Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Resultados da pesquisa por "Gui Boratto"

Creamfields Brasil terá Erick Morillo, Above & Beyond e Gui Boratto

13 de dezembro de 2010 0

O Creamfields Brasil 2011 será realizado no dia 22 de janeiro em Jurerê Internacional, Floripa, com Erick Morillo, Above & Beyond, Gui Boratto e mais. Os Ingressos começam a ser vendidos nesta segunda-feira (13).

Veja o line up:

Erick Morillo (COL)

Above & Beyond (ING)

Hernan Cattaneo (ARG)

Loco Dice (ALE)

Etienne de Crecy Live (FRA)

Guy Gerber (ISR)

Gui Boratto (BRA)

Raresh (ROM)

Anderson Noise (BRA)

Felguk (Live) (BRA)

Southman (URU)

Soundexille (ARG)

Deep Mariano (ARG)

Ask 2 Quit (BRA)

Hands Up (BRA)

House of Jazz (BRA)

Du Serena (BRA)

Cromo Audio (DJ Rodrigo Ferrari + VJ Spetto) (BRA)

Os ingressos para a edição brasileira do maior festival de música eletrônica do mundo começam a ser vendidos nesta segunda-feira (13) pelo site www.blueticket.com.br ou nas lojas HP nas cidades de Caxias do Sul (RS), Curitiba (PR), Florianópolis (SC), São Paulo (SP) e Porto Alegre (RS).

SERVIÇO:

CREAMFIELDS BRASIL 2011

Data: 22 de janeiro de 2011

Horário: 15h às 6h

Local: Music Park – Rod. Mauricio Sirotsky Sobrinho, 2.500, KM 1,5 – Jurerê Internacional – Florianópolis – SC

PREÇO:

Ingresso – Pista – 1º Lote* – A partir de 13 de dezembro de 2010

R$ 50,00 feminino

R$ 70,00 masculino

Ingresso – Pista – 2º Lote*

R$ 65,00 feminino

R$ 90,00 masculino

Ingresso – Pista – 3º Lote*

R$ 80,00 feminino

R$ 120,00 masculino

Ingresso – Camarote Sidestage Standing – 1º Lote* – A partir de 13 de dezembro de 2010

R$ 150,00 feminino

R$ 200,00 masculino

Ingresso – Camarote Sidestage Standing – 2º Lote*

R$ 180,00 feminino

R$ 250,00 masculino

Ingresso – Camarote Sidestage Standing – 3º Lote*

R$ 200,00 feminino

R$ 300,00 masculino

Ingresso – Camarote Mesas – Lote Único

R$ 6.000,00 a R$ 15.000,00

Na hora sujeito à disponibilidade.

* Esgotado um lote, inicia-se automaticamente a venda do seguinte com o novo preço, independente da data previamente estabelecida. Nos pontos de venda credenciados, somente em dinheiro. Vendas online pagamento via cartão de crédito ou boleto. O evento não se responsabiliza por ingressos comprados fora dos pontos credenciados. Evite prejuízos, não compre ingressos falsos de cambistas. Preço sujeito à alteração.

VENDA ONLINE

Blue Ticket www.blueticket.com.br

(48) 4062-0065

PONTOS DE VENDA

Balneário Camboriu

Multisom – www.multisom.com.br

Postos Brava

Blumenau

Multisom – www.multisom.com.br

Caxias do Sul

HP Store – Shopping Iguatemi

Criciuma

Multisom – www.multisom.com.br

Curitiba

HP Store – Shopping Estação

Multisom – www.multisom.com.br

Florianópolis

Music Park – Jurerê Internacional

HP Store – Av. Madre Benvenuta, n°687 – Bairro Santa Mônica – Lojas 260/271

Mormaii – Lagoa

Mormaii – Ingleses

Multisom Shoppings Beiramar

Multisom Iguatemi

Multisom Floripa

Multisom – Rua Trajano

Multisom – Rua Felipe Schmidt

Itajaí

Multisom – www.multisom.com.br

Postos Brava

Itapema

Multisom – www.multisom.com.br

Joinville

Multisom – www.multisom.com.br

Jaraguá do Sul

Multisom – www.multisom.com.br

Palhoça

Multisom – Shopping Via Catarina

Porto Alegre

HP Store – Shopping Iguatemi

Multisom – www.multisom.com.br

São José

Multisom – Shopping Itaguaçu

Multisom – Av. Pres. Kennedy

São Paulo

HP Store (R. Olimpiadas, n°360, loja 402)

HP Store (Av. Regente Feijó, n°1739, lojas 23/24)

Gui Boratto tocará em POA no dia 11

10 de setembro de 2008 4

Divulgação

O produtor de música eletrônica paulista Gui Boratto abrirá as comemorações de aniversário da República de Madras, em Porto Alegre, no próximo dia 11, dentro da Beutiful Life Party.

