Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Público definirá formato do Skol Beats 2008

29 de abril de 2008 1

Divulgação
Em coletiva de imprensa online realizada hoje em São Paulo para todo o Brasil, os organizadores do evento anuciaram o novo conceito do Skol Beats, a ser realizado no dia 27 de setembro. O novo e arriscado modelo dá total poder para que o público crie o evento da forma que desejar – ou ao menos para que dê direções para isso, já que as escolhas passarão pelo crivo da produção.

Isso será feito a partir de fóruns constantes no site www.skolbeats.com.br durante cinco etapas. O primeiro fórum é sobre as atrações internacionais e será aberto hoje, a partir das 16h. De 14 nomes indicados, o público poderá escolher sete.

Este fórum ficará ativo por tempo determinado. Após contabilização dos resultados sobre os nomes estrangeiros, um novo tema será enfocado em um novo fórum e assim por diante até o final das outras quatro fases. São elas: escolha dos artistas nacionais (10 indicados e apenas cinco selecionados pelo público), escolha dos VJs, do formato em si (se será ao ar livre, em tenda fechada ou a mistura disso, além de data e local), e finalmente sobre qual será o cunho social do evento.

Ao final de cada etapa, os resultados serão anunciados no site. Depois disso, provavelmente no dia 22 de agosto, será divulgado o formato de festival que o consumidor ajudou a criar. Respondendo a uma pergunta que enviei à coletiva, os organizadores disseram que não deverão anunciar nenhuma atração surpresa “oficial” neste ano.

O set list final de artistas será um “balanço” entre o que foi debatido e sugerido pelo público no fórum virtual e a tradução disso pelos moderadores convidados e organizadores. Exemplo prático citado na coletiva: se o púbilco votar em massa no DJ Fulano de drum’n’bass não significa que ele estará no evento, mas sim que drum’n’bass terá espaço garantido no Skol Beats 2008. A definição do nome, pelo que se disse, ficará, então, a cargo dos organizadores a partir da agenda dos DJs e bandas citados. Complicado? Um pouco. O certo é que a técnica vai exigir muito trabalho de dicernimento da produção do evento.

Maior não, melhor

Nesta edição, os organizadores ressaltam que querem fazer o “melhor evento eletrônico do mundo” e não mais o “maior evento” de música eletrônica. Para isso, além da escolha do público, a produção conta com moderadores escolhidos especialmente para acompanhar os fóruns online. Entre eles estão o DJ Camilo Rocha, os jornalistas Lucio Ribero, André Barcisnki e Renata Simões, Iggor Cavalera e Laima (do duo MixHell), Erika Brandão, entre outros. Eles vão “contabilizar” e “traduzir” o que será dito nos fóruns.

História

Em 2000, o Skol Beats rolou em São Paulo, Rio de Janeiro e Curitiba com público de 35 mil pessoas. Um ano depois, só em Sampa e Curitiba, com 10 mil pessoas em cada praça. Em 2002, 40 mil se reuniram em Interlagos, em São Paulo, com um palco principal além das tendas divididas por gênero (nesse eu fui e foi incrível).

No ano seguinte, o evento entra na era multimídia com muitos VJs atuando junto a DJs no Sambódromo de São Paulo para 50 mil pessoas. 2004 foi outro ano maluco. Estive lá para ver Fischer Spooner, Beni Benassi, Basement Jaxx, entre outros. Em 2005, o evento foi realizado para 57 mil pessoas + uma semana especial de eventos, o Beast Week.

No ano seguinte, 63 mil pessoas estiveram presentes para ver Prodigy. 2007 marcou o início do resgate do conceito inicial do SB – mais conciso, menos mega, e em dois dias.

>>>>> Site oficial

Postado por Danilo Fantinel

Comentários (1)

  • ALE diz: 29 de abril de 2008

    SÓ RESTA SABER SE A GALERA VAI ESCOLHER BOAS ATRAÇÕES, AEEEEEE!!! \n/

Envie seu Comentário