Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

A importância da batata yacon na regulação da glicemia

24 de outubro de 2012 18

Apesar de sua aparência idêntica a da batata doce, a batata yacon possui um gosto parecido com o da pera. É uma raiz tuberosa, oriunda da região Andina, que tem sido considerada um alimento nutracêutico devido aos seus componentes, como as fibras alimentares solúveis com efeitos prebióticos, uma vez que possui baixa digestibilidade pelas enzimas do trato gastrointestinal humano e estímulo seletivo do crescimento de bactérias intestinais promotoras da saúde.

Sua composição tem como principais substâncias água e carboidratos, os quais são armazenados principalmente sob a forma de fruto- oligossacarídeos (FOS), um tipo de açúcar que não pode ser digerido diretamente pelo organismo humano. Devido ao alto conteúdo de água, o valor energético da raiz é baixo. O mineral mais abundante é o potássio. Em menor quantidade é encontrado cálcio, fósforo, magnésio, sódio, ferro, zinco, manganês e cobre. São encontradas algumas vitaminas como retinol, caroteno, tiamina, riboflavina e niacina e também o aminoácido triptofano.

Estudos recentes identificaram vários benefícios da batata yacon, entre eles:

Controle da constipação;

Melhora da composição da flora intestinal;

Estimulação da absorção do cálcio (prevenção da osteoporose);

Modulação do metabolismo de lipídeos;

Prevenção do câncer de cólon;

Efeito no controle da glicemia;

Aumento da resposta imunológica.

Ajuda no controle do diabetes.

A batata yacon pode ser utilizada como tratamento complementar em várias patologias, principalmente em diabéticos, devido ao seu baixo valor calórico e alto teor de fibras e minerais. Os carboidratos da batata yacon, por serem de lenta absorção, liberam o açúcar no sangue em baixas quantidades, equilibrando as taxas de glicose do organismo e, consequentemente ajudando a controlar a doença, como fazem as fibras.

REFERÊNCIAS:

PEREIRA, R.A.C.B. Extração e Utilização de Frutanos de Yacon (Polymnia Sonchifolia) na Funcionalização de Alimentos. 2009. 154f. Tese (Doutorado em Agronomia) – Faculdade de Ciências Agronômicas, Universidade Estadual Paulista “Júlio de Mesquita Filho”, São Paulo, 2009.

SANTANA, I; CARDOSO, M.H. Raiz tuberosa de yacon (Smallanthus sonchifolius): potencialidade de cultivo, aspectos tecnológicos e nutricionais. Ciência Rural, v.38, n.3, p.898-905, mai/jun 2008.

VANINI, M.; et al. A Relação do Tubérculo Andino Yacon com a Saúde Humana. Cienc cuid saude. v.8, p. 92-96, 2009.

Por Acadêmica do curso de Nutrição da UNIVALI: Paola Cargnin

Email: paola.cargnin@gmail.com

Comentários (18)

  • Sabatina S G Paul diz: 6 de novembro de 2012

    gostaria de saber aonde compro a yacon?vende seca em casas de ervas , tem o mesmo efeito? Obrigada

  • Josie Damasceno diz: 10 de abril de 2013

    Eu tenho síndrome do intestino irritável, será que aconselhável eu comer?

    Bjs.

  • Jose Nogueira diz: 13 de abril de 2013

    E possível cultivar a batata aqui no brasil

  • Nélvio Castanheiro diz: 19 de abril de 2013

    Obrigado pela reportagem saudável, grande número de pessoas gostam de esconder tais conhecimentos.

  • Gislene Matayoshi diz: 5 de setembro de 2013

    Adorei a matéria já encomendei as batatas deu um pouco de trabalho para consegui-las,mas a minha duvida e como devo consumir (cruaou se pode cozinhar)e a quantidade diária,vou utiliza-la para regular a diabete.Ficarei muito agradecida e ansiosa esperando a sua resposta,obrigada.

  • Francisco diz: 8 de setembro de 2013

    Em Portugal haverá a possíbilidade de adquirir a batata yacon? Onde se possível facultar essa informação?

  • Eliane diz: 9 de setembro de 2013

    É uma descoberta perfeita, pois eu gostaria de expermentar, como conseguir e fazer.

  • Nilza Procopio diz: 22 de setembro de 2013

    Gostaria de saber como conservá-la ( em geladeira ou não) e se é preciso descascá-la para comer e a quantidade diária.
    Obrigada

  • Maria Jose Kopelvski diz: 25 de setembro de 2013

    Gostaria de saber qual a quantidade diária que se deve consumir para que se tenha um resultado satisfatório.

    Obrigada

  • Valter diz: 23 de outubro de 2013

    Parabéns pela divulgação. É um excelente produto, porém, gostaria de saber o quanto pode ser consumido por dia, e até quanto tempo pode ser consumido. Três vezes ao dia, de manhã, antes do almoço, a tarde, antes ou depois da janta. Muito Obrigado, Valter.’.

  • WERNO DAHMER diz: 17 de abril de 2014

    já sabendo dos benefícios desta batata, recomendo o seu consumo inatura.

  • ana m. Pacheco diz: 19 de maio de 2014

    Gostei muito da sua materia, principalmente porque so diabetica e experimentei no Brasil e me ajudou muito. Mas aqui one moro nos Estados Unicos procurei por todas as parte e nao encontro. So em comprimidos. Mas quero somente a batata mesmo. Onde poderia encontra-la?
    Lhe agradeco muito.
    A.M.Pacheco 19/5/14

Envie seu Comentário