O arquiteto trabalha com música desde 93, mas foi após o lançamento do álbum Chromophobia, em 2007, que ele conseguiu destaque e reconhecimento mundial. Ouça uma faixa do músico abaixo.

Gui é bombadíssimo no exterior. Ele faz parte do selo alemão Kompakt, que garantiu sua participação em vários festivais e clubes gringos, e já trabalhou com os selos K2, Audiomatique, Harthouse e Plastic City.

 Beautiful Life – First Version 

E, como dissemos aqui há algum tempo, no dia 25 deste mês Madras traz a POA o DJ Armin van Buuren, considerado número 1 do mundinho eletrônico atualmente.

Postado por Danilo Fantinel

DJ Larry Tee ama funk, CSS e Gui Boratto

19 de maio de 2008 2

Reprodução
O DJ de electro Larry Tee é um dos mais importantes do mundo. O cara já veio algumas vezes ao Brasil, mas só agora tocará em Porto Alegre. O set vai rolar na festa de 3 anos da Orgasmo, neste dia 21 (véspera de feriado), no NEO.

Em entrevista exclusiva por e-mail realizada nesta sexta-feira, Larry disse que cunhou o termo “electroclash”, falou sobre o caráter político do electro e disse que ama baile funk, CSS e Gui Boratto. Além disso, comentou quais bandas estão bombando em NY hoje!

No final, ele ainda mandou um recado para fãs e artistas em geral, principalmente aqueles que abusam dos químicos: não é preciso usar drogas para fazer festa e criar arte.  

 
































Seu nome é totalmente relacionado ao nascimento do electroclash de NY – ou ao renascimento do electro, se você preferir – no início dos anos 2000. Podemos dizer que hoje o electro é um gênero mainstream? Todos amam electro… criam músicas, produzem faixas e fazem remixes de electro …


Eu criei o termo “electroclash” e ajudei a popularizar o som. Eu amo o fato de o electro ter se tornado uma influência na música contemporânea. A música eletrônica precisava de liberdade para compor canções e se opor à música eletrônica instrumental do final dos anos 90. Além disso, a música medíocre dos anos 90 também precisava da atitude rock que muitas estrelas do electro inicial tinham. O electro deu um rosto à dance music, que estava precisando de um.


Você acha que o electro tem algo a ver com o atual momento do mundo e da sociedade global? Electro é tão frio e egocêntrico de certo modo… E as pessoas parecem cada vez mais distantes umas das outras…


Pelo contrário, acho que a música te permite se colocar em qualquer linguagem… algumas são cool e destacadas, como a cultura contemporânea, e outras não. Na verdade, acho que os primeiros grupos de electro eram muito políticos e discutiam muitos temas de hoje. Chicks on Speed falou sobre economia global, Fischerpooner era, algumas vezes, uma paródia de Hollywood e da cultura de TV, e havia muitas meninas e gays envolvidos sem preconceito… era uma cena política muito saudável. Sinto que grupos como Crystal Castles, MGMT e Justice dão continuidade à música que significa algo… não tenho certeza o que, exatamente, mas isso nem sempre é ruim.


Electro tem muitos gêneros hoje. Os mais populares no Brasil são o electro rock (discopunk) e o electro funk. Quais a vertentes que você mais gosta? E o que há de novo em NY?


Eu AMO o que Brasil fez com o electro, desde o baile funk até CSS e Gui Boratto. Em New York, e especialmente no Brooklyn, grupos como Hercules and Love Affair, The Glass, MGMT, Rocky Cotton Tail, Purple Crush e Drop the Lime estão sob influência do electro e criando novas coisas que eu adoro!! Esses caras adicionam rock, pop, punk, disco e punk para criar seu próprio som. O grande lance é esse: todo mundo tem seu próprio som.


E sobre música brasileira? O que você tem escutado??


A bandas citadas acima e também Tati (Quebra-Barraco)!! Me disseram que CSS está tocando meu novo single, I Love U em seus shows. O vocal é de uma menina de sete anos. Veja meus vídeos no youtube.com.


