Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Posts com a tag "emagrecimento"

Alimentos termogênicos: auxiliares na perda de peso

22 de janeiro de 2014 0

A obesidade, mais do que um problema estético, deve ser tratada como uma doença crônica, pois é um importante fator de risco para um grande número de doenças, incluindo diabetes tipo 2, doenças cardiovasculares, disfunções pulmonares, osteoastrite e alguns tipos de câncer.

 A diminuição de peso reduz riscos tanto de morbidade quanto de mortalidade. Até mesmo uma perda de 5 a 10% do peso corporal já traz benefícios à saúde.

O tratamento da obesidade basicamente deve seguir dois caminhos: a redução de energia ingerida com os alimentos e o aumento do gasto calórico do organismo.

Alguns alimentos podem ser aliados no processo de emagrecimento, pois aceleram o metabolismo e ajudam o organismo a queimar calorias.

Os alimentos termogênicos são aqueles que apresentam um maior nível de dificuldade em ser digeridos pelo organismo, fazendo com que este consuma maior quantidade de energia para realizar a digestão. Eles induzem o metabolismo a trabalhar em um ritmo acelerado, gastando assim mais energia.

Confira alguns alimentos com propriedades termogênicas:

Divulgação:http://fashion.me/shop

Divulgação:http://fashion.me/shop

Pimentas – A capsaicina, componente ativo das pimentas é conhecida por aumentar a termogênese no corpo, o que melhora a capacidade de queima de gordura. Comer alimentos apimentados pode aumentar a perda de peso, acelerando o metabolismo, além de aumentar o consumo diário de água, essencial para ajudar o corpo a desintoxicar e perder quilos indesejados.

Chás - verde, preto, branco contêm altos níveis de antioxidantes, catequinas, taninos e polifenóis que aumentam o metabolismo e estimulam a perda de peso. O chá também pode melhorar a energia celular, o que pode aumentar a energia natural, melhorar as funções mentais e promover um sistema digestivo saudável. O chá deve ser consumido entre as refeições para não interferir na biodisponibilidade de nutrientes provenientes das grandes refeições.

Gengibre - O gengibre é responsável por acelerar o metabolismo. Contém óleos essenciais que produzem calor, ativam a circulação e otimizam a queima calórica. Além disso, ele é rico em vitamina B6, cobre, potássio e magnésio, nutrientes essênciais para uma alimentação balanceada.

Divulgação:www.caiuaonline.com.br

Divulgação:www.caiuaonline.com.br

Canela – Além do efeito termogênico natural, a canela possui a capacidade de auxiliar na redução dos níveis de açúcar no sangue, aumentando a capacidade das células utilizarem a glicose, reduzindo o aumento do açúcar no sangue.

 

Alcachofra e chá verde – Os aliados da saúde

16 de julho de 2013 0

O uso de plantas medicinais é comum ao homem desde a sua origem e, com o passar dos anos, o número de pesquisas a fim de identificar espécies vegetais com potenciais benefícios à saúde têm aumentado. A alcachofra (Cynara scolymus) e o chá verde (Camelia sinensis) são exemplos de algumas destas plantas. Dentre os benefícios, os mais estudados são o emagrecimento e a prevenção de doenças crônicas.

Divulgação:verdeemfolha.blogspot.com

 

Estudos identificaram no chá verde uma grande concentração de epicatequinas, responsáveis pela sua capacidade de prevenir o envelhecimento precoce, doenças crônicas como o câncer e a síndrome metabólica e também por auxiliar na redução e manutenção do peso. Porém, seu uso indiscriminado pode causar problemas hepáticos, arritmia cardíaca e insônia.

            Vale lembrar que estão disponíveis no mercado diversos produtos contento chá verde em sua composição, entretanto, sem benefícios algum relacionado ao chá. Para que haja efeitos terapêuticos é necessário atentar-se a diversos fatores e, além disto, a maioria destes produtos é enriquecida de açúcar ou edulcorantes.

            A alcachofra atua aumentando a produção e excreção da bile e, desta forma, também reduz o colesterol e o peso. Porém, em estudo com ratos que utilizaram chá de alcachofra, a perda de peso e a melhora do perfil lipídico sanguíneo foram significativamente maiores nos ratos submetidos à atividade física leve. Como efeitos adversos ao consumo da alcachofra, têm-se flatulência e reações alérgicas.

            Devido às diversas interações que ocorrem entre os alimentos, medicamentos e fitoterápicos, torna-se necessário a busca por um profissional especializado, pois ele está capacitado para a prescrição correta e organizada quanto a quantidade, modo de apresentação e horário de administração dos fitoterápicos utilizados.

Por: Rafael Marchi Pereira -Acadêmico do curso de Nutrição da Univali

FONTE: CORRÊA, E C. M.; SANTOS, J. M.; RIBEIRO, P. L. B. Uso de fitoterápicos no tratamento da obesidade: Uma revisão de literatura. Tese de pós graduação. Universidade Católica de Goiás, Goiânia, 25 p., 2012.

Benefícios da ingestão de água

06 de junho de 2013 1

Sabemos que, para manter nossos órgãos em perfeito funcionamento, devemos tomar cerca de 2 litros de água por dia. Mas você sabe quais os benefícios que a água pode trazer ao seu organismo?

Melhora a performance na malhação: O melhor desempenho em atividades físicas ocorre porque as fibras musculares ficam lubrificadas, deslizando com mais facilidade, reduzindo o risco de cãibras e de contusões.

Divulgação: www.blogdrveit.com.br

Auxilia no emagrecimento: Beber água ajuda a aumentar a sensação de saciedade. Além disso, auxilia no processo de digestão e melhora a prisão de ventre.

Melhora o funcionamento do intestino: O consumo de fibras junto com a água é fundamental, pois ajuda a hidratar o bolo fecal, auxiliando na eliminação do mesmo.

Melhora a pele: Além de deixar a pele hidratada e firme, beber água também favorece a excreção de toxinas através das fezes, urina e suor, deixando sua pela mais bonita.

Melhora a produtividade no trabalho: Nosso cérebro em sua maior parte é formado de água, portanto, tomar água nos permite estar mais alertas e concentrados.

Reduz o risco de câncer: Estudos mostram que tomar água pode reduzir os riscos de câncer de cólon, pois a água dilui a concentração de agentes causadores de câncer na urina, e reduz o tempo de contato desses agentes tóxicos com a bexiga.

Referências:

Revista Corpo a Corpo

Texto elaborado pelas acadêmicas de Nutrição- Univali, Carine Baumgartel e Juliane Martins. Professora Orientadora: Luciane Nesello.

emal: carine_baumgartel@hotmail.com

Conheça a fruta Goji Berry

14 de março de 2013 0

A Fruta  goji berry, assemelha-se ao tomate-cereja e é originária da China e do Tibete, e atualmente essa frutinha está sendo muito procurada por possuir  altos índices de vitamina C, proteínas e nutrientes como zinco e ferro.

Além disso, a goji berry auxilia no processo de emagrecimento, no combate ao envelhecimento precoce da pele, beneficia a visão, bem como os rins e o fígado segundo estudo publicado pelo The Journal  of  the American Academy of Optometry ( Revista da Academia Americana de Optometria).

goji berry é considerada fonte natural de antioxidantes carotenóides, entre eles a zeaxantina. Essa substância juntamente com a luteína compõe o pigmento pré-retinal, a mácula (estrutura situada no centro da retina e responsável pela visão central).

Divulgação: duffitness.com

Por esse motivo o consumo de alimentos fontes de zeaxantina e luteína, reduzem o risco de degeneração macular relativa à idade (DMRI), e o consumo regular de goji berry pode desempenhar um importante papel na prevenção da DMRI e ajudar a manter a densidade do pigmento pré-retinal.

Sabe-se também que a cada 100 g de goji berryseca tem-se 2.500 mg de vitamina C. Isso faz com que ela seja 50 vezes mais poderosa do que, por exemplo, a laranja. Um estudo da Universidade do Arizona (EUA) revelou que quando nosso corpo atinge o nível correto de vitamina C – (entre 4,6 e 15 mg) -, ele passa a queimar gordura com mais facilidade, por esse motivo a goji berry pode tornar-se uma grande aliada no emagrecimento.

Rica em proteínas e oligoelementos, como zinco e ferro, esta fruta melhora o sistema imunológico e ajuda a equilibrar os níveis hormonais. “Assim, o funcionamento do organismo será otimizado e o metabolismo, acelerado. A perda de peso será consequência”, garante a farmacêutica bioquímica Camila Estopa, da Pharma Nostra, que completa: “sozinha, a goji berry não resolve a questão, é imprescindível uma dieta saudável e fazer atividade física”.

Referências:

Disponível em:http://mdemulher.abril.com.br/dieta/reportagem/dietas/goji-berry-novidade-ajuda-dieta-678828.shtml

Disponível em:http://www.pontodosmedicos.com.br/noticia.php?id=291&tipo=4

BUCHELI, Peter; et. al. Goji Berry Effetcs on Macular Characteristcs and Plasma Antioxidant Levels. The Journal of the Americam Academy of Optometry. v. 88, i. 2 p.257-262, February, 2011.

BATATA DOCE: UMA ALIADA NO EMAGRECIMENTO

01 de fevereiro de 2013 0

Consumida em mais de 100 países, sobretudo na Ásia, a batata doce  é nativa das Américas.

No Brasil são cultivadas as seguintes variedades: batata-branca (tem polpa branca e é pouco adocicada), amarela e roxa, (com casca e polpa dessas cores, são as mais usadas para fazer doce) e avermelhada (casca parda e polpa amarela com veios roxos ou avermelhados é ótima para comer assada).

A intensidade da cor está diretamente relacionada com o índice de betacaroteno que a batata possui. O betacaroteno, mais presente na variedade amarela ou cor de laranja, é utilizado pelo nosso organismo para produzir vitamina A. Já variedades com polpa rosa ou roxa, são uma boa fonte de antocianinas, poderosos antioxidantes que previnem os radicais livres liberados durante a atividade física.

Com apenas 116 calorias em 100 gramas, a batata doce possui cinco vezes mais cálcio, o dobro de fibras e mais Potássio e vitamina A que a batata-inglesa.

Uma pesquisa do College of Agriculture and Life Sciences dos Estados Unidos comprovou que, ela auxilia no emagrecimento. Isto porque apesar de ser um carboidrato, a batata doce tem um baixo índice glicêmico (IG), ou seja, a energia contida nela é liberada gradualmente na corrente sanguínea.

É um ótimo alimento para quem pratica atividade física. Muitos atletas utilizam a batata doce após o  treinamento associando-a  a proteínas de alto valor biológico.

Divulgação:mdemulher.abril.com.br -

 

Salada de batata-doce com frango

Ingredientes
• 1 kg de batata-doce com casca, lavada e cortada em rodelas
• 1 peito de frango inteiro, desossado e sem pele
• 1 cebola média, cortada em quatro partes
• 1 dente de alho

• 5 grãos de pimenta-do-reino
• 1 col. (chá) de sal
•  alface
• rúcula
• tomates cortados em rodelas finas
• Cebolinha
Modo de fazer
Cozinhe a batata-doce até que fique macia. Escorra a água e deixe a batata esfriar. Em uma panela à parte, cozinhe o frango com a cebola, o alho, a pimenta e  o sal . Coe o caldo (guarde-o para fazer sopa) e desfie o frango . Em uma tigela, misture o frango e a batata-doce . Monte a salada.

Stevia: um adoçante natural

18 de janeiro de 2013 0

A Stevia Reubaudiana Bertoni, é uma planta nativa do Paraguai, utilizada ha mais de 1000 anos pelos índios para adoçar os alimentos e é uma excelente alternativa aos adoçantes artificiais.

O steviosídeo é o princípio ativo desta planta que lhe dá um sabor doce, 300 vezes maior que o açúcar.

 As principais vantagens deste adoçante são:

  • é um produto totalmente natural
  • não fermenta
  • não produz cáries
  • é atóxico
  • exalta os sabores dos alimentos

Fonte: nutri-notas.blogspot.com.br

Motivos para acrescentar o damasco a sua ceia de Natal e Ano Novo!

24 de dezembro de 2012 0

A origem do damasqueiro pertence à família das rosáceas e pode atingir até 10 metros de altura e situa se no Norte da China, onde ainda o encontra em estado silvestre como flora natural. O fruto do damasqueiro, o damasco, possui baixo teor energético (cerca de 48 kcal/100g da fruta). Isso o torna muito recomendado nas dietas de emagrecimento.

É também alcalinizante, por sua riqueza em sais minerais alcalinos, destacando-se seu baixo teor de sódio e elevada concentração de potássio. Possui vários oligoelementos minerais de grande importância fisiológica, como o manganês, o flúor, o cobalto e o boro, sendo rico em açúcares (frutose e glucose).

Nos damascos secos as proteínas alcançam valor importante (até 5%), o que igualmente ocorre com o ferro, que é um dos principais minerais. Entretanto o componente mais notável da fruta é o betacaroteno ou pro vitamina A e deve-se a esse componente a maior parte das indicações dieto- terapêuticas como, por exemplo, enfermidades dos olhos devido a presença da pro vitamina A e anemia ferropênica pela concentração de ferro.

