Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Resultados da pesquisa por "Primal Scream"

Primal Scream: 20 anos esta noite

27 de setembro de 2011 5

Fotos: Valdir Friolin

O Primal Scream resumiu 20 anos de rock eletrônico em um único show, ontem à noite no Opinião, em Porto Alegre, quando apresentou músicas do clássico disco Scremadelica. Mas é certo que citar “somente” 20 anos é pouco. E dizer que a banda toca “apenas” rock eletrônico, injusto.

Durante o show, os escoceses olharam para um passado ainda anterior ao lançamento do álbum de 1991, projetando seu som a partir do clássico rock norte-americano (base fundamental dos britânicos), da psicodelia sessentista contracultural, do hedonismo rave inglês dos 90, do gospel, do soul, do rhythm and blues, do jazz… E apontou para o futuro, pressionando dirty beats, explodindo stoned riffs, abusando de reverberações e de climas sensoriais sônicos. A contemporaneidade de Scremadelica se explica por si só, mas a letra de Come Together esclarece melhor a situação:

“All those are just labels

We know that music is music”

Sim, that’s fucking right, man!

As três primeiras músicas estabeleceram o tom do espetáculo. Movin’ On Up, com Bobby Gillespie genial, lesado ao natural e rockstar blasé por natureza, à frente de uma banda afinada e com groove incrível. Baixo (Ave Mani!), teclado, bateria e guitarra (Andrew Innes matador) em sintonia perfeita.

Slip Inside This House deixou clara a frágil potência vocal de Bobby. Se por um lado isso combina com o eterno estilo despojado e displicente do vocalista, por outro evidencia o abuso de ilícitos – Marianne Faithfull mostrou há poucos dias, durante show histórico no Porto Alegre Em Cena, que sua voz envelheceu melhor. Mas não importa. A vocalista Mary Pierce estava no palco para dar todo apoio ao cantor. Afinal, Screamadelica é um disco baseado em vocais femininos, bem como grande parte da música pop dançante dos anos 90. In Pierce we trust é meu novo lema.

Don’t Fight It, Feel It sintetizou ainda mais o show: dançante, elaborada, com muito groove evidenciado pelo baixo, guitarras fortes marcando presença e beats seqüenciados que, ao final, ganharam velocidade e peso num esquema hardocore imprescindível. Momento altíssimo da noite. Inesquecível.

O contraponto veio com Damaged, que esfriou o clima. Linda, abriu a sequência mais lisérgica do show, na qual o baixista Mani (ex-Stone Roses) recebeu uma pequena ovação. Rolou o downtempo de I’m Comin’ Down, a instrumental e absurdamente atual Inner Flight e a contemplação ácida, chapada e exótica de Higher Than The Sun. No palco, ela foi executada em uma super jam catártica, com guitarras no talo. Em seguida, a inexplicável Loaded, que sempre dá margem a abordagens roqueiras sob uma ótima Sympathy For The Devil, dos Stones.

Come Together deve ter sido uma das coisas mais incríveis que o Opinião já viu. Inspirada, fluida e muito leve, apesar das batidas bem presentes. Ao final, a galera cantou sozinha “Come Together as one” por dois minutos. Lindo.

O biss veio com faixas mais atuais, de rock puro, tradicional: a veloz e irônica Country Girl (do disco Riot City Blues), e as potentes Jailbird e Rocks (de Give out but Don’t Give Up).

A finalização foi pura microfonia causada por baixo e bateria duelando sozinhos sobre uma base pré-gravada em looping. Palco vazio, às escuras, e apenas uma luz branca tipo estrobo acompanhando. Aos poucos, a velocidade de tudo foi acelerando muito, chegando a um fim apocalíptico lembrando o clima dos discos visionários XTRMNTR e Evil Heat.

Primal Scream fez o maior espetáculo da Terra nesta semana.
Rock in Rio? O que é isso mesmo?

Vídeos:

Veja Movin’ On Up

Banda toca Slip Inside This House

> Mais Primal Scream

Primal Scream confirma show em POA

29 de julho de 2011 7

Um show do Primal Scream em Porto Alegre acaba de ser confirmado pelo Vitor Lucas, dono do Beco. Será no dia 26 de setembro, às 22h, no Opinião. A venda de ingressos começa na próxima segunda. We’re gonna have a good time! We’re gonna have a party!!

A banda britânica está em turnê mundial celebrando os 20 anos do clássico Screamadelica, o álbum que promoveu uma fusão até então inédita de indie, stoner rock, psicodelia e acid house – a vertente eletrônica que ganhava cada vez mais espaço naquele longínquo 1991.

Com o disco, o Primal Scream obteve um destaque inédito em sua carreira (já haviam lançado dois discos, sem muito impacto). Colocaram o indie-dance na cena internacional e entraram para o grupo das bandas que cometerem álbuns definitivos para a música pop.

De Screamadelica em diante, a música eletrônica ganhou um novo status e passou a ser vista com um pouco mais de seriedade por roqueiros avessos a beats e efeitos sintéticos.

Faixas como Movin’ on Up, Higher Than the Sun, Come Together, Loaded, Damage, I’m Comin’ Down, Shine Like Stars e Don’t Fight It, Feel It exalavam o perfume hedonista da época e apresentavam o recorte lisérgico chapadão que moldou o disco. O repertório criou um novo contexto sonoro, que viria a influenciar diversas bandas e DJs a partir da segunda metade dos anos 90.

Ao lado de Leisure, do Blur, Screamadelica foi o contