Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.

Julien Temple faz documentário sobre Joe Strummer

03 de novembro de 2007 0

Reprodução
Um dos documentaristas mais importantes do Reino Unido, Julien Temple, fez um filme sobre Joe Strummer, vocalista e líder do Clash. A obra já estreou na Europa e nos Estados Unidos. Temple era amigo de Strummer desde os anos 70 e, antes de realizar este Joe Strummer: The Future is Unwritten, lançou os essenciais The Great Rock %27N%27 Roll Swindle e O Lixo e a Fúria (o último exibido no Brasil), sobre os Sex Pistols.

Material de arquivo

Conforme a Reuters, o documentário de duas horas narra a infância privilegiada de Strummer, filho de diplomata, o suicídio de seu irmão mais velho, seu período hippie em squats (prédios invadidos por comunidades alternativas) de Londres, a fama do Clash e sua luta para encontrar um propósito na vida depois que seu autoritarismo levou ao fim da banda.

No filme figuram a tendência de Strummer de magoar pessoas próximas, seu tom maquiavélico, a ânsia pela fama, seu perfil sedutor e sua capacidade crítica contra a injustiça.

O músico narra o filme a partir de áudios retirados de cerca de 100 entrevistas e trechos de seu programa de rádio London Calling da BBC. A maior parte das imagens do filme é inédita, como os 14 minutos de imagens em preto-e-branco da época em que o Clash foi formado.

A banda

O Clash se tornou um mito do rock ao politizar ainda mais o punk a partir de letras argumentativas (idealismo de esquerda e afinidade com a classe operária) e uma sonoridade composta pela fusão de reggae, ska, punk e rockabilly – uma mistura bastante explosiva!

O terceiro álbum, London Calling, foi considerado o melhor disco dos anos 1980 pela revista Rolling Stone mesmo tendo sido lançado em 1979.

Strummer morreu de um problema de coração que ele desconhecia, enquanto lia o jornal sentado no sofá, aos 50 anos, em 22 de dezembro de 2002.

Postado por Danilo Fantinel

Envie seu Comentário