O que você está planejando tocar no Brasil? Algo especial para Porto Alegre, já que é sua primeira vez na cidade??


É claro que eu vou ter que esperar para ver Porto Alegre antes de decidir o que tocar. Eu sempre toco coisas novas e NUNCA o mesmo set duas vezes. Isso seria chato para mim. Confira myspace.com/nylarrytee para ver datas no Brasil e alguns vídeos, como o novo Licky, com Princess Superstar!


Onde você está agora e quando chegará ao Brasil?


Estou no maior evento beneficente para vítimas de Aids em Viena, chamado Life Ball. Eu escrevi a música tema neste ano. Debbie Harry, Kim Catrall, de Sex in the City, Amanda Lapore, Chicks on Speed, Alan Cummings e muitas outras celebridades estão aqui!


Gostaria de dizer algo mais ou mandar algum recado?


Sim: você não precisa se detonar para fazer boa arte! Eu sempre achei que era legal ficar louco de drogas a todo momento e que isso era ser rebelde. Agora, após 11 anos sóbrio, eu percebo que posso fazer festa até mesmo mais louco sem drogas ou álcool. Dito isto, digo também que AMO viciados… eles são a minha galera. É apenas bom que saibam que existem encontros de alcoólatras e narcóticos anônimos , heheh! Gostem de MIM!!!!!


 


Acima, Larry, Perez Hilton (de xadrez) e a electrobitch Peaches (ao centro) com amigos.

E veja abaixo a versão original de I LOVE U e a bombadíssima Licky, assinada por Larry e Princess Superstar. Mais som no MySpace de Larry.

I LOVE U

Larry Tee ft Princess Superstar – Licky – Low rmx)


 


Depois de Porto Alegre, onde tocará com Kahara, Schutz, E-Flux e Landosystem, Larry passará por BH (dia 23), São Paulo (24) e Brasília (30).


 


>>>>> Site oficial
>>>>> MySpace

Postado por Danilo Fantinel

Sónar São Paulo 2012 terá transmissão ao vivo

09 de maio de 2012 0

O Youtube e a MTV transmitirá ao vivo os principais shows do Sónar São Paulo 2012 neste final de semana, nos dias 11 e 12 de maio. Oba! A edição paulista é a maior realizada fora da Espanha, com 48 artistas, sala de cinema e debates sobre arte e tecnologia.

A etapa brasileira desse que é um dos principais eventos de música do mundo terá shows de Kraftwerk (substituindo Björk), Cee Lo Green, Justice, Chromeo, Mogwai, James Blake, Squarepusher, Modeselektor, Jeff Mills, Four Tet, Austra, Flying Lotus, além dos brasileiros Gui Boratto, Marky, Patife, Criolo, Emicida, The Twelves, Zegon, M.Takara e do meu amigo Tahira, entre outros.

O lance rola na TV e no site. No dia 11, terá início às 19h. No dia 12, a programação começa às 16h. Saiba mais no site oficial. E a MTV tá fazendo um aquece. Veja aqui.

Tracks Volume #41

04 de maio de 2012 0

White MysteryRapid Overdrive
O duo ruivo e ruidoso White Mystery liberou o clipe de Rapid Overdrive, furiosa faixa do EP People Power (Sea of Infamy). O garage rock dos irmãos de Chicago tem pegada punk, guitarra irada, bateria explosiva e vocal rasgado. O som é sujo, metálico e urgente, bem do tipo que a gente curte. E o clipe? A animação em stop motion criada por Penelope Gazin é uma das coisas mais legais já feitas neste ano. Novamente, o clipe WTF! da semana é também o vídeo de destaque das Tracks. O outro foi Girl, You’re So Weird, do Flaming Lips (veja aqui).

Escute o EP. Imperdível!

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

BronchoI Don’t Really Want To Be Social
Meu, dá pra acreditar nisso? Hahahah! Muito bom!

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

DeerpeopleUlysses
Arcade Fire encontra Vampire Weekend?

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

Caged AnimalsThis Summer I’ll Make It Up To You
Especialista em psycho-indie pop, o duo Caged Animals volta com essa faixa simpática e solar, do EP This Summer.

Você viu o clipe de All The Beautiful Things In The World nas Tracks 28 e o vídeo WTF! da música Piles Of $$$ nas Tracks 23.

