Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Morre o compositor Stockhausen

07 de dezembro de 2007 0

Reprodução
O compositor alemão vanguardista Karlheinz Stockhausen, um dos mais influentes do pós-guerra, morreu na última quarta-feira (5), aos 79 anos de idade, na cidade de Kuerten, na Alemanha, segundo a Fundação Stockhausen anunciou hoje.

O velhinho é precursor da música eletrônica. Digamos, inventor de um “proto-eletrônico”. Para se ter uma idéia, não teríamos Kraftwerk na Europa nem Afrika Bambaataa nos Estados Unidos (e toda geração eletrônica – incluindo ae o hip hop – que se desenvolveu a partir deles) se não fosse Stockhausen.

Stockhausen era um pouco de caos na música. Ele criava com bases em desarmonia, abstração, genialidade e densidade. Acima de tudo, abusava de engenharia, tecnologia, mecânica, instrumentos de comunicação e parafernálias em geral. Alemão, não é mesmo?

Ele estudou música, literatura germânica e filosofia na Universidade de Colônia e, depois, Fonética e Comunicações a Universidade de Bonn. Também estudou em Paris nos anos 50. Nos 60, atuou no famoso movimento Fluxus, que barbarizou os limites da arte. Nessa época, trabalhou em Nova York com Allen Ginsberg, entre outros.

Em 2001, se não me engano, o compositor esteve no Brasil dentro da programação do Carlton Arts.

Postado por Danilo Fantinel

Envie seu Comentário