Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Green Day elétrico e explosivo em POA

14 de outubro de 2010 82

Por Danilo Fantinel e Felipe Truda

Atualizado às 09h29 O Green Day entrou elétrico e explosivo no palco do Gigantinho, nesta noite, em Porto Alegre. Literalmente. Com pirotecnia rolando solta e constante ode ao Brasil, o trio californiano (que “renegou” a origem e se disse “brasileiro”), abriu o show com roteiro programado e jogo ganho.

Música e “números musicais” (no sentido mais arcaico da expressão, com fogos de artifício e explosivos, Billie Joe falando horrores, chamando fãs para o palco, declarando seu amor ao país, fazendo caras, bocas, piadas…) deram um nocaute na saudade brazuca de 12 anos e derrubaram facinho facinho a ansiedade (do público) pela estréia gaúcha.

A banda punk mais pop do mundo começou os trabalhos com 21st Century Breakdown. Billie Joe incitou a galera com música e palavras de ordem logo no início. O vocalista – um freak entertainer nato – , alternou som e interação no melhor estilo showbizz com regularidade.

A abertura do show ficou com a guitarreira nerd dos Superguidis (veja o vídeo abaixo). A banda era, muito provavelmente, desconhecida da maior parte do público. No entanto, o indie rock pesado, sincero e sônico dos guris de Guaíba esteve à altura de Bille, Tré Cool (bateria) e Mike Dirnt (baixo). Mas o som baixo do microfone prejudicou as boas letras dos caras.

Vídeo: Green Day



Ganhando o público

O Green Day tem no repertório músicas de variados estilos, desde o punk rock que os levou à fama mundial ao pop rock que já há algum tempo vem apresentando em seus trabalhos recentes. Entre este universo de músicas, o grupo poderia ter aberto o show com um som rápido e empolgante. Mas preferiram a melódica 21 Century Breakdown, que dá nome ao álbum mais recente e à turnê. Assim, em vez de empolgar com peso, eles envolveram a galera com uma melodia pegajosa. A empolgação do público mostrou o quanto o novo trabalho vem agradando a garotada.

Billie Joe mostrou ser, além de guitarrista, vocalista e compositor, um grande comunicador. Com muitas brincadeiras, divertiu a galera com piadas e poses engraçadas, chamando garotas e garotos para o palco, os beijando e até dando guitarra de presente. Depois de 12 anos sem vir ao Brasil, declarou seu amor ao país quando, envolto em uma bandeira nacional, decretou:

– Não somos da Califórnia. Somos do Brasil.

A preocupação em ganhar pontos com a galera mostra o quanto Billie mudou em relação ao início da carreira. Ele não estava nem aí. Chegou a provocar um tumulto generalizado no Woodstock 1994 ao ironizar fãs que estavam amontoadas em péssimas condições.

Batida inconfundível

O Green Day realmente mudou, em termos de música e atitude. Mas algo permaneceu. Ao executar a faixa Know Your Enemy, também do novo álbum, Billie Joe mostrou que bate nas cordas da guitarra da mesma maneira há 20 anos. Aquela batida áspera, rude, o movimento de cima para baixo que sugere um soco para baixo. Mike Dirnt e Tré Cool também mostraram estar em grande forma, com um baixo trabalhado e uma bateria que, apesar de não ter a mesma pegada de anos atrás, é cheia de rolos.

Punk rock no Gigantinho

Ainda faltava algo indispensável em um show do Green Day: um punk rock. E a primeira música do estilo que deu sucesso ao trio foi Nice Guys Finish Last, faixa de abertura do Nimrod. Quando Tré deu as oito batidas características, os fãs já sabiam do que estava por vir. A guitarra seca, a batida pegada e o baixo trabalhado estavam de volta. Aquele era o primeiro momento que emocionou o fã porto-alegrense que esperou a vida inteira para ver os californianos no palco. O som cru cujo nome sugere uma das lições que aprendemos ao longo da vida (caras legais se dão mal) contrastou com a interminável e monótona Boulevard of Broken Dreams, que chegou a empolgar no início, mas o longo tempo de duração da faixa acabou acalmando os ânimos.

De volta aos anos 90

A empolgação foi geral quando Billie Joe empunhou uma guitarra semelhante à Blue, seu primeiro instrumento, que ele usa apenas para tocar os clássicos dos anos 90. É impossível sabermos se era ou não a Blue de verdade – segundo relatos de fãs que assistiram ao show perto do palco, o instrumento era aparentemente novo, diferente de uma guitarra que tem mais de 20 anos. Era uma mensagem, usando um código conhecido pelos velhos fãs. Quando ele pega a Blue – sendo ela verdadeira ou apenas uma réplica —, só rola punk rock.

O clima estava todo montado. O pano de fundo mudou, mostrando Green Day escrito como no Kerplunk, o primeiro disco da banda. Billie ainda provocou a galera:

– Onde estão os fãs old school do Green Day?

Old School significa “velha escola”. É um termo norte-americano que, em uma tradução livre, seria algo como o nosso “das antigas”, com uma conotação positiva, de quem há muito tempo curte ou adota um estilo, e conhece o que há de mais antigo em relação ao mesmo. E a galera old school delirou com Burnout, faixa de abertura do Dookie, o disco que deu fama mundial à banda. Punk rock cru, pegado e honesto, com uma letra em tom de desabafo, falando, em primeira pessoa, sobre danos à mente causados pela maconha. É a linha pessimista e auto-destrutiva do Dookie, para a alegria dos fãs. Tré Cool mandou muito bem nos solos de bateria no meio da música. Billie Joe repetiu a pergunta, mas desta vez, adotando um tom como quem diz “agora é sério”:

– Onde estão os fãs old school?

Aí veio o primeiro riff de uma música improvável de ser tocada, mas que seria a realização do sonho de muitos no Gigantinho. Ainda deu tempo de se perguntar “eles vão mesmo tocar isso?” antes de ouvir:

– Here we go again…

Era Going to Pasalacqua, uma faixa lançada pelo Green Day no 39/Smooth, mas que ganhou fama mundial no álbum 1039/Smoothed Out Slappy Hours, uma coletânea do que há de mais antigo da banda, que, na época, vivia uma fase romântica. Em uma música melódica sem perder a pegada, Billie diz a uma garota o quanto ele gostaria de fugir com ela de mãos dadas. Ainda na seção “Anos 90″, os fãs antigos voltaram a se emocionar com 2.000 Light Years Away, faixa de abertura do Kerpluunk. Um clássico do punk rock sobre uma garota inalcançável. Aliás, como o Green Day era bom quando fazia músicas sobre garotas…

O álbum Insomniac foi lembrado com Geek Stink Breath, uma música de ritmo lento, que também aborda a destruição causada por drogas. Deste álbum, ainda rolou Brainstew e Jaded, uma depois da outra como de costume, mas com uma pausa entre as duas para mais palhaçadas de Billie Joe.

Apesar da aceitação do público às músicas novas, o ponto alto do show foram os clássicos do Dookie. O primeiro foi When I Come Around. A balada punk teve o refrão cantado pelo público. A galera ainda pulou e cantou o som que pode ser considerado hino dos adolescentes: Basket Case. Depois, foi a vez de She, um dos primeiros sucessos internacionais da banda. Isso antes de o vocalista chamar uma menina para cantar Longview. Sortuda é pouco para a moça, que, além de cantar com o rostinho colado no de Billie, ainda ganhou a guitarra do músico. Claro, não era a Blue.

A última música dos anos 90 foi a polêmica King for a Day, que aborda a homossexualidade em um tom descontraído, porém nem um pouco homofóbico. Com direito a instrumentos de sopro e ajuda de alguns dos músicos adicionais da banda, além do figurino todo especial de costume – todos eles usavam adornos coloridos, e um deles estava fantasiado de Elvis Presley.

Medley e baladas

Nos momentos finais, rolou um medley com clássicos como Blitzkrieg Bop (Ramones) e Hey Jude (Beatles). O trio da Califórnia voltou à era contemporânea da banda com 21 Guns, mas a galera se empolgou mais com Minority, do álbum Warning.

O primeiro bis veio começou com American Idiot, para a alegria de quem estava pogando perto do palco. Depois, veio Jesus of Suburbia, para acalmar os ânimos. Após uma nova saída, o retorno foi em ritmo lento. Empunhando seu violão, Billie Joe tocou e cantou Wake Me Up When September Ends e Time of Your Life.

Foi um show inesquecível para a nova geração, que cantou os sucessos recentes e os clássicos, e para a antiga, que pôde conferir pelo menos um som de todos os discos. Isso só foi possível graças à vitalidade e a energia dos caras, que não são mais garotos, mas tiveram força para fazerem quase três horas de show. Estão de parabéns. E sim, o setlist abaixo não reflete o que foi o show:

Vídeo: Superguidis



>>>>> blog Volume: leia também sobre o show da banda em Miami

Comentários (82)

  • Cláudia S. Ioschpe diz: 14 de outubro de 2010

    Danilo, antigamente te diria pessoalmente, mas como tu não senta mais ao meu lado resolvi deixar um comentário!
    Adorei! Adorei! Me senti no show!
    Beijos

  • Elisiane diz: 14 de outubro de 2010

    O show foi lindo mesmo.
    Não supera o Metallica mais não fica nenhum pouquinho para trás.

  • Jessica diz: 14 de outubro de 2010

    Danilo Fantinel, se você tiver algum vídeo ou foto do momento em que eles tocaram ”we are the waiting” você pode postar no site ou me mandar por email? eu subi no palco mas não tenho nada registrado =(
    Obrigada

    >>>>> Jessica, não temos esta parte do show em vídeo pq a produção só liberou alguns segundos das duas primeiras músicas do show, ok?

  • andreimunhoz diz: 14 de outubro de 2010

    foi muito legal o show, eu estava la, envolvido e pulando com a galera do começo ao fim.
    tomara que eles venham mais vezes aqui, pq o público gaucho os ama muito.

  • Anapaula Gotardi diz: 14 de outubro de 2010

    uhuuuuuuuuuu… o melhor show do mundo, da melhor banda do mundo!!! o show da minha vida! tô realizada… GREEN DAY, hey ho, let’s go!!!! qro mais!!! bjks ;*

  • Camila diz: 14 de outubro de 2010

    FOI A MELHOR COISA DA MINHA VIDA!

    FICAR NA GRADE, DE CARA PARA O BILLIE E O MIKE, E PODENDO VER AS CARETAS BIZARRAS DO TRE COOL!

    MEU DEUS, INESQUECÍVEL! MARAVILHOSO!

    Setlist tá incompleto, eles tocaram música até do Kerplunk! *-*

    Só espero que eles não demorem 12 anos para voltar! Que voltem logo na próxima turnê!

    Abraços.

  • izadora vasconcellos diz: 14 de outubro de 2010

    baaaaaah,tava mtttttt a fude esse show,puta merda,melhor show que eu fui em toda a minha vida hehe

  • GABRIELA S.F. diz: 14 de outubro de 2010

    NOSSSSSSSAAAAAAA EU NAUN FUI NO SHOW MAS ACHO QUE DEVE TER SIDO INESQUECÍVELLLL PRA TODO MUNDOOOO…!!
    EU DARIAA TUDO PRA VÊ-LOS, MAS AINDA VOU NUN SHOW DELES…
    SEJA ONDE FORRRRR…!!
    PORQUÊ O MEU AMOR POR ELES ROMPE BARREIRAS E PAÍSES…
    Y LOVE GREEN DAY…FOREVER…!!

  • Ana Cristina diz: 14 de outubro de 2010

    O show foi fantástico e, como sempre, o seu texto descreve muito bem o que houve por lá!
    Só não concordo sobre a Boulevard, pq eu adoro! :-D

  • Daniela diz: 14 de outubro de 2010

    Nossa! Ótima reportagem, imaginei todo o show em detalhes. Pena não estar lá. Parabéns! Todos que lerem vão sentir o gostinho do green day!

  • Manuela Machado diz: 14 de outubro de 2010

    Estou empolgada até agora,o melhor show da minha vida!!!
    Billie Joe maravilhoso e empolgando a galera o tempo todo,uma banda que respeita o seu público,pois foi pontual no início do show e fez quase 3hs de muito punk rock pop para a galera jamais esquecer!!!

    A palavra mais correta para descrever o show de ontem é:ESPETACULAR!!!

    E que eles voltem logo e não nos deixem nesse jejum por muito tempo!!!

  • Cintia diz: 14 de outubro de 2010

    Melhor show da minha vida!!

  • gisela diz: 14 de outubro de 2010

    Wow!
    como disseram acima, me senti no show. o texto está mais do que perfeito.!
    pena que terei que esperar até dia 20, espero que eles estejam tao empolgados quanto em porto alegre!!!!
    Ah, OMG!

  • Michele diz: 14 de outubro de 2010

    Aiiii meu Deus, quarta-feira dia 20 será minha vez, não acredito, sou fã há muito tempo, esperei muito por esse momento, me arrepiei com o vídeo, green day é demais, minha vida, amo, uhulllllllllllll nem sei o que dizer!

  • MariXerxes diz: 14 de outubro de 2010

    Maravilhoso o show….achei que iria mais o pessoal mais novo…mais nao…o grande peso de publico foi da geração Dookie…hehehe…Maravilhoso…um show no sentido pleno da palavra…os caras estão muito bem…amei o show…só ficaram me devendo “welcome to paradise”…hehehehe….

    Bjao nos vemos no show do Paullll!!! : )

  • Patrick diz: 14 de outubro de 2010

    Grande, baita show do Green Day! Épico!
    Só não concordo em chamar o Superguidis de som pesado. As letras estavam mais pra EMO!

  • nando colorado diz: 14 de outubro de 2010

    Muito massa esse vídeo,obrigado por me proporcionar o gostinho que foi o baita shou desses caras,a história da banda em minutos e a emoção contagiando por inteiro valeu.nandocolorado.

  • CARLOS MENESES diz: 14 de outubro de 2010

    SHOW HORRIVEL, SÓ FICO PUXANDO O SACO DEVE FALAR ISSO PRA TODOS OS PUBLICOS Q ELE SE APRESENTA

    fora q são drogados me admiro quem fica atras deles, bando de sem noção

    mil veze show do luan santana

  • Luciano diz: 14 de outubro de 2010

    Sou das antigas, ou seja, da “old school” e achei o show excelente. Quase 3 horas de espetáculo, literalmente. Os caras estão de parabéns!

  • Patrick diz: 14 de outubro de 2010

    Sem palavras, foi FODÁÁÁÁÁÁÁÁÁÁÁÁÁÁÁSTICOOOOOOOO!

  • Iason Pippi diz: 14 de outubro de 2010

    Foi o melhor show da minha vida. Um show agitado, punk-rock, empolgante, elétrico, fantástico!
    Billie Joe é o melhor frontman do rock’n’roll! Ninguem faz igual, não adianta. É a melhor presença de palco do mundo.
    Green Day me fez lembrar dos meus tempos de colégio onde eu respirava as letras de Billie Joe.

    Que show! Bah, que show!

  • Juliana Freitas diz: 14 de outubro de 2010

    SIMPLESMENTE DEMAIS O SHOW! SENSACIONAL!

    UM DOS MELHORES DA MINHA VIDA!

    \o/

  • Mariane Carvalho diz: 14 de outubro de 2010

    Estou com um frio na barriga até agora…
    sem palavras para descrever a sensação de poder estar neste show

    EU ESTOU COM O EXATO SET LIST DA FOTO ACIMA e de quebra ganhei uma palheta do Mike em minhas mãos…

    Esse show foi FODA…
    estar na 2° fila tbm :)

    Só quem esteve lá para descrever!!!!

  • Lisi Zorzi da Rosa diz: 14 de outubro de 2010

    Ingresso: R$120,00, Camiseta oficial da banda: R$70,00, Ver Billie Joe comandando uma roda Punk em Poa..sem noção…NAO TEM PREÇO!!!! Muito bom!!!

  • Ricardo diz: 14 de outubro de 2010

    Green Day em Porto Alegre foi um presente pra mim e pra todos os amantes do indefectível punk-rock.

  • Rodrigo diz: 14 de outubro de 2010

    Melhor show disparado! Sou fã old school, e ouvir nice guys finish last, going to pasalacqua e 2000 lights years away ja valeu a noite. O Billie Joe empolgado com o público, eles interagindo, nada apaga. Baita show!!!!!!!!!!

  • Paulo Mendes diz: 14 de outubro de 2010

    Pra dizer a verdade achei BEEEEM fraco o show. Estava mais para Jonas Brothers do que para punk rock que dizem fazer.

    Coloquei dinheiro fora. Mas a gurizadinha dos 12 até os 16 deve ter gostado, pois era show para esta faixa etária.

  • rafael diz: 14 de outubro de 2010

    Olá, tenho 2 ingressos de arquibancada (superior nao numerada) do show do Paul para vender, e preciso comprar 1 ingresso de gramado (gramado e anel inferior). Quem quiser fazer negócio (barbada) é so mandar e-mail para rafael_alam@yahoo.com.br

  • Gisela diz: 14 de outubro de 2010

    A/c Carlos Menezes,
    nao me admira que esteja falando mal do show do green day, imagino que deva ter assistido ao show para poder falar dessa forma, ou não.. já que prefere do Luan santana.

    Posso dizer que nao tem nada demais nesse cara aí pqe já o vi, e por favor, não compare um estilo ao outro, principalmente sertanejo com Rock, menos ainda Luan santana com Green Day.


    Li diversas outras reportagens, essa foi a única até então, que contou sobre o show, e nao simples matérias de agencia. bom, vc está de paaarabeeens Danilo Fantinel. espero que faça o mesmo com os outros shows…!

    >>>>> valeu Gisela! importante: o texto tb foi escrito pelo Felipe Truda, mestre no “assunto” Green Day. abraço!

  • RENATO TENROLLER diz: 14 de outubro de 2010

    Me considero da “old school”, escutei a banda em meados de 1994. O Show foi 10!
    Somente um episódio me chamou atenção. Um cara tentou subir ao palco e foi barrado pelo segurança de forma bem violenta. Tanto que o cara saiu desacordado de maca e o segurança foi instruido a “vazar”. Alguém viu isso?

  • Emerson Jacyszen diz: 14 de outubro de 2010

    E aí grupo RBS? Depois que o GREEN DAY for embora do Brasil a atlântida vai continuar tocando as músicas deles ou vai ser que nem antes de eles anunciarem a turne no Brasil que tocava uma música uma vez por mês e olha lá?

  • Gisela diz: 14 de outubro de 2010

    Opa, mil desculpas. não vi o outro nome.. quis agradecer, mas só vi quem de fato tinha postado, no final da reportagem tem o nome Danilo, mas… Meninos, Felipe e Danilo, muito bom mesmo… estou até agora procurando outro texto que possa se igualar a este.
    mas, como nao acho, vou ler esse mais uma vez. haha!

    Abçs.

  • daniel vettorazi diz: 14 de outubro de 2010

    muito bom o texto!
    fiz algumas fotos ontem no show!
    estao no meu flickr!!
    http://www.flickr.com/danielvettorazi
    abs!!

  • Laila RIBEIRO diz: 14 de outubro de 2010

    TUDO PERFEITO FO**, LAMENTO POR QUEM Ñ PODE PRESENCIAR ESSA DEFINIÇÃO PERFEITA DA PALAVRA S H O W!! EI CARLOS, SE Ñ GOSTA DOS CARAS PQ TÁ LENDO MATÉRIA SOBRE?? TE FECHA MEU AMIGO A ASSUNTO AQUI É PUNK ROCK, SE FALAM OU DEIXAM DE FALAR COISAS PRA ESSE OU AQELE PÚBLICO SINAL D Q QEREM A AGRADAR SEUS MILHARES DE FÃS AO REDOR DO MUNDO, ENTENDE?SE PREFERE O SERTAN”o”JO VAI PRA BARRETOS MEU VELHO!!! O MELHOR DIA VERDE DA MINHA VIDA!! CONTA PRO NETOS EU FUI \o/ BJ A GALERA Q PUXOU O CORO E CANTOU DO COMEÇO AO FIM!!!

  • Diogo diz: 14 de outubro de 2010

    Post perfeito. Só não falou de tudo que teve no show, porque daria um tratado. Ler o texto foi como voltar pro gigantinho. Perfeito.

  • DaniELA diz: 14 de outubro de 2010

    TAVA DEMAISSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSS”!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
    MARAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA

  • Paulo Contra Menezes diz: 14 de outubro de 2010

    Achei o show fraco e repetitivo. A tentativa de demonstrar um “amor” ao Brasil foi sem razão e totalmente piegas. Show bom para quem tem 15-17 anos que nunca viu muita coisa e nada bom, mas não para mim que vi Led, Bon Jovi, Slash, Pink Floyd (Gildmour) na Europa. Fraco, muito fraco.

  • Daniela diz: 14 de outubro de 2010

    o SHOW tava DEMAISSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSS!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

  • Augusto Darde diz: 14 de outubro de 2010

    ótima resenha!

    realmente, quase morri quando tocaram Going to Pasalaqua… e eu sonhava em ver 2000 light years away ao vivo, eles não tinham tocado ela nem na Venezuela nem na Colômbia… fui com um bom pressentimento de que aqui rolaria! dito e feito!

    então quase morri outra vez. aliás, gente desmaiando era o que não faltava. show épico!

  • Janaína diz: 14 de outubro de 2010

    MEEEEU DEEEUS!
    DANILO LENDO O TEU TEXTO, REVIVI A NOITE DE ONTEM! RETRATOU MUITO BEM O QUE ACONTECEU LÁ!
    SHOW PERFEITO!! OS CARAS MANDAM MUUUUITO BEM!
    ESSA NOITE FICOU GUARDADA NA LEMBRANÇA E EU AMEEEEIIII!
    GREEN DAYYYYY!!!!

  • Nena diz: 14 de outubro de 2010

    O Paulo viu o Led e o Pink? E eu me achando a velhinha do pedaço….
    Vai lamber teu mau humor com o Sir Paul, Paulo Contra Tudo.

  • Fernanda diz: 14 de outubro de 2010

    O show foi incomparável! MUUUUUUUUUITO BOM!
    O Green Day mostrou que não perdeu o fôlego depois de mais de 20 anos!
    Conseguiram juntar o rock de conteúdo que vêm mostrando, com as brincadeiras e bobagens que são típicas deles no palco!
    Além de conseguirem agradar os fãs das antigas!
    Ótimo post! Voltei ao show lendo! Emocionante :)
    Tomara que não demorem tanto pra voltar de novo!

  • Mila Fleck diz: 14 de outubro de 2010

    Muito mais que um show… foi um espetáculo!

    E concordo em gênero, número e grau com o que disse Iason Pippi: “Billie Joe é o melhor frontman do rock’n’roll! Ninguem faz igual, não adianta. É a melhor presença de palco do mundo!”

    Os caras estão muito bem… Foi um dos melhores shows da minha vida!

    Galera Old School compareceu em peso e foi LINDOOOOO!

    Parabéns pelo post Danilo, conseguiste traduzir bem a noite de ontem!

  • Aline diz: 14 de outubro de 2010

    Alguém aí acima descreveu o que eu senti ontem no show: “Green Day me fez lembrar dos meus tempos de colégio onde eu respirava as letras de Billie Joe.”

    Foi simplesmente impressionante e superou minhas expectativas. Mas confesso que quando ele chamou a galera da “old school” e SÓ EU cantava as músicas lá no setor da arquibancada que tinha uma galerinha de 12 à 17 anos… eehehehe

    mas MUITO BOM!

  • Laís Tres diz: 14 de outubro de 2010

    Gente achei o show ótimo! Foi oq eu realmente esperava deles, fiquei 15 horas na fila! E valeu mt a pena. Eu vi o epsódio do cara caindo, horrível. Fiquei com mt pena de não ter conseguido subir no palco. E vamos combinar q tava mt ruim a segurança neh. Teve uma hora que umas 5 pessoas subiram no palco 0_0 enfim: melhor dia da minha vida (até um próximo show, é claro).

  • Cynthia diz: 14 de outubro de 2010

    Foi realmente incrível. E a resenha resume bem, parabéns.

  • Gabriela Estorti diz: 14 de outubro de 2010

    O show estava excelente! Superou completamente minhas expectativas! Fui no Metallica no começo do ano e adorei o show, mas o greenday apesar de não ter um telão tão legal ganhou pontos por valorizar os fãs tocando as músicas antigas , jogando camisetas, chamando a galera pro palco, achei muito legal. Voltei pra casa sem voz, cansada, mas muito feliz sentindo que valeu cada centavo do meu ingresso.
    Parabéns pelo texto, especialmente ao Felipe Truda que é um jornalista maravilhoso, e lamento não ter desfrutado da tua compania durante o show (imagino o quanto tu curtiu).

  • Elisiane diz: 14 de outubro de 2010

    EU JA FUI iron maiden;metallica,sepultura,angra, pearl jam,helloween, gamma ray…entre outros e ACHO O SHOW MUITO BOM ……….Alguém viu quando o segurança parou um cara que tentou subir no palco ele desmaiou. Achei que ele tinha morrido foi bem feio.

  • Lucas diz: 14 de outubro de 2010

    Melhor show da minha vida sem dispensar q o bilie me chamou pra subir na seguna musica a know your enemy qndo cantei com ele e pulei mergulhando na plateia inequecivell!!!!

  • Aline C. diz: 14 de outubro de 2010

    Grande texto! Parabéns! Show histórico! Billie Joe é O CARA.

  • Bruna diz: 14 de outubro de 2010

    O show foi inexplicavel… chorei, chorei, chorei e chorei!
    Ver tua banda favorita tocando ali… na tua frente! É demais!
    O Billie cantou Whatsername no fim do show… quase morri!

    Melhor dia da minha vida!

  • Raquel Lopes diz: 14 de outubro de 2010

    FOI UM SHOW INESQUECIVEL!!!!
    FORAM OS R$ 120,00 MAIS BEM GASTOS DA MINHA VIDA.
    GREEN DAY!GREEN DAY!
    GREEN DAY!GREEN DAY!
    GREEN DAY!GREEN DAY!
    GREEN DAY!GREEN DAY!
    GREEN DAY!GREEN DAY!

  • Davi diz: 14 de outubro de 2010

    unbelieveble, caramba, o melhor show que eu ja fui, e nada melhor do que ta do lado da pessoa que tu ama, vendo o show da tua banda preferida. fui em poucos shows, e realmente o que mais chega perto deles, na presença de palco é forfun(NÃO ME MATEM), morri rindo com as cara que fazia o billie :D:D:D:D sério, fodastico o show e sinto profunda tristeza quando vejo pessoas imbecis comparando aquele pirralho vesgo do luan santana com a grande e ja consagrada banda que é green day

  • Thiago diz: 14 de outubro de 2010

    Mto bom o resumo, deu pra lembrar quase tudo que passou no show. Alias que baita show… pena a banda de abertura, pra mim nao deu pra animar nada… só aumentava ainda mais a ansiedade pra ver o melhor de todos punk rock. preferia um tequila baby mas…

    Perfeito, deu pra ver mta molekada perdida que nao pegaram “old-school”(e nao conheciam) going to pasalacqua, 2000 lights years away e ate um burnout mas em compensação tinha tudo o restante na ponta da lingua.

    Imperdivel, pagaria denovo, faria tudo denovo, pena que o trampo pega senao iria pra SP certo.

    Baita show mesmo, explosoes, fogos, billie show no seu melhor estilo… som muito bom, as quase 3 horas passaram muito pouco tempo.

    Como ja dito por uns, um dos melhores dias da minha vida tbm! Green Day sempre mtooo fóda!

  • Thiago Schardosim diz: 14 de outubro de 2010

    O show foi simplismente incrivel.
    Duvido que consiga ver um show igual na minha vida, era simplismente inacreditavel o jeito com que eles “controlavam” o publico.
    a banda passou todas as musicas do seu auge até as baladas conhecidas apenas por fãs mesmo, as palhaçadas de Billie Joe encheram o palco mas dando espaço para o resto da banda “dar seu show”.
    Só tenho a agradecer a este grupo por não ter me decepcionado e me consedido o melhor show de minha vida ao vir aqui em Porto Alegre, minha casa.

  • Thomaz diz: 14 de outubro de 2010

    ba, sinceramente eu fiquei muito feliz com o green day! essas novas musicas nao sao tao boas como as antigas, mas ate q curti… as calmas q broxaram, menos time of your life claro, q foi pra fechar com chave de ouro!

  • Lukas Patz diz: 14 de outubro de 2010

    Realmente foi o melhor show da minha vida! E ficou para história esse show, tanto que no twitter do Green Day eles escreveram isso: “2 things.Last night in porto alegre was top 3 craziest shows we ever played!And tonight is AI 200th performance! Congrats to the cast!!!!!”
    Eu gostaria que a produção colocasse esses videos e fotos à disposição do público!
    Obrigado.

  • Samuka diz: 14 de outubro de 2010

    A guitarra tava detonada, aparecia até a cor da madeira por baixo. Como dizem que a guita tava nova? hahaha

    Green Day foi demóóóóóóóóóisssss, como diria, Pedro Ernesto.

  • J diz: 14 de outubro de 2010

    Green Day virou uma banda muito gay de uns tempos pra cá.

    Superguidis sempre foi meio gay.

  • Robson diz: 14 de outubro de 2010

    Melhor show da minha vida, sem explicação como o billie joe fez o publico interagir o tempo todo no show!!!

  • lucas diz: 14 de outubro de 2010

    show memorável da banda, tanto para novos fãs como para os fãs “old school”.
    muita música, muita energia, muita diversão.

    como disse MariXerxes ali em cima, o Billie ficou devendo “Welcome To Paradise” pra galera.
    hehehe

    para quem não curte a banda, foi simplesmente mais um show…
    mas para quem curte e é muito fã, foi inesquecível.

    eu sou fã old school da banda, desde os tempos de “Kerplunk” e “Dookie”, já vi vários shows de várias bandas e nenhum deles me deixou mais eufórico e satisfeito como esse.

    showzasssso!
    foi demais estar la no Gigantinho!

  • Guilherme diz: 15 de outubro de 2010

    Show inesquecível!!
    Não tem que não tenha gostado e que tenha dito que foi o melhor show da vida!!

    Que show, os caras simplesmente destroem no palco!!

  • Tamara Riediger diz: 15 de outubro de 2010

    MARAVILHOSO!!!! NÃO HÁ PALAVRAS SUFICIENTES PARA DESCREVER O SHOW….FOI UM ESPETÁCULO….INESQUECÍVEL, A MELHOR NOITE DA MINHA VIDA…OS CARAS SÃO MUITO FODA, ESPERAVA POR ESSE SHOW A MUITO TEMPO, FOI FODASTICO…FIQUEI NA GRADE EM FRENTE AO BILLIE JOE, MT EMOÇÃO…FOI LINDO DEMAIS

  • Carlos Junior diz: 15 de outubro de 2010

    heauehas

    Comico esses comentários…

    É impossível alguém que foi no show achar aquele show ruim.

    Essas pessoas que estao aí comentando que o show foi ruim estao fazendo por que querem “isso”, que comentem o que estao falando… e blá blá blá…
    Papo de quem quer aparecer: ah, por que um dia eu fui na europa e vi o Led, e nao sei mais quem… VSFD…
    Papinho de gente recalcada, vai achar o que ler ao invés de vir aqui ler um assunto que nao te interessa…

    Aposto que nem no show foi…

    Com certeza está nos Top 5

  • Bruno diz: 15 de outubro de 2010

    brother, eu ouço green day desde meus 6 anos. tenho 19
    até eu pensava que o show nao seria tão PUNK como os da década de 90, sempre vi os videos do woodstock.
    PORÉM depois dessa noite de quarta feira, PUTA QUE PARIU, eles continuam insanos pra !#@#!@
    QUEM VEM AQUI E FALA QUE VIROU MODINHA OU NAO SEI O QUE, É PORQUE NAO FOI NO SHOW. AOHDUOAHDUOHAUOD

    melhor banda de punk rock do mundo, larga quem nao concordar!

  • MANUELLA PRESSER diz: 15 de outubro de 2010

    Nossa, foi o MELHOR SHOW DA MINHA VIDA! Me surpreendi a cada momento!

    Ainda mais pondo a mão na GUITARRA DE NADA MAIS DO QUE BILLIE JOE AMSTRONG!

  • Aline Saft diz: 15 de outubro de 2010

    A guria que ganhou a guitarra foi embora de tupic, na que eu fui, e tenho foto da guitarra *—*
    foi o melhor show da minha vida! TODOS que foram dizem isso. Não há palavras para dizer como fio bom o show. Só quem estava lá sabe!

  • Gabriel diz: 16 de outubro de 2010

    Olá, eu gostaria de saber se tem algum video que tenha todo o show gravado ?

    >>>>> No Volume não tem não…

  • marcio locatelli schitezky diz: 16 de outubro de 2010

    EU NAUM PUDE IR POR CAUSA DA MINHA IDADE, MAS SE EU TIVESSE IDO EU NUCA MAIS IRIA ESQUECER ESSE SHOW!!!!!!

    GREEN DAY 4EVER!!!!!!!!!!

  • Gabriele diz: 16 de outubro de 2010

    Realmente um show incrível, incomparável!!
    Um dos dias mais loucos da minha vida, valeu até os hematomas que eu troxe pra casa por querer ficar em frente ao palco…rs

  • Thiago Kunz diz: 16 de outubro de 2010

    Como é bom quando a gente gosta d euma banda e vê ela ultrapasar os limites de várias gerações. Muito bem descrito pela matéria…na hora em que todos os ‘old -old school’ perceberam ele pegar a blueguitar e depois viram que ele iria tocar Going to Pasalacqua, caraiii meu irmãoo…eu não sabia aonde estar, na roda , pulando, cantando…tava enloquecido, e foi isso o bom do show pra quem tem 20 e muitos….cara..relembrar a adolescência com Dookie, Insomniac, Nimrod…poutz! só senti falta de Welcome To Paradise, mas a gente compreende… No final, fiquei feliz pq acho que tanto a banda como o público fizeram seu papel, com certeza Poa marcou. Era isso. Mais dias verdes!!

  • Giovana diz: 16 de outubro de 2010

    Aline!!Tirou as palavras da minha boca. Todo mundo que encontro na rua e que me pede do show eu digo a mesma coisa: FOI O MELHOR SHOW DA MINHA VIDA!!E não existem palavras para descrever o quanto BOM, EMOCIONANTE, ESPETACULAR e INSUPERÁVEL foi esse show. Só que foi é que sabe do que estamos falando!

  • Nelzo diz: 17 de outubro de 2010

    Jéssica,

    Eu tenho o video do “Are we the waiting” em que você aparece. E detalhe, foi filmado bem da frente!!!

    nelzojunior@yahoo.com.br manda um e-mail q te mando o video.

  • Gabriela V diz: 19 de outubro de 2010

    Uma palavra resume tudo: FOOOOOOOOOOOOOODA! Foi a melhor noite da minha viida cara *-* Não tem como explicar mesmo, só estando lá pulando com a galera pra entender.

  • César diz: 19 de outubro de 2010

    Saí do interior do estado para ver o show do Green Day mesmo sabendo que restavam poucos ingressos de cadeiras numeradas, chegando lá consegui com cambistas por R$170,00 arquibancada e pista, não pensei duas vezes, comprei pra mim, pra minha esposa e pro meu irmão de 13anos, gastei R$410,00 sem contar a gasolina e não me arrependo de nenhum centavo gasto, foi o dinheiro mais bem aplicado dos últimos tempos. Foi muita loucura, nunca esperava ver o show do Green Day. Não sei se faço parte da old school, de repente por ter 31anos ou por curtir Going to Pasalacqua e 2000 Light Years Away. Mas eles ficaram me devendo pro próximo show Welcome to Paradise, 86, Armatage Shanks e muitas outras. A única coisa que deveria melhorar era aumentar o show de 3 para 12 horas, assim pode ser que dê para tocar quase todos os sucessos da banda hehehehehe…
    Pena que não da para voltar no tempo para curtir tudo novamente.

  • Ketlin diz: 20 de outubro de 2010

    Show perfeito!!!!!! sem palavras, inesquecivel…. O Billie é demais…. empolgou geral a galera…. que eles voltem logo….
    GREEN DAY!!!!

  • Patrick diz: 20 de outubro de 2010

    César, discordo de você,
    eu acho que o show deles deveria durar, pelo menos, uns 2 dias. D:

    Por mim eu nunca mais saia de lá (y

  • @thatais diz: 20 de outubro de 2010

    MANOOOOOOOOOOOOOO!!!

    Meu olho encheu de lágrimas e eu arrepiei, só de ler!
    Você descreveu excelentemente beem e vou no show hoje, aqui em SP. To empolgadíssima!

  • Luanda diz: 20 de outubro de 2010

    Me admiro alguém q curte a m… do Luan Santana, ficar comentando o show de uma banda como o Green Day…..

    O show foi demaiss…. os caras sabem comandar muito bem o público….

    Espero q não demorem a voltar ao Brasil…. com certeza não perco….

    GREEN DAY GREEN DAY GREEN DAY!!!!!

  • Annah diz: 21 de outubro de 2010

    EU amei td…tava um maximooo…qr ter beijado o billie… mais qm sabe uma proxima né…kkkkkkk, se eles qr vir morar no brasil, a gente s esbarra… FOI MT FODA…. Annah

  • Annah diz: 21 de outubro de 2010

    Amei td… tava um maximo q venham os proximos shows deles no pais já to c/ sdd…qr ter beijado o billie + qm sabe uma proxima né?kkkkkk esse show vai fikar p/ sempre em meu coração…amo mt o green day… e principalmente o Billie joe… Annah

  • Diego DEG! diz: 21 de outubro de 2010

    eu me arrebentei no show..foi o melhor de todo sempre…acho até que não irei num outro melhor durante muito tempo…

    mas eu ñ queria ter beijado o B.J. , apenas queria ter ganhado a guita que um carinha levou ontem, dos braços do proprio billy;..

    foi fuckcrazy

Envie seu Comentário