Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Nutrição dos idosos: a chave da plenitude

20 de setembro de 2013 0

Desfrutar de uma boa saúde durante a toda a vida pode ajudar para que o processo de envelhecimento seja pleno e produtivo. Promover a saúde, por meio de hábitos saudáveis ao longo da vida são fatores importantes para prevenir e/ou retardar o desenvolvimento de doenças crônicas nos idosos.

O processo de envelhecimento é considerado atualmente uma tendência mundial. Estatísticas da Organização Mundial da Saúde (OMS) indicam que a população mundial está envelhecendo rapidamente. Estima-se que entre o ano 2000 e o ano 2050, a população com mais de 60 anos duplicará e passará de 11% para 22%. E esta modificação se deve ao aumento da expectativa de vida a nível mundial.

O envelhecimento é um processo natural, o qual envolve todos os tecidos, órgãos e células de nosso corpo. Não podemos alterar  a passagem do tempo pelo nosso organismo, porém podemos levar um estilo de vida que nos ajude a conservar a nossa saúde ao longo da vida.

Divulgação: www.homeangels.com.br

Divulgação: www.homeangels.com.br

Alguns cuidados são determinantes para se alcançar uma maioridade saudável, entre eles: alimentação saudável, pratica de atividades físicas,  reduzir o consumo de bebidas alcoólicas, dormir ao menos 6 horas.

Em relação a nutrição para os idosos, exitem alguns nutrientes que merecem uma atenção especial, entre eles, as fibras, minerais como o ferro e zinco, cálcio, vitamina D, vitamina B12, vitamina A, vitamina C, ácido fólico e proteína, respeitando-se a individualidade bioquímica de cada indivíduo.

Deve-se consumir também diariamente:

Ao menos 5 porções de verduras e frutas;

Consumir com moderação açúcar, sal e gorduras;

Tomar entre 8 e 10 copos de água por dia;

Consumir preferencialmente grãos integrais.

Fonte: Nutri Notas. Instituto de Inovación y Nutrición, 2012.

Envie seu Comentário