Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Resultados da pesquisa por "Beach"

Escute cinco faixas do novo álbum dos Beach Boys

31 de maio de 2012 0

Os Beach Boys liberaram a audição de cinco faixas do novo disco That’s Why God Made the Radio.

Você já leu sobre o disco que marca o retorno da banda aqui e aqui.

>>>>> Mais Beach Boys

Beach Boys apresentam That's Why God Made The Radio na TV

09 de maio de 2012 0

Os Beach Boys apresentaram That’s Why God Made The Radio ao vivo no programa de TV Late Night with Jimmy Fallon na segunda à noite. O primeiro single do novo álbum, previsto para o dia 5 de junho, foi laçado no final de abril. Apesar de uma voz trêmula aqui e outra fora do tom ali, o show foi digno.

A banda dará início a uma nova turnê mundial em julho, nos Estados Unidos, para comemorar ao 50º aniversário do grupo. Depois, eles seguem para Europa e Japão.

Mais Jimmy Fallon

O Jimmy Fallon prepara um disco de paródias em que ele imita Neil Young, David Bowie, Jim Morrison e Bob Dylan e conta com participações de Paul McCartney, Bruce Springsteen, Eddie Vedder, Dave Matthews, Justin Timberlake e outros. Blow Your Pants Off será lançado no dia 12 de junho.

>>>>> Mais Beach Boys

Beach Boys divulgam That's Why God Made The Radio na íntegra e vídeo sobre a nova música

25 de abril de 2012 0

Atualizado dia 26/04, às 9h

Os Beach Boys divulgaram o single That’s Why God Made The Radio, faixa do novo álbum que será lançado no dia 5 de junho, e também um vídeo sobre os bastidores da gravação. O som é focado em vocais harmônicos.


Nesta segunda, o músico Bruce Johnston disse à Billboard que a banda de Brian Wilson, Mike Love, Al Jardine e de David Marks dará início a uma nova turnê mundial em comemoração do 50º aniversário do grupo em julho, no Arizona, nos Estados Unidos. Depois, eles seguem para Europa e Japão.

O vídeo abaixo mostra a banda em estúdio dando depoimentos sobre o lançamento. Brian Wilson comenta que os músicos “colocaram muito amor nas harmonias” e David Marks falou que a volta da banda é como uma “reunião de família”:

Oliver Stone radiografa o milionário negócio da maconha na Califórnia

25 de outubro de 2012 0

* Contém spoliers

Oliver Stone mantém a precisão cirúrgica que exibiu em Wall Street: O Dinheiro Nunca Dorme (2010) em seu novo filme, Selvagens, com estreia marcada para 26 de outubro no Brasil. Desta vez, o mundo financeiro das altas esferas nova-iorquinas dá lugar ao milionário negócio da maconha californiana.

Conectado com o nosso tempo a partir de um roteiro robusto e realista, Stone conta a história de dois amigos, o botânico budista Ben (Aaron Taylor-Johnson) e o ex-militar pavio-curto Chon (Taylor Kitsch), surfistas que tornam-se produtores/vendedores da melhor e mais pura erva da Califa. Ambos se conhecem há anos, são como irmãos, e não dividem apenas o ganha-pão, mas também uma linda, loira e abastada filinha de papai pra lá de liberal (O, interpretada por Blake Lively). Isso tudo na paradisíaca e ensolarada Laguna Beach.


A expertise da dupla no negócio verde chama a atenção de um poderoso cartel mexicano liderado pela decadente e solitária Elena (Salma Hayek), que impõe uma nova ordem na rede de atividades dos dois. O conflito chega a níveis extremos de violência, tendo como pano de fundo temas caros para os Estados Unidos hoje como a invasão do Afeganistão e do Iraque, a proliferação de parcerias escusas entre ex-militares, paramilitares e traficantes, a suposta idoneidade de funcionários de órgãos de primeira linha do governo americano, como o DEA (agência antidrogas) e o FBI, e também o tráfico nocivo que gera chacinas constantes e corrói o México atualmente.

Salma Hayek, excelente, compõe a amargurada chefona do tráfico que vive entre o vazio da falta dos filhos e do marido e a rigidez que seu cargo exige. Apesar de ser a típica mexicana de mão forte, Elena garante momentos engraçados e até mesmo ternos. John Travolta, como Dennis, funcionário do DEA, e Benicio Del Toro, como o capanga Lado, ajudam a compor a parte boa do elenco.

O final do filme, no entanto, poderá não agradar a todos. Há uma bifurcação na história que eu mesmo não sei se gostei. Apesar disso, a opção de Stone dá margem a interpretações e interrogações diversas, sendo a mais óbvia delas o tradicional questionamento “o crime compensa?”. Veja o filme e responda você mesmo.

Tracks Volume #53

17 de agosto de 2012 0

Nude BeachWalkin’ Down My Street
Galera, cerveja e rock’n’roll no vídeo da banda Nude Beach, do Brooklyn, para Walkin’ Down My Street. Os caras mandam bem. E festa no terraço sempre bomba. A faixa é do disco II.

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

The Soft MoonDie Life
Mólegal esse som do Soft Moon. Entre pós-punk sintético, electronic goth e krautrock, Die Life é cheio de guitarras cortantes e clima dark sufocante. A faixa está no novo disco Zeros, marcado para 30 de outubro. Você conheceu Soft Moon, o projeto do músico Luis Vasquez, nas Tracks 13 (áudio da fantasmagórica Total Decay) e 19 (clipe da mesma música).

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

Cold ShowersBC
Aqui tem mais pós-rock electronic, mas muito mais leve e pop do que o som do Soft Moon (acima). É como se o New Order tivesse o Nick Cave nos vocais. A faixa BC está no disco Love And Regret, marcado pelo Cold Showers para 09 de outubro. Apesar de não ser muito original, vale o play.

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

Animal CollectiveToday’s Supernatural
Saiu o clipe da cacofônica Today’s Supernatural, faixa do novo disco do Animal Collective, Centipede Hz, marcado para 04 de setembro. O som você escutou nas Tracks 51. Veja o vídeo:

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

Ty SegallThe Hill
A nova faixa do Ty Segall, um dos geniozinhos da novíssima safra rock’n’roll gringa, é bem mais direta do que as duas acima. Sem firulas, esse garage rock ganhou guitarras pesadas, reverberações e vocal em duo (fem/masc). The Hill estará em algum novo disco do cara – acho. O Ty Segall já apareceu nas Tracks 24 com a ácida Where Your Head Goes e 43 com a pancada I Bought My Eyes.

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

Eternal SummersYou Kill
Nada menos do que excitante esse rock veloz, com guitarras nítidas e cortantes em parceria com o vocal doce e determinado da menina. Rock adolescente com pegada power pop setentista. Muito bom!

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

King DudeJesus In The Courtyard
O músico de Seattle mostra em Jesus In The Courtyard um híbrido poético, estilístico e sonoro de Johnny Cash, Bob Dylan e Tom Waits. Em alguns momentos, a tonalidade vocal de King Dude desce no grave até encontrar níveis de Peter Murphy. O disco Burning Daylight sai no dia 16 de outubro.

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

Permanent CollectionOne Thousand Sins
Shoegaze puro com guitarras chapantes e bateria bem marcada no som da banda de San Francisco, que está no disco Newly Wed Nearly Dead.


¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

Grizzly BearTwo Weeks
Genial ver Two Weeks ao vivo com o Grizzly Bear no festival StePhest Colbchella, de Stephen Colbert (…). A faixa do disco Veckatimest, de 2009, também tem aquele clipe legal, lembra?




The Colbert Report
Get More: Colbert Report Full Episodes,Political Humor & Satire Blog,Video Archive

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

Eletrônica

Three LocoWe Are Farmers (Feat. Diplo)
O clipe WTF! da semana é essa tiração de sarro mucho loca da trinca de MCS nerds Three Loco. Insecure rappers jecas dando a moral no countryside? Muito bom!!! E, claro, nosso amigo Diplo está no meio. Ele manda ver um rap na faixa e lança o EP dos caras dia 04 de setembro pela Mad Decent.

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

Petite NoirTill We Ghosts
O sul-africano Yannick Ilunga, de 21 anos, evita obviedades em Till We Ghosts, som eletrônico cheio de percussão, alma e personalidade lançado sob o nome Petite Noir. A faixa mistura instrumentos acústicos e batidas eletrônicas com um vocal de dar inveja às principais bandas do pós-punk (e de seu revival). Não parece com nada que você escutou antes! Revelação boa no mundinho eletrônico!!

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

PeachesFree Pussy Riot
A cantora canadense reuniu uma galera em Berlim para um protesto contra a prisão e o julgamento das três meninas da banda punk Pussy Riot, condenadas hoje a dois anos de prisão na Rússia (leia aqui). O movimento organizado pela Peaches ganhou apoio popular e de figuras como The Knife, Lykke Li, Peter Bjorn And John, Nick Zinner, The Hives, Miike Snow, Kate Nash e outros. No som, um electro punk político pede o linchamento de Putin. Você pode pressionar as autoridades russas participando deste abaixo-assinado. Vários artistas se manifestaram sobre o caso nas últimas semanas, como Franz Ferdinand, Red Hot Chili Peppers, Paul McCartney e Björk. Madonna fez um longo discurso durante seu show em Moscou (veja aqui).

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

Nix WukkasThrust
A arquitetura sonora de Nix Wukkas em Thrust é fundamentada na desconstrução e na descontinuidade, que em um longo processo de cut and paste ganha sentido. O som é próximo do ambient breakbeat e do left-field hip-hop do DJ Shadow e do UNKLE.

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

Simian Mobile DiscoA Form Of Change
O Simian Mobile Disco liberou a nova faixa A Form Of Change há alguns dias. House calminho, sem vocais, quase ambient, em esquema hipnótico.

Há meses o duo eletrônico liberou a audição do novo disco, Unpatterns:

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

Azealia BanksSuccubi (prod. by AraabMuzik)
AraabMuzik produziu esse gangsta left-field Succubi para Azealia Banks. Ficou manero. AraabMuzik, que você conheceu nas Tracks 12 tocou nos shows do Creators Project, no início de agosto, em São Paulo.

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

WHY?Sod in the Seed
Left-field hip-hop com batidas rápidas e pegada indie electronic bem dançante. Indie-hop? Eu diria que sim. O MC Jonathan ‘Yoni’ Wolf manda bem, com rap sarcástico, quase cômico. E o vídeo nerd-cult é massa.

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

SantigoldDisparate Youth
Santigold mandou bem com sua banda tocando Disparate Youth, a pérola do disco Master of My Make-Believe, no StePhest Colbchella. Esse dance hall cheio de new R&B e indie eletronic é muito elegante.




The Colbert Report
Get More: Colbert Report Full Episodes,Political Humor & Satire Blog,Video Archive

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

DJs for Obama
Volume vota Obama.

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

Bloquinho Remix

SpectorNever Fade Away (Wolfgang Voigt Remix)
O alemão Wolfgang Voigt mandou para longe a dramaticidade da excelente Never Fade Away, do quinteto indie Spector, e jogou a canção na pista de algum inferninho eletrônico. O remix é total anos 90, entre o techno e o big beat. Poderia ter sido assinado pelo Underworld. O resultado ficou muito bom, mas os puristas do rock vão odiar de qualquer forma.

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

Marilyn MansonSlo-Mo-Tion (Dirtyphonics Remix)
Os parisienses do Dirtyphonics mataram a pau nesse remix linha dubstep para a faixa Slo-Mo-Tion, lançada pelo Marilyn Manson no disco Born Villain. O som já começa acelerado, mas com o tempo vai ganhando mais peso, mais batidas quebradas e mais elementos robóticos específicos da vertente eletrônica mais foda de hoje. Ficou muito bom! Peso eletrônico digno de Manson.


¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

Tracks: #1, #2, #3, #4, #5, #6, #7, #8, #9, #10
Tracks: #11, #12, #13, #14, #15, #16, #17, #18, #19, #20
Tracks: #21, #22, #23, #24, #25, #26, #27, #28, #29, #30
Tracks: #31, #32, #33, #34, #35, #36, #37, #38, #39, #40
Tracks: #41, #42, #43, #44, #45, #46, #47, #48, #49, #50
Tracks: #51, #52

Tracks Volume #51

03 de agosto de 2012 0

ToadiesRattler’s Revival
Pixies encontra Morphine nesse indie rock ácido, urgente e veloz aditivado por metais. O white noise roqueiro do Toadies ganhou groove com os instrumentos de sopro de Black Joe Lewis & The Honeybears, que deram uma nova personalidade para esta versão alternativa de Rattler’s Revival. Vale muito o play. Os caras do Toadies tinham dado um tempo em 2001, mas voltaram sete anos depois. Agora, lançam seu quinto disco Play.Rock.Music.

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

FeistodonA Commotion
Mais um clipe de casa sendo destruída (veja o do Icky Blossoms aqui e o de Vera Flash neste post, no bloco eletrônico). É o vídeo de A Commotion, parceria pesada entre Feist e Mastodon (Feistodon), lançada no Record Store Day deste ano (leia sobre isso aqui). No mastodonrocks.com/feistodon você vê uma versão (um pouco) interativa do clipe.

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

RunningKalehead
Punk selvagem, com guitarras cortantes em alta voltagem e bateria alucinada que, ao final, ganha tons de um certo heavy blues. A faixa Kalehead está no disco Asshole Savant, da banda de Chicago.

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

The AzeotropesLive Up To The Hype
O barulho bom segue com esse bubblegum punk/power pop da banda The Azeotropes. Diz que Live Up To The Hype foi feita com drum machine. Sei não…

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

Animal CollectiveToday’s Supernatural
Saiu há alguns dias a turbulenta Today’s Supernatural, mais uma faixa do novo disco do Animal Collective, Centipede Hz. O som é nervoso, cacofônico e estranho, como (quase) sempre eles fazem.

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

Cave PaintingSo Calm
Balada indie pop perfeitinha, tipo Cranberries + Vampire Weekend.

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

Mirel WagnerTo The Bone
A cantora Mirel Wagner tem uma voz peculiar e um senso de interpretação muito bom. Sua postura e sua música remetem a um híbrido de Billie Holliday e Tom Waits, numa espécie de folk jazz sulista dramático.

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

AlgiersBlood
Esse som também tem personalidade. Espécie de slow blues chapado e experimental, Blood tem guitarras metálicas rasgadas em tom de lamento e bateria quase marcial, mas beeeem desacelerada. A banda Algiers lançou a faixa no início do ano.

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

LiarsBrats
Super killa bunny psicótico e caçador retardado entram numas no clipe pancada que Ian Cheng fez para a música Brats, do Liars. Nessa que é uma das animações mais alucinantes da música no ano, Cheng faz uma versão anos 3000 de Pernalonga e Hortelino. O vídeo caiu bem pro indie eletrônico raver e nervoso da banda. O som é do disco WIXIW.

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

The History Of Apple PieDo It Wrong
Esses britânicos do History Of Apple Pie “do it right” na faixa Do It Wrong. White noise carregado de doçura pop com guitarras linha shoegaze. Ou dreamp pop on acid com vocal fofo, táligado? Você conhece eles das Tracks 20, quando rolou o clipe de lesado para a ótima música Mallory.

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

Dirty Beaches @ WFMU
O músico e produtor Dirty Beaches participou do programa de Scott Williams, da rádio WFMU. Ele fez um live act experimental em seu grau máximo. São composições muitíssimo autorais, livres de fórmulas, refrão, melodia e harmonia, e distantes de qualquer direção pop. Mais do que músicas, são gestações e/ou abortos sonoros de art rock estruturado com guitarras, bases pré-gravadas e efeitos.

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

Psychic IllsTake Me With You
Lisergia ácida com guitarras químicas e vocal em loop delirante, perfeito para uma trip pela ensolarada Costa Oeste americana. O som saiu num split 7″ com a banda Moon Duo, e o clipe está abaixo.

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

Sigur RósVarúð
O Sigur Rós segue em seu esforço para lançar clipes para todas as músicas do novo disco Valtari. Só que agora eles liberaram este filme legal para Varúð, faixa que já tem clipe – aquela animação enigmática das figuras no rochedo. No novo vídeo, dirigido pelo fotógrafo Ryan McGinley, uma mina asiática corre pelas ruas de Nova York usando uma peruca loira. O clipe é pura fotografia e poesia.

Sigur Rós: Varúð from Sigur Rós Valtari Mystery Films on Vimeo.

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

Oscar Dowling – EP
O músico neozelandês Oscar Dowling começou a tocar com seis anos. Com o tempo, passou a compor. Agora aos 20 e poucos, lança seu primeiro EP, com quatro faixas. Composições em piano e/ou violino, como Twenty Years e Behind My Face, perfeitas para uma noite enfumaçada em um cabaret, dividem espaço com uma energética balada ao violão, The Beaten Track, e também com a guitarreira experimental de Bend. De uma forma ou de outra sua maior inspiração, Tom Waits, ecoa por todas composições. Olho no cara!

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

Laetitia SadierThe Rule Of The Game
A cantora e instrumentista Laetitia Sadier, ex-Stereolab, também liberou o clipe da bela The Rule Of The Game, faixa de abertura do novo álbum Silencio. O som é a tradicional mistura de krautrock, lo-fi, chanson française e pop sessentista.

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

Eletrônica

Boys NoizeXTC
Alexander Ridha, aka Boys Noize, lançou há poucos dias a bombástica XTC, faixa em que o alemão aposta altíssimo em beats linha electro-tech-house robótica. A ótima música é o primeiro single do novo álbum, Out of the black, marcado para 06 de agosto. O Boysnoize Records disse que o som já entrou em sets de Justice, 2ManyDJs, Chemical Brothers, Erol Alkan, A-Trak… ôloco!

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

TNGHTBugg’n
Esse downbeat dopado de left-field hip-hop, que vem bombando em algumas web radios, ganhou um clipe bem legal. Tem cenas de show forte do TNGHT. E essa criança que faz “ah” na faixa é sample do interlude Un Autre Introduction, do disco The Private Press, do supercult DJ Shadow (ex-UNKLE). O álbum de 2002 é um clássico do left-field hip-hop, que voltou com força em 2012 (sugiro escutar Shabazz Palaces).

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

ElliphantCiant Hear It
A MC Elliphant, espécie de M.I.A. sueca, liberou o clipe da faixa Ciant Hear It. O som tem beats estourados de algo entre funk carioca e Miami bass, e vocal spoken word sujo. Elliphant já apareceu por aqui antes. Você escutou TeKKno Scene nas Tracks 37 e o clipe da mesma faixa nas Tracks 40.

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

Enigma DubzWe At War
O produtor de Birmingham começou na música clássica com 5 anos, mas depois passou pra eletrônica. Nessa faixa política-existencial, uptempo beats fazendo a linha drum’n’bass etéreo te conduzem em uma pequena viagem sônica.

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

LokrianGreen and Yellow
O dubstep aqui é muito mais influenciado pelo acid jazz e pelo downtempo do que pelo techno e pelo drum’n’bass. É muito mais Rubin Steiner e muito menos Skrillex.

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

Washed OutA Dedication
Ernest Greene lançou Within And Without, o álbum de estreia do seu projeto Washed Out, há um ano. Apesar disso, o romântico clipe da balada indie eletrônica A Dedication, que fecha o disco, saiu apenas agora. Você viu um clipe dele antes. Eyes Be Closed está nas Tracks 6.

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

SHORTCIRCLESMAPZZZ: SHARKBITE SESSIONS
Éter.

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

#ficadica @MarcosTesser

Vera FlashHustle
A cantora Vera Flash fez sua estreia com um clipe épico, sanguinário e muito bem editado para gostosa faixa Hustle, uma inquietante e sombria mistura de electro pop com hip hop numa pegada dançante e sexy. Vamos ficar bem atentos a essa guria!

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

Bloquinho remix

Matthew DearHer Fantasy (Poolside Remix)
Poolside fez um remix calmo, meio space house, para a excelente música Her Fantasy, do Matthew Dear. Você escutou a versão oficial de Her Fantasy nas Tracks 47. O duo Poolside, de Los Angeles, acaba de lançar o disco Pacific Standard Time.

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

Charli XCXYou’re The One (The Internet Remix Feat. Mike G)
A cantora pop britânica Charli XCX não me agrada muito. Pra mim, ela é uma versão single da dupla t.A.T.u. Mas o duo The Internet fez um remix muito bom para You’re The One, com participação do MC Mike G. Juntos, deram uma nova personalidade para o som. The Internet, talvez você lembre, lançou há algum tempo um clipe controverso para a faixa Fastlane, do disco Purple Naked Ladies. Você viu nas Tracks 30.

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

Tracks: #1, #2, #3, #4, #5, #6, #7, #8, #9, #10
Tracks: #11, #12, #13, #14, #15, #16, #17, #18, #19, #20
Tracks: #21, #22, #23, #24, #25, #26, #27, #28, #29, #30
Tracks: #31, #32, #33, #34, #35, #36, #37, #38, #39, #40
Tracks: #41, #42, #43, #44, #45, #46, #47, #48, #49, #50

Tracks Volume #50

27 de julho de 2012 0

SwansThe Apostate
A veterana banda de pós-punk/noise Swans, de NY, liberou um teaser do DVD gravado ao vivo que estará na edição especial do novo disco The Seer, marcado para 28 de agosto. Nas imagens abaixo, um trecho apocalíptico da faixa The Apostate, que ao vivo tem 23 minutes de microfonias, distorções e melodia catártica. Desde 1983, a banda já lançou mais de 15 discos. Eles deram um tempo em 1997 e voltaram em 2010 com o disco My Father Will Guide Me Up a Rope to the Sky. O líder, guitarrista, vocalista e compositor Michael Gira disse que The Seer terá 11 faixas e 2 horas de duração! A cantora Karen O, do Yeah Yeah Yeahs é uma das convidadas.

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

Title FightHead In The Ceiling Fan
Descendente do Swans, mas também de Mogwai, Explosions in the Sky, Tortoise… a banda Title Fight liberou o vídeo desse pós-rock melancólico, metálico e belo. A estreia rolou em 2011, com o disco Shed. A faixa Head In The Ceiling Fan está no novo álbum, Floral Green, que sai no outono gringo.

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

The BabiesMoonlight Mile
Moonlight Mile é um garage rock de guitarras metálicas com bateria incessante e pegada pop sessentista. Há um psicodelismo, mas distante de clichês do estilo. A banda do Brooklyn libera o single 7″ em breve.

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

Tame ImpalaElephant
Depois de liberar um teaser sobre o novo disco e o áudio da faixa Apocalypse Dreams, o Tame Impala lançou o single Elephant. Space rock psicodélico com guitarras heavy hipnóticas, como já era esperado. Muito bom! O disco Lonerism sai no dia 9 de outubro.

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

SolosCarpe Diem
O duo formado por Spencer Seim e Aaron Ross liberou esse rock psicodélico garageiro e experimental com bateria convulcionada e guitarra veloz. Há um certo humor no som, que está no disco Beast Of Both Worlds, marcado para 11 de setembro.

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

The Flaming Lips and Heady Fwends
Está online o disco The Flaming Lips and Heady Fwends, lançado no Record Store Day deste ano em formato duplo reunindo parcerias com Nick Cave, Lightning Bolt, Bon Iver, Chris Martin, Tame Impala, Yoko Ono, Erykah Badu, Neon Indian, Ke$ha, Prefuse 73 e a banda cult Lightning Bolt (na balada psicotrópica I’m Working at NASA on Acid, veja o clipe). Você também viu o vídeo psycho-erótico do Flaming Lips com New Fumes para a faixa Girl, You’re So Weird nas Tracks 39.

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

Wild CubStraight No Turns
Indie rock com levada disco-funk? Mais ou menos por aí…

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

The Mountain GoatsCry For Judas
A banda The Mountain Goats liberou Cry For Judas, um rock tradicional adornado por trompete que está no disco Transcendental Youth, marcado para 02 de outubro.

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

POND Moth Wings
O clipe WTF! da semana, óbvio, vai pra essa coisa bizarra do POND. Mas Moth Wings, faixa da banda que é projeto paralelo do Tame Impala, é legal.

