Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Consumo de peixe reduz o risco de Alzheimer

26 de novembro de 2013 0

O Alzheimer é principal causa de demência atualmente.

A demência é uma doença crônica e progressiva relacionada à idade mais avançada caracterizada pela perda da capacidade intelectual do indivíduo principalmente no que se refere a capacidade de memorizar e de resolver os problemas do dia a dia, o que interfere nos relacionamentos e atividades sociais e profissionais do indivíduo. Cerca de 24 milhões de pessoas no mundo possuem algum tipo de demência, sendo que dois terços destas vivem nos países subdesenvolvidos.

Devido a poucos estudos sobre prevenção e tratamento nutricional destas doenças e a existência de estudos controversos sobre a relação do consumo de peixe e carne bovina e o risco de demências, Albanese e colaboradores, em 2009, realizaram um estudo populacional, com 14.960 indivíduos com mais de 65 anos de idade, para verificar esta relação em alguns países subdesenvolvidos: China, Índia, Cuba, República Dominicana, Venezuela, México e Peru.

Divulgação: nutrindogeral.blogspot.com

Divulgação: nutrindogeral.blogspot.com

Os pesquisadores utilizaram questionários sobre os hábitos alimentares e diagnostico de demência e avaliaram a relação entro o consumo de peixe e carne bovina e o risco de demência.

Estes verificaram que o consumo de peixes reduziu o risco de demência, enfatizando que quanto maior o consumo, menor a prevalência da doença. Confirmando o poder neuroprotetor (protetor do cérebro) do ômega-3 presente nos peixes

Quanto ao consumo de carne bovina, os pesquisadores destacaram que há evidências de que este hábito pode aumentar o risco de demência, pois os portadores de demência a consumiam mais.

Material elaborado pelos acadêmicos do curso de Nutrição da UNIVALI: Angélica  Flores, Daniela Beims, Sara Souza

 

Envie seu Comentário