Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Univali integra pesquisa nacional sobre dieta para cardíacos

22 de fevereiro de 2013 0

A Univali é a única universidade catarinense convidada a participar de um estudo nacional, encabeçado pelo Instituto de Ensino e Pesquisa do Hospital do Coração (HCor) e pelo Ministério da Saúde, para analisar os efeitos de uma dieta brasileira para pessoas com doenças cardiovasculares.

Divulgação:saude.terra.com.br

A pesquisa, intitulada: “Efeito do Programa Alimentar Brasileiro Cardioprotetor na prevenção secundária dos pacientes com doenças cardiovasculares”, será aplicada em 40 centros de referência em cardiologia nas cinco regiões do Brasil. Em Santa Catarina, a aplicação do estudo será no Ambulatório de Cardiologia da Univali.

A dieta chamada de “cardioprotetora” está sendo estudada por nutricionistas há mais de um ano. Além de conter alimentos benéficos para a saúde do coração, a dieta agrega receitas do cotidiano brasileiro, e respeita as culinárias regionais.

“As dietas que são prescritas hoje, em geral , são de nível mundial, e incluem salmão, óleo de oliva, que não são tipicamente brasileiro. A dieta cardioprotetora do estudo tem o objetivo de focar nos alimentos nacionais, de fácil acesso”, explica Clarice Maria Specht, professora de Enfermagem e integrante da pesquisa.

No total, 50 pacientes serão acompanhados, pelo período de um ano, por uma equipe formada por nutricionistas, enfermeiros e médicos. É obrigatório que esse pacientes tenham mais de 45 anos e que sejam cardiopatas, ou seja, passado por algum evento cardiovascular, como uma infarto por exemplo. Metade deles seguirá a dieta cardioprotetora, e outros 50% vão alimentar-se conforme orientações que são de rotina no sistema de saúde.

Segundo Cristina Henschel de Matos, professora do curso de Nutrição da Univali e integrante da pesquisa, os primeiros passos da investigação devem iniciar em março, com a abordagem e o cadastramento dos pacientes encaminhados pelo Sistema Único de Saúde (SUS) ao ambulatório da Univali.

“Até o momento, esta pesquisa é considerada o maior estudo clínico comparativo realizado em nutrição no Brasil com pacientes de atenção secundária em cardiologia”, destaca a nutricionista.

Por: Assessoria de imprensa da UNIVALI

Envie seu Comentário