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

Blonds - Time
Lindíssima balada indie, com bateria cadenciada, guitarras contemplativas, vocal de veludo e climinha sinfônico. O duo Blonds tá podendo! O disco The Bad Ones sai no dia 07 de agosto.

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

Beach HouseWishes
Wishes ao vivo, no Late Night With Jimmy Fallon, ficou incrível. Delicadeza pop.

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

Beck - Sound Shapes
Saiu há dias um vídeo sobre o game Sound Shapes com trechos de Cities, uma das três faixas do Beck para o jogo. As outras são Touch the People e Spiral Staircase. No vídeo, Steve Wilson, do coletivo de arte Pyramid Attack, fala sobre a criação de personagens a partir das músicas compostas pelo norte-americano. Saiba mais sobre o game para PlayStation 3 e PlayStation Vita aqui

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

Nirvana - Heart-Shaped Box (Lana Del Rey cover)
Lana surpreendeu o público de seu show de ontem no Enmore Theater, em Sydney, ao fazer um cover Heart-Shaped Box, do Nirvana. Arriscado, hein? O resultado? Ela amaciou a música, que segue de partir o coração. Mas o som ficou bem meloso. Fãs do Nirvana vão odiar!

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

Eletrônica

Le1fWut
O Le1f é provavelmente uma das grandes surpresas do ano até agora. Em Wut, o MC gay manda ver um rap afro-american com acento grave, pesadas doses de humor, afetação e carga sexual. À base de electro underground hip hop, Miami bass e funk carioca, o rapper sintetiza MC Hammer, Tricky, Grace Jones, Nicki Minaj, Santigold, M.I.A. , Azealia Banks e Diplo. O som é ótimo e a direção do clipe abusado é de Sam Jones.

O mixtape de estreia, Dark Yorkd, é bem mais experimental. Faz uma linha mais left-field hip hop, experimental, com boas trilhas inspiradas por indie electronic e 2step underground.

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

Crystal CastlesPlague
Saiu nesta semana a versão oficial do novo single do Crystal Castles. Como sempre, os canadenses mandaram bem. Dark synthns etéreos, sufocantes, from hell. Você escutou uma versão ao vivo de Plague, um pouco mais pesada, nas Tracks 45, em junho. Naquela época, a gente ainda não sabia o nome do som. A faixa estará no próximo álbum do duo, ainda sem nome e data.

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

SSIONFeelz Good Forever
O performático SSION já lançou vários vídeos malucos, sempre com estética forte marcada por passadismo kitsch new wave, ironia bizarra e paródia gay andrógena. No clipe de Feelz Good Forever, efeitos primários de edição e composição de imagens em altíssima velocidade enquadram uma faixa disco-punk maneraça. O som alterna momentos calmos e sufocantemente etéreos com beats sujos e pesados. A trilha delirante contrasta bem com o vocal afetado do cantor. A faixa está disco BENT. Epiléticos, mantenham distância!

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

SBTRKTGloss
Nesta curta faixa, SBTRKT (aka Aaron Jerome) desconstrói o jungle ao sequenciar beats quebrados em baixa rotação com apoio de percussão sintética, como no caso do xilofone.

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

Bloquinho Remix

Birdy Nam NamGoin’ In (Skrillex “Goin’ Hard” Mix)
Skrillex turbinou Goin’ In, do Birdy Nam Nam, injetando dubstep testosteronizado no som. Ficou Goin’ Hard! Matou a pau!

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

Nine Inch NailsSurvivalism (Deadmau5 remix)
Deadmau5 baixou o tom e deu groove ao industrial rock Survivalism, lançado pelo Nine Inch Nails no álbum Year Zero em 2007. A faixa ainda está pesada, mas ganhou um novo sentido.

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

The xxAngels (Mirrors remix)
A delicada Angels, do xx, ganhou uma versão um pouquinho diferente no remix de Mirrors. Ouça a original aqui.

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

Tomas BarfodDon’t Understand (Abstraxion Remix)
Há algo trance no remix do Abstraxion para a faixa Don’t Understand, de Tomas Barfod. Tipo loops transcendentais constantes de beats e vocais em direção ao cosmo químico. Mas tá mais pra bedroom electronic do que para as pistas. É, o gênero mais popular (pra playboylândia) e o mais rejeitado (pelo hypeland) do mundinho eletrônico também tem coisa boa.

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

Noel Gallagher’s High Flying BirdsAKA…What A Life! (The Amorphous Androgynous Remix)
Esse remix over extended do Amorphous Androgynous saiu faz tempo. Simplesmente esqueci de postar. Talvez porque seja meio palha. O som está no single Everybody’s On The Run. Você já tinha escutado um remix do Amorphous para a faixa Shoot a hole into the Sun em fevereiro.


¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

Tracks: #1, #2, #3, #4, #5, #6, #7, #8, #9, #10
Tracks: #11, #12, #13, #14, #15, #16, #17, #18, #19, #20
Tracks: #21, #22, #23, #24, #25, #26, #27, #28, #29, #30
Tracks: #31, #32, #33, #34, #35, #36, #37, #38, #39, #40
Tracks: #41, #42, #43, #44, #45, #46, #47, #48, #49

Tracks Volume #45

22 de junho de 2012 0

BeirutThe Rip Tide
A bela canção The Rip Tide, com bateria quase marcial, letra melancólica e harmonia introspectiva, é a faixa título do disco lançado pelo Beirut em 2011. O clipe assinado por Houmam Abdallah acaba de sair. Mostra um barco em alto mar, sem capitão, deslizando sobre ondas em alusão à letra da canção. A surpresa, de uma beleza pictórica marcante, ficou para a parte final do clipe.

Ao lançar o vídeo, o músico Zach Condon, líder da banda de folk alternativo e indie rock, divulgou um texto no qual disse que sempre sentiu necessidade de um clipe que exprimisse toda a “ambição musical” de The Rip Tide. Como poucas imagens são tão naturalmente poéticas quanto um barco navegando em alto mar, acho que Abdallah atingiu a meta de Condon. Em fevereiro, Beirut lançou o clipe de Vagabond, que também ganhou destaque no Volume. Veja nas Tracks 33.

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

Dirty ProjectorsDance For You
Singela balada lírica indie, baseada em guitarras, palmas e batera, do novo disco do Dirty Projectors, Swing Lo Magellan, marcado para 10 de julho.

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

Future Of WhatBack To The City
Doce e cristalino dream pop melódico da banda Future Of What. O som está no EP de estreia do grupo, Moonstruck, previsto para 26 de junho.

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

AncestorsRunning in Circles
Pós-rock pegado, com linhas de guitarra e bateria bem estudadas, e claras influências de heavy metal, rock progressivo e psicodelia. A banda de Los Angeles rotula seu som como “psychedelic prog-rock”. Running in Circles está no novo disco dos californianos, In Dreams And Time.

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

Beach BoysThat’s Why God Made the Radio
Legal, bonitaço, linda homenagem, mas muito fake. Leia sobre o lançamento do novo disco da banda neste link.

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

Eletrônica

ZambriAll You Maybes
All You Maybes é um electro-goth sintético industrial do álbum House Of Baasa, do Zambri. O clipe de Johnny Woods é um dos mais legais do ano. Aposta tudo em computação gráfica primária (ou wannabe) para criar uma história mística, cheia de efeitos, distorções, sobreposições, focos alterados e cores chapantes. Psicodelia dark side forte.

Você escutou Hundred Hearts, também do disco House Of Baasa, nas Tracks 39.

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

BaioSunburn Modern
O som é ótimo, eletrônico percussivo, e o vídeo, genial. Clipe WTF! da semana.

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

Crystal Castles – sem título
Disco inferno esse novo som do Crystal Castles! O trecho dessa faixa, ainda sem nome, foi gravado no Parklife Festival, em Manchester. É pesado, claustrofóbico e fantasmagórico. Massa.

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

YeasayerHenrietta
Há dias, o Yeasayer lançou o viajandão clipe de Henrietta, um dance pop psicotrópico sintético, de alma trip hop, batida uptempo e alma dub climática. O som você já escutou nas Tracks 42. A faixa é do disco Fragrant World.

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

El Perro Del MarInnocence is Sense
Neste single, a artista sueca Sarah Assbring, que também atende por El Perro Del Mar, deixa de lado o esquema lounge/indie lo-fi do disco Love Is Not Pop e aposta em indie beats e witch house. Lembra muito a também sueca Fever Ray.

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

The MynabirdsBody Of Work
Ótimo som indie pop dançante, solar, cheio de groove, percussão e calor da banda The Mynabirds. O vocal gostoso da cantora e compositora Laura Burhenn tem tonalidades que sugerem um híbrido maluco de Sioxsie e Lana del Rey. O som, no entando, está longe de uma ou de outra. Body Of Work é do disco GENERALS, que saiu depois do debut What We Lose In The Fire We Gain In The Flood.

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

ZuluKwame e I.N.C.L.E.H.
Tribal beats, bass roots e deep house feelings nesses dois sons maneros Kwame e I.N.C.L.E.H., do produtor britânico Zulu. África para inglês ver, mas não ficou ruim.

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

SINAHNobody Knows
A faixa Nobody Knows, da cantora inglesa SINAH, é um jazzy eletrônico uptempo experimental. É legal, mas não chega a impressionar.


¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

#ficadica @MarcosTesser

D E N ACash, Diamond Rings, Swimming Pools
D E N A é uma búlgara que já fez algumas participações nos álbuns do The Whitest Boy Alive e chegou a lançar os singles Boyfriend e Games, que são bem morninhos. Porém, Cash, Diamonds Rings, Swimming Pools parece ter acertado em cheio o gosto de vários blogueiros mundo afora. Ela está ganhando bastante reconhecimento com seu som, que parece uma mistura de M.I.A. com Friends.

