Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.

Amendoim e seu valor nutricional

03 de setembro de 2014 0

Atualmente buscam-se alternativas para uma alimentação que, além de fornecer nutrientes básicos à vida, possam também promover benefícios metabólicos e fisiológicos para o organismo humano.

Alimentos à base de amendoim vêm sendo relacionados  à redução de risco de várias doenças crônicas, dando destaque para doenças coronárias por possuir atividade antioxidante e elevado nível de ácidos oleico e linoléico.

A semente de amendoim é uma oleaginosa de alto valor nutricional, possuindo quantidades apreciáveis de nutrientes essenciais como proteínas, carboidratos, fibras, minerais e vitaminas. Destaca-se  pelo seu elevado teor de lipídeos, representado principalmente pelos ácidos graxos insaturados oléico e linoléico, e de vitamina E.

botecobrejinha.blogspot.com

botecobrejinha.blogspot.com

De acordo com a TACO, tabela brasileira de composição de alimentos, o amendoim torrado, possui cerca de 22,5g de proteína e 18,7g de carboidrato por 100 gramas.

Além da sua importância nutricional, o amendoim têm se destacado também por ser fonte potencial de compostos antioxidantes. Entre os mais importantes antioxidantes naturais estão os compostos fenólicos, carotenoides, ácido ascórbico e tocoferóis.

Dessa forma, essa oleaginosa desempenha um importante papel na prevenção da carcinogênese e, assim, seu consumo deve ser estimulado.

Entretanto, o amendoim  figura entre os principais alimentos alergênicos , portanto, fique atento: as vias comprovadas de sensibilização pelo amendoim são várias e podem contribuir para o desenvolvimento de tolerância ou alergia a este alimento.

Também a presença de fungos  que podem produzir aflatoxinas deve ser uma  preocupação na escolha deste alimento. Prefira  os que têm  procedência  garantida.

Lembre – se ainda: O amendoim deve ser consumido  com moderação, pois este alimento apresenta quantidades calóricas significativas.

Receita:

Pasta de Amendoim:

Essa receita é fácil e prática podendo durar até 30 dias na geladeira.

Ingredientes:

1 xícara de chá de amendoim torrado ou a quantidade de sua preferência e 1 colher de adoçante (stevia), ou você pode usar açúcar mascavo ou mel.

Preparo:

Se for ao processador, apenas coloque o amendoim e processe até ir virando a pasta, então acrescente o adoçante, açúcar ou mel, e mexa novamente ate finalizar em uma pasta. Se for ao liquidificador, você precisa colocar os amendoins junto com o adoçante, açúcar ou mel e mexa arrumando com uma espátula, cuidado para a espátula não tocar na hélice, você não precisa desligar, pois o calor vai esquentar os amendoins liberando a gordura que ajudará na transformação da pasta. Caso no liquidificador vire apenas um pó, então acrescente um pouco de  água fervente.

Referências:
OLIVEIRA, L.C.L; SOLÉ, D. Alergia ao amendoim: revisão. Rev. bras. alerg. imunopatol. v.35. N° 1, 2012.
Disponível em: <http://www.revistanutrire.org.br/articles/view/id/4fcdf9ca1ef1fa642d000002>.
Disponível em: <http://www.gvaa.org.br/revista/index.php/RVADS/article/viewFile/2684/pdf_926>. 

Envie seu Comentário