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

TennisMy Better Self
Indie pop com açúcar. A faixa está no disco Young And Old. A banda toca no Beco, em Porto Alegre, no dia 19/05 (veja aqui).

Tennis já apareceu aqui no blog. Veja o clipe de Deep in the Woods nas Tracks 24.

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

ViolasGwymon
A banda de Cardiff tem bons riffs de guitarra, que vão equilibrando elementos de puro indie britânico com traços mais pop. O resultado é bom.

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

Neneh Cherry & The ThingAccordion (Madvillain/MF Doom cover)
A cantora norte-americana de rap/pop/R&B Neneh Cherry liberou esse clipe legal para o cover de Accordion. Jazzy dissonante e conturbado, com bateria quebrada, baixo sufocante e sax convulcionado. O vocal segue a mesma linha, com personalidade, e o vídeo com câmera noturna dá um clima bizarro pro lance todo.

Há algum tempo ela tinha lançado a igualmente experimental Dream Baby Dream:
O novo disco The Cherry Thing sai dia 18 de junho. No final de abril, Buffalo Stance, gravada por Neneh Cherry em 1989, ficou em 7º lugar na lista das 100 melhores da década de 1980, à frente de In Between Days, do The Cure. Veja aqui.

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

Eletrônica

M.I.A.Come Walk With Me
Saiu um teaser mucho loco de um som que seria pro novo álbum da M.I.A., Matangi. Techno tribal trash em grau máximo.

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

Slow Magic – ▲
O Slow Magic lançou o álbum ▲, um conjunto de músicas entre o dreamwave e trip-house espacial em que nebulosas etéreas alternam posições com nuvens sônicas e vácuos sonoros.

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

TheoishRoobios
Easy listening eletrônico delicado, com baixo cool e bateria idem, safra 2000.

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

Vir.Us @ Cafe De La Musique
Neste sábado, rola show do projeto robótico Vir.Us, dos DJs JZK e Francisco Angelini, no Cafe De La Musique, em Porto Alegre. O lance é de alta tecnologia. O set terá touch screens transparentes e mapeamento de vídeo. Cool. Veja fotos, um teaser e escute o som abaixo. Mais no site oficial neste link:


¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

Bloquinho remix


Gui BorattoThis Is Not The End (Michael Mayer Remix)
Neste remix que acaba de sair, Michael Mayer tira This Is Not The End do transe tech house elaborado por Gui Boratto em seu disco III (de 2011) e coloca a faixa em um estado de espírito mais festivo. Perfeito pro chill in. Escute o som original aqui e a revisão de Michael Mayer abajo.

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

Night WorksI Tried So Hard (NZCA LINES Remix)
NZCA LINES deu alma para I Tried So Hard, faixa da banda Night Works, neste remix que acaba de lançar. Beats recortados em um padrão drum’n’bass bem leve, aquecidos por jazzy new R’n’B e mellow music. Bom pra namorar. Ouça o som original aqui.

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

Chet FakerNo Diggity (Blackstreet Cover)
Mais um pouquinho de jazzy new R’n’B no cover (e não remix) do australiano Chet Faker para No Diggity, do rapper Blackstreet. Ele muda completamente o som e cria uma clima downtempo sexy. A faixa estará no EP Thinking In Textures, agendado para 22 de maio.


Tracks: #1, #2, #3, #4, #5, #6, #7, #8, #9, #10
Tracks: #11, #12, #13, #14, #15, #16, #17, #18, #19, #20
Tracks: #21, #22, #23, #24, #25, #26, #27, #28, #29, #30
Tracks: #31, #32, #33, #34, #35, #36, #37, #38, #39, #40

Tracks Volume #14

16 de setembro de 2011 0

WATERSFor The One
Van Pierszalowski, ex-Port O’Brien, solta a garganta e detona a guitarra na nova banda WATERS. Indie rock agressivo, mas ainda assim com melodia. White noise no talo! Bom pra quem curte Pavement. O disco Out In The Light sai dia 20 de setembro. Mais sobre a banda no site ou neste link

WATERS – “For The One” from stereogum on Vimeo.

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

Arctic MonkeysSuck It And See
O baterista Matt Helders faz o bad boy no novo clipe da banda.

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

James BlakeNot Long Now
Novo som do James Blake, que estará no EP Enough Thunder (sai dia 10 de outubro), ao lado da faixa Fall Creek Boys Choir (uma parceria com Bon Iver, veja a outra aqui), A Case Of You (cover de Joni Mitchell) e mais duas. Melancólico-eletrônico similar aos EPs anteriores e ao disco de estreia. Mais James Blake aqui.

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

Cut CopyBlink And You’ll Miss A Revolution
Que o Cut Copy vem pra POA você já sabe. E o teaser do clipe da nova música, Blink and You’ll Miss The Revolution, você já viu aqui. Agora, abaixo, a íntegra. A faixa está em Zonoscope.

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨


PlanningtorockLiving It Out
Essa faixa de Janine Rostron, que assina como Planningtorock, tem uma trilha electro-disco nervosa, com beats sequenciais constantes, mas é aliviada por um sampler incrível de violino/celo. O vídeo criado por Janine, gravado na efervescente Berlin, tem um senso criativo aguçado no que diz respeito à imagem, edição, cor, luz, figurino… Não é possível embedar, então veja neste link.

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

Joe Goddard
O integrante do Hot Chip fez um set legal pra série Radiomix, do selo DFA. Tem Kyle Hall, Matias Aguayo, Blawan, Omar-S e mais.

Joe Goddard dfa radiomix #19 by DFA Records

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

NursesTrying To Reach You
Letra bem sacada, música bem-humorada, leve, com vocais harmônicos, carga pop e bases sintéticas ecoando hip hop, mas numa levada mais indie eletrônica. Um som diferenciado, que lembra as singelas canções eletro-infantis (no melhor dos sentidos) de Looper. O disco da banda se chama Dracula.

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

MGMTAll We Ever Wanted Was Everything (Bauhaus)
Foi liberado o cover de All We Ever Wanted Was Everything, do Bauhaus, gravado pelo MGMT para a série de álbuns Late Night Tales, que será lançado dia 03 de outubro. O duo já trabalha no sucessor do fraquinho Congratulations (2010).

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

The Dead LeavesHarm
The National encontra Interpol neste som da banda The Dead Leaves.
Próximo!

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

Medialunas – show em NH e em POA
O duo composto por Andrio Maquenzi (ex-Superguidis) e Liege Milk (Loomer e Hangovers) se apresenta hoje no bar da Pedro Adams Filho, esquina com João Pessoa, em Novo Hamburgo, poucos dias após o show de estreia em São Paulo. Ingressos a 8 até a meia-noite, 15 depois. Eles também tocam na Noite Senhor F, dia 25 de setembro, no Opinião, em POA, com El Mato A Um Policia Motorizado (banda indie argentina) e Cruz (formada por paulistas radicados em Los Angeles). Saca o som do Medialunas:

Slo-Mo Dancer by medialunas

Medialunas – Chunby by medialunas

Mais faixas no SoundCloud.

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

Dj MehdiSignatune
O DJ francês morreu nesta semana depois que o teto de sua casa cedeu durante uma festa. Mehdi colaborou com Daft Punk, Asian Dub Foundation e Chromeo e era do casting do Ed Banger Records ao lado de Justice, SebastiAn e Cassius. Abaixo, sua faixa mais conhecida, editada por Thomas Bangalter, do Daft Punk:

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

Bloquinho Remix

Gui BorattoUnfinished Sympathy (Massive Attack Remix)
O produtor eletrônico brazuca mais importante do mundo hoje liberou essa mix tape de mais de uma hora pra DJ Mag. Tem remix manero de Unfinished Sympathy, do Massive Attack. O novo disco dele, III, saiu dia 11 de setembro. Veja no site dele. E se quiser ouvir só o remix pule direto pros 36 minutos do áudio.

DJ Weekly Podcast: 54 Gui Boratto by djmag

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

The Good NaturedWolves (Crystal Fighters Remix)
Percussão e beats na visão da banda Crystal Fighters, composta por britânicos e espanhóis, para a música Wolves, do Good Natured.

Aproveita e confere esse clipe genial do Crystal Fighters:

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

Little DragonSeconds (Syd The Kid Remix)
Syd The Kid injeta elegância e sedução neste remix para a banda sueca Little Dragon. Fica no repeat por horas.

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

Mint JulepAviary (Mogwai Remix)
A revisão que Mogwai fez sobre a música Aviary, da banda ambient Mint Julep, é cósmica. Bases de sintetizadores e linhas de guitarras sobrepostas, criando uma espécie de shoegaze eletrônico anestésico crescente. Imersão.

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

#ficadica @MarcosTesser

Melissa NkondaNouveaux Horizons
A mãe dela é da Argélia e o pai de Camarões, mas Melissa Nkonda cresceu na França. A guria, que nasceu em 1990, ficou conhecida ao participar de um reality show Nouvelle Star (espécie de American Idol francês), mas a fama só chegou depois que ela saiu do programa ao lançar o delicioso R&B Nouveaux Horizons. Mas te liga: Melissa chupou o início da música Handlenars, da banda Flobots

O último single da menina é J’Ai Fait Tout Ça Pour Vous, que conta com participação da poderosa cantora inglessa VV Brown.

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

> Tracks #1
> Tracks #2
> Tracks #3
> Tracks #4
> Tracks #5
> Tracks #6
> Tracks #7

> Tracks #8
> Tracks #9
> Tracks #10
> Tracks #11
> Tracks #12
> Tracks #13

Creamfields rola em janeiro de 2012 em Floripa

14 de julho de 2011 0

A edição 2012 do Creamfields, um dos maiores festivais de música eletrônica do mundo, rola dia 21 de janeiro em Florianópolis. Ainda não há informações sobre o line up.

Em 2011, também em Floripa, tocaram Erick Morillo (Colômbia), Loco Dice (Alemanha), Above & Beyond (UK), Guy Gerber (Israel), Raresh (Romênia), Gui Boratto e Anderson Noise, entre outros.

Em 2005, fui na edição que rolou em Buenos Aires. Foi animal. Prodigy, Audio Bullys, 2 Many DJs, David Guetta, Danny Tenaglia, Hernán Cattáneo, Paul Oakenfold, Kevin Saunderson e mais.

Entrevista: Moby

19 de abril de 2010 0

Divulgação

Um dos artistas mais controversos da música eletrônica, o norte-americano Moby volta ao Brasil para a turnê do disco Wait for Me, lançado no ano passado. O show em Porto Alegre será amanhã, no Pepsi On Stage. Ainda nesta semana, o Midas eletrônico se apresenta em Curitiba (21), São Paulo (23) e Rio de Janeiro (24).

Moby não virá sozinho. No palco, estará acompanhado por uma banda de sete pessoas para realizar um “grande show”, como ressaltou em entrevista por telefone diretamente de Nova York. O grupo deverá interpretar as faixas do novo álbum, além de clássicos espalhados por 22 discos (sendo 10 de estúdio) e dezenas de singles.

Parente distante de Herman Melville, autor do clássico Moby Dick, Moby tem uma vida peculiar. Tocava música clássica quando criança, teve uma banda punk na adolescência e estudou teoria musical e filosofia. Multinstrumentista, compositor, produtor e DJ, já foi muito pobre, morou em uma fábrica abandonada, tornou-se herói da resistência underground, virou ícone mainstream e agora trilha um novo caminho independente com seu selo Little Idiot Records.

Moby já participou de trilhas sonoras de filmes e de séries de TV (veja a tabela abaixo), remixou gente graúda, disse não a Axl Rose e à Madonna, criou festival de música, foi aclamado com o álbum Play e detonado por licenciar suas músicas para comerciais (algo comum atualmente, diga-se).

Mais do que isso, o nova-iorquino ajudou a consolidar a cena rave do final dos 80 e início dos 90 em uma época em que a acid house dividia espaço com um estilo melódico de techno, muito inspirado na house music em si, repleto de pianos e vocais de divas. Foi naquela época, em 1993, que Moby passou por Porto Alegre pela primeira vez.

Na entrevista abaixo, o músico relembra esta viagem, comenta o novo disco e diz que o próximo álbum será duplo, sendo um eletrônico e outro acústico.

Ouça a conversa:

Edição de som: Natália Cagnani

Wait For Me tem muitas músicas melódicas e sutis que o diferenciam de Last Night, disco de 2008 mais voltado à dance music. Como você define o espírito de um álbum? Você pensa nisso antes de compor músicas?

Às vezes sim. Em Last Night, eu queria muito fazer um tipo de álbum baseado em dance e em Nova York. Em Wait For Me, queria fazer algo mais calmo e pessoal, porque eu percebi que, mesmo gostando de muitos tipos de música, a que mais me diz algo é a mais pessoal, emocional e melódica.

Moby com David Lynch; Foto: Divulgação

Os vídeos do álbum foram feitos por amigos que tiveram controle criativo absoluto. David Lynch foi um deles. Como foi trabalhar com ele? Você gostou do resultado do clipe de Shot in The Back of The Head?

Sim. Ele é um dos meus cineastas preferidos. É um dos meus americanos favoritos. Depois de oito anos de George W. Bush havia momentos em que eu ficava muito deprimido com os Estados Unidos. E eu tinha que me lembrar que, por mais que os EUA possam ser ruins, ainda é a terra de Lou Reed e de David Lynch. Então, trabalhar com ele foi incrível. Amo quase todos os seus filmes. Fiquei muito honrado de trabalhar com ele.

Por falar em Lou Reed, você tocou Walk on the Wild Side com ele no South by Southwest em 2008. Como foi isso?

Lou e eu tocamos em muitos shows beneficentes e, com o passar dos anos, ficamos amigos. Uma das coisas estranhas em ser uma figura pública é conhecer meus heróis e trabalhar com eles. Enquanto crescia, era muito fã de Lou Reed, Velvet Underground, David Bowie, Joy Division. E, quando adulto, pude trabalhar com todos eles, o que ainda é muito incrível para mim (nota do editor: Moby tocou com New Order, ex-Joy Division).


Moby com Lou Reed e David Byrne; Foto: Divulgação

Você também trabalha como novos artistas, DJs e produtores como em Wait for Me Remixes, que será lançado em maio com faixas dos brasileiros Mixhell e Gui Boratto. Quando vocês entraram em contato e como você vê o trabalho deles?

Bom, Mixhell (Iggor Cavalera) eu conheço há algum tempo, pois sou fã do Sepultura. Nós já tocamos juntos em Nova York. E Gui Boratto eu conheci ouvindo seus discos e remixes. Gostei muito.

Eu gostaria de falar sobre Play, que é muito especial, pois faz referências a muitas vertentes da música eletrônica, como trip hop, big beat, house, techno, disco e também porque lida com hip hop, gospel, soul music e rock. Como você criou essa impressionante equação sonora?

Foi acidental. Quando estava fazendo o disco, tentava compilar vários elementos dos quais eu gosto. Não sei, eu misturei tudo no estúdio. Eu não pensava muito enquanto fazia.

Como você vê o impacto do seu primeiro hit, Go, na sua carreira?

Foi o que deu início a tudo para mim, porque eu nunca esperava ter um contrato com uma gravadora nem ter sucesso. E Go, por ter sido meu segundo single lançado e ter se tornado um grande sucesso, foi algo surpreendente. Isso me possibilitou ir adiante e fazer outros discos.

Você é conhecido por seu ativismo político, especialmente no que diz respeito aos direitos humanos e dos animais. Como você encara o governo de Barack Obama com relação ao Iraque e ao Afeganistão?

Acho que ele está fazendo um bom trabalho e é preciso lembrar que ele é um ser humano e um político, e não um super-herói. Claro, queremos que políticos façam tudo perfeitamente, mas não é assim que o mundo funciona. Especialmente com relação à natureza da política norte-americana, que pode ser muito lenta.

Mudando de assunto, em 1993 você esteve aqui tocando com Altern 8 na L&M Music, a primeira rave realizada no Brasil. Ocorreu em três cidades, incluindo Porto Alegre. Eu estive lá. O que você lembra?

Sim, lembro muito dessa viagem com Carlos Soul Slinger, que é brasileiro, sua namorada Mari, Altern 8 e muitas outras pessoas da cena rave de NY. Uma das minhas memórias estranhas foi uma noite em que subi no telhado de um hotel em Curitiba e fui picado por um inseto. Entrei em pânico achando que podia ser muito venenoso e que iria morrer.

O que você está planejando para esta nova turnê brasileira? Você terá uma banda no palco?

Sim, somos oito pessoas, com uma seção de cordas, duas vocalistas, baterista, guitarrista, tecladista… eu toco guitarra, teclado, percussão e canto. É um grande show.

Você tem planos para novo disco, vídeo ou algum projeto para o selo Little Idiot?

Vou lançar o single Wait For Me e o vídeo desta música, feito pela minha amiga Jessica Dimmock (nota do editor: já estão no site). Além disso, estou trabalhando no meu próximo disco, que eu quero que seja duplo, sendo um eletrônico e outro acústico e orquestral.

Você é músico, DJ, compositor e produtor que ama o rock. Você já teve uma banda de punk rock. Como se tornou uma das pessoas mais importantes da música eletrônica? O que aconteceu?

Quando eu era muito novo tocava música clássica, depois punk rock, folk. Adoro muitos tipos de música e nunca senti a necessidade de escolher um deles. O que sinto pela música é o mesmo que sinto por comida e pessoas. Eu amo gastronomia indiana, chinesa, tailandesa… Acho que a vida é mais interessante quando há diversidade e variedade.

Variedade é uma boa palavra, porque você também é dono de uma casa de chá em NY, não?

Eu tive. Ainda existe, mas eu não me envolvo há três anos porque prefiro me focar mais na música do que em ser um homem de negócios.

E como vai NY?

NY está ótima. Nunca muda. É sempre ocupada, cara, cheia de turistas. Mas é onde nasci, é minha casa, e é incrível.

Curiosidades:

O single Go foi eleito pela Rolling Stone um dos melhores de todos os tempos.

Remixou David Bowie, Metallica, Beastie Boys, Public Enemy e outros.

Fez mais de três mil shows.

Vendeu cerca de 20 milhões de discos.

Play vendeu nove milhões de cópias e teve uma turnê de 2 anos e 5 meses.

Já fez tour com U2, Prodigy, Richie Hawtin, Orbital, Aphex Twin e outros.

Criou The Area One Festival, com shows de John Digweed, Paul Oakenfold, Nelly Furtado, New Order, Outcast, Incubus e outros.

Trilha para cinema: Cecil B. DeMented, 24 Hour Party People, Fogo Contra Fogo, 007 – O Amanhã Nunca Morre, A Praia, O Diabo Veste Prada, Cloverfield, a trilogia Bourne e outros.

Trilha para TV: Twin Peaks, Arquivo X, Smallville, The Sopranos, CSI: NY, Cold Case, Gossip Girl, The Vampire Diaries.

Fornece faixas para filmes no site http://www.mobygratis.com/.

Liberou faixas de Wait for Me Remixes com Gui Boratto, Mixhell, Carl Cox, Tiësto e outros no http://waitformeremixes.com/


Fonte: moby.com

Vídeos:

Está rolando um concurso aberto a fãs para a criação de clipes para a música Wait For Me. Ana Rovati e Marisele Gzelchak, de Porto Alegre, fizeram um vídeo em stop motion. Foi tudo por conta delas. A pré-produção rolou durante uma semana e a gravação se deu em um dia. Veja aqui!

>>>>> Mais Moby

Postado por Danilo Fantinel

Veja o novo clipe do Moby

03 de junho de 2009 2

O vídeo de Pale Horses, música do novo álbum do Moby, Wait for Me, já está online. Uma animação ilustra a faixa, que tem vocais de Amelia Zirin Brown. O álbum sairá no dia 30 de junho.

O single Pale Horses será lançado no dia em 22 de junho, nos Estados Unidos, com remixes do brasileiro Gui Boratto e dos gringos Apparat, Ben Hoo, Davide Rossi e Jason Bentley.

Me deu sono…

E já viu o primeiro clipe do novo disco? Shot in the Back of the Head teve direção de David Lynch.

>>>>> Mais Moby aqui

Postado por Danilo Fantinel

Vídeos do Coachella 2009

20 de abril de 2009 3

Divulgação
O Coachella rolou neste final de semana em Indio, na Cailfórnia, Estados Unidos, tendo Paul McCartney (dia 17), Killers (18) e Cure (19) como headliners.

No primeiro dia, Morrissey, Franz Ferdinand, Leonard Cohen e Conor Oberst também foram highlights. No segundo, os outros destaques foram M.I.A., Thievery Corporation, Chemical Brothers e TV on the Radio. Ontem, My Bloody Valentine e Yeah Yeah Yeahs dividiram as atenções.

Durante seu show, Morrissey abandonou o palco em protesto contra parte da plateia, que estava comendo carne. Vegetariano convicto, ele ficou contrariado com o cheiro de assado. Minutos depois, voltou e seguiu sua apresentação dizendo: “O cheiro de animais queimados está me deixando doente. Não consigo tolerar isso”. No show que fez em Porto Alegre, no ano 2000, ele proibiu a venda de lanches com carne.

Entre os brasileiros, tocaram Gui Boratto e com o projeto N.A.S.A., do DJ Zegon. Veja alguns vídeos das principais bandas e artistas:

Postado por Danilo Fantinel