a partir de 2017, como quer o executivo. A decisão deve sair nos próximos dias.

ENQUANTO ISSO…
A polêmica decisão do governo de repassar recursos diretamente para as associações e não contratar mais os temporários a partir de 2016 repercutiu na Assembleia. Deputados da oposição e até da base já se manifestaram contrários. Valdir Cobalchini (PMDB) foi à tribuna com um exemplar deste Visor da edição de ontem para comentar o assunto. Um grupo suprapartidário de deputados estaduais já está conversando para acompanhar o caso de perto. Entre eles, o líder do governo Silvio Dreveck (PP), Marcos Vieira (PSDB), Luciane Carminatti (PT), Luiz Fernando Vampiro (PMDB) e José Nei Ascari (PSD).

ALIÁS
A Federação das Apaes convocou uma assembleia extraordinária para o próximo sábado, em Curitibanos, com os presidentes de todas as associações catarinenses que atendem 18 mil pessoas de zero a 80 anos em todo o Estado.

A PROPÓSITO
Já que o governo estadual tem tanto abacaxi para descascar, por que mexer justo na estrutura das Apaes que está dando certo?

Contrato de professores ameaça futuro das Apaes

22 de setembro de 2015 1
APAE, Divulgação

APAE, Divulgação

O atendimento a 18 mil portadores de algum tipo de necessidade especial oferecido nas 190 Apaes distribuídas por Santa Catarina pode ser comprometido a partir de 2016. O governo do Estado, que mantém 2,8 mil profissionais em regime de contrato temporário a serviço das associações, pretende substituir os chamados professores ACTs por repasses financeiros para cada uma das Apaes. Em tese, daria mais autonomia para que cada uma faça as contratações que considera mais adequada. Na prática, pode retirar de sala de aula profissionais experientes no trato com os estudantes especiais, rompendo vínculos até afetivos e de confiança, fundamentais para o desenvolvimento cognitivo destes alunos.
O presidente da Federação das Apaes de Santa Catarina, Julio Cesar de Aguiar, é contrário à mudança. Ele lembra que o assunto vem sendo discutido há pelo menos 45 dias com o Centro Administrativo e considera hoje (22) o Dia D.

_ Temos mais uma rodada de reuniões amanhã (hoje). Caso não se encontre uma alternativa, vamos reunir as Apaes para nos posicionarmos oficialmente.

Quem também está pra lá de preocupado são os próprios professores. É que o prazo para a publicação do edital que reedita as contratações temporárias precisa ser publicado até o início de outubro, caso contrário não haverá tempo para os trâmites burocráticos. E, até agora, conforme vários relatos enviados à coluna, as datas têm sido adiadas desde agosto pelo governo sem que se tenha uma manifestação oficial. O temor destes 2,8 mil profissionais é ficar desempregado em 2016. Muitos não descartam retornar às salas de aula do ensino regular, já que o edital para contratação dosActs da rede pública já tem data.
A deputada estadual Luciane Carminatti (PT) levou o assunto para a Assembleia, que aprovou requerimento para que a presidente da Fundação Catarinense de Educação Especial, Rose Bartucheski, preste esclarecimentos sobre as mudanças. Ainda não foi marcado o dia. As Apaes, através da FCEE, chamaram pouco mais de 280 professores concursados, porém, mais de dois mil estão classificados para segunda chamada e aguardam convocação. Hoje atuam nas Apaes 1.117 servidores efetivos, nove comissionados e 2, 8 mil temporários.

A assessoria jurídica da FCEE informou que esta questão sobre o futuro dos ACTs passa por uma decisão do grupo gestor do governo e a eles cabe apenas cumprir a determinação. A partir de hoje, o cenário deverá ficar menos nebuloso nesta questão que é tão especial.

Pessoas com necessidades especiais conquistam vagas e promoções no mercado de trabalho
Leia as últimas sobre educação

Novo Procurador-Chefe do Ministério Público do Trabalho é eleito em SC

17 de setembro de 2015 0

O Procurador do Trabalho Marcelo Goss Neves foi eleito novo Procurador-Chefe do Ministério Público do trabalho em Santa Catarina para o biênio 2015-2017. A posse será dia 1º de outubro, em Brasília.

Leia as últimas notícias