Portanto durante as festas de fim de ano não deixe de acrescentar o damasco a mesa, pois além de saboroso apresenta muitos benefícios à saúde, lembre-se também de intensificar o consumo dessa fruta ao longo do ano e não somente no período de natal e ano novo.

Fonte:

PAMPLONA, Jorge. O Poder Medicinal dos Alimentos. 1 ed., Casa Publicadora    Brasileira, Tituí- SP: 2006.

Conheça os novos benefícios da vitamina D

20 de setembro de 2012 0

Sabe-se que a vitamina D atua na formação óssea e na dentição, porém estudos recentes revelam muitas outras vantagens atribuídas à vitamina D, atuando, por exemplo, na prevenção de doenças como, diabetes do tipo 2  e hipertensão, no tratamento de esclerose múltipla e no emagrecimento.

Segundo a reportagem publicada na revista ISTOÉ (ago. 2012), metade da população mundial apresenta quantidades insuficientes de vitamina D.

A relação entre a vitamina D e a resistência insulínica (diabete tipo 2), foi atestada por pesquisadores da Universidade do Texas (EUA), na qual, observou que crianças obesas possuíam concentrações insuficientes da vitamina e consequentemente maior resistência à insulina, do que crianças não obesas e nesses casos a reposição da vitamina tem ajudado no controle da atividade insulínica e no emagrecimento. No combate a hipertensão arterial, a vitamina bloqueia a síntese da enzima renina que atua na elevação da pressão vascular.

Há ainda estudos que avançam, a fim de conduzir um tratamento para quem convive com a doença autoimune que ataca as células nervosas, a esclerose múltipla. Sabe se por enquanto que em pessoas com baixos níveis séricos de vitamina D a progressão da doença é mais intensa.

Existem duas substâncias consideradas pró-vitanimas D, uma endógena e outra exógena. A forma exógena, adquirida através de alimentos como o óleo de fígado de bacalhau, é absorvida pelas células do intestino delgado. A endógena é sintetizada na epiderme exposta à irradiação ultravioleta.

Recomenda-se a exposição de 15% da superfície corporal ao sol por 20 minutos, pelo menos três vezes por semana. Entretanto, questiona-se o uso do protetor solar, pois o filtro solar restringe a formação de vitamina D cutânea.

TARANTINO, Mônica; OLIVEIRA, Monique. A poderosa vitamina D. Disponível em: http://www.istoe.com.br/reportagens/226714_A+PODEROSA+VITAMINA+D Acessado em: 19 set. 2012

Os benefícios da quinoa

13 de setembro de 2012 0

A quinoa, um grão cultivado nos Andes há milhares de anos é considerada hoje uma das melhores fontes alimentares de origem vegetal, sendo comparada  ao leite materno por se apresentar como um dos alimentos mais completos.

A quinoa apresenta importante qualidade de proteínas, carboidratos de  baixo índice glicêmico, ácidos graxos poli-insaturados, além de quantidades elevadas de vitaminas B1, B2, B3, B6, D, e E, minerais como o magnésio, zinco, cobre, ferro, manganês e potássio.

Este alimento ainda apresenta fibras, que auxiliam no processo de emagrecimento, uma vez que dão a sensação de estômago cheio, ajudam no bom funcionamento do intestino e no controle do colesterol e da glicemia.

Como Consumir?

A quinoa não possui glúten e pode ser consumida também por quem é celíaco. Pode ser usada  de diversas formas:

Misturada em sucos saladas, sopas, pães e bolos

Quando em forma de flocos indica-se polvilhar no iogurte ou na salada de frutas

Em forma de farinha, substitui a farinha branca em diversas preparações como pães e massas

Em risotos ou misturada ao arroz integral

Quanto consumir?

Recomenda-se um consumo de três colheres de sopa diária do grão para a obtenção do  benefícios.

Referências:

Nutrição prática e saudável. Quinoa. Disponível em: http://www.nutricaopraticaesaudavel.com.br/index.php/prateleira/quinoa-e-linhaca-uma-combinacao-saudavel/ Acesso em: 25 de agosto

COMAI, A. et al. The contento f proteic  and nonproteic ( free and protein-bound) tryptophan in quinoa and cereal flours. J Agric Food Chem, v.100, p.1350-1355, 2005

Por Acadêmico do Curso de Nutrição da UNIVALI :Victor Melo Forigo

E-mail :  victor_forigo@hotmail.com