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

Bloquinho Remix

RAC – Hollywood feat. Penguin Prison (The Magician Remix)
Bem pop, mas bem bom esse remix de The Magician para Hollywood, o som de André Anjos (aka RAC) lançado em parceria com Penguin Prison. Você viu o clipe de Don’t Fuck With My Money, do Penguin Prison, nas Tracks 21.

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨


Gossip – Move In The Right Direction (CSS Remix)
Remix farofa de Move In The Right Direction, assinado pelo CSS para o Gossip. Se diferencia muito pouco do som original (você escutou e viu o clipe aqui). CSS já dá sinais da falta que Adriano Cintra faz?

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

Little BootsHeadphones (Dimitri From Paris Extended Remix)
Outro remix inocente, que só contribui com algo realmente novo em relação à música original a partir dos 5min, basicamente o momento em que o single de Little Boots ‘acaba’ e Dimitri from Paris ‘assume’.


¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

Tracks: #1, #2, #3, #4, #5, #6, #7, #8, #9, #10
Tracks: #11, #12, #13, #14, #15, #16, #17, #18, #19, #20
Tracks: #21, #22, #23, #24, #25, #26, #27, #28, #29, #30
Tracks: #31, #32, #33, #34, #35, #36, #37, #38, #39, #40
Tracks: #41, #42, #43, #44

Howler detona o rock’n’roll em Porto Alegre

27 de fevereiro de 2012 0

Howler detonou o rock’n’roll sábado à noite em Porto Alegre. Os moleques norte-americanos subiram ao palco do Beco sem nenhum alarde, tomaram posições, assumiram seus instrumentos e começaram o show com America após uma longa afinação/introdução.

Com músicas curtas, variando entre baladas ruidosas e rocks mais pegados, a banda de Minneapolis se mostrou mais pesada ao vivo do que em disco, tentando tanto legitimar uma identidade própria quanto criar um descolamento das inconfundíveis referências sonoras que carrega.

Seja como for, as canções da banda são como homenagens declaradas ao legado de Jesus and Mary Chain (Told you once, Back to the grave, America), My Bloody Valentine (Too Much Blood, Free Drunk) e Strokes (Wailing – Making Out, Black Lagoon) por meio de surf e 50’s rock (Beach Sluts, Back of your neck), garage/hardcore (This One’s Different) e pós-punk/psychobilly (Pythagorean Fearem).

Apesar da guitarreira furiosa e da bateria galopante quase sempre presentes, há melodia pop simples e vigorosa em todas as músicas. E, se a banda não se diferencia por ter um som absolutamente original, ganha muitos pontos por ser visceral e totalmente contagiante.

No show, o vocal rasgado de Jordan Gatesmith (um híbrido de Joey Ramone, Jim Reid e Julian Casablancas), a guitarra de Ian Nygaard e a bateria de Brent Mayes, que nos momentos mais intensos lembra o poderoso Gary Powell, ex-batera do Libertines, são os pontos fortes da banda.

A noite abriu com o show de volta dos caras da Stratopumas. Animadíssimos, lascaram um rock autoral, tendo momentos guitar pop alternados com um garage mais agressivo – também com traços psycho. Se o vocal abafado prejudicou o entendimento das letras, o encerramento do show com Exorcismo e Anormais #2 e a jam catártica final deixaram uma ótima impressão sobre a nova fase da banda.

Ao final da apresentação da banda gaúcha, o vocalista dos Pumas, Thiago Peduzzi, ao mesmo tempo previu e resumiu a noite com apenas uma expressão: rock’n’roll!

>>>>> Mais Howler aqui

Ouça Seven Stars, a nova do Air

06 de dezembro de 2011 0

O Air liberou Seven Stars, faixa do novo disco Le Voyage Dans La Lune que tem vocal de Victoria Legrand, do Beach House. Com base em piano, a música tem bateria galopante, quase marcial, e uma leve referência a Daft Punk fase Discovery, além de vocais atmosféricos. Mesmo assim, é puro DNA Air.

Há poucos dias, publiquei no site da Itapema algumas informações sobre Le voyage dans la lune. No álbum, Nicolas Godin e Jean-Benoit Dunckel reúnem composições criadas especialmente para o curta-metragem francês Viagem à Lua, lançado em 1902 por Georges Méliès. O curta mudo tem 16 minutos de duração e foi baseado nos livros Da Terra à Lua, de Julio Verne, e Os primeiros homens na Lua, de H.G. Wells. A obra é considerada o primeiro filme de ficção científica da história do cinema.

Em comunicado à imprensa, Godin explicou que Le voyage dans la lune é mais orgânico do que a maioria dos projetos anteriores do Air, e que o duo francês queria que o disco soasse como se tivesse sido feito à mão, como os efeitos especiais de Méliès. Tudo foi tocado ao vivo.

Além de Victoria Legrand, o disco tem colaboração do trio Au Revoir Simone na faixa Who am I now?Le Voyage Dans La Lune será lançado em fevereiro de 2012.

Ouça Seven Stars abaixo ou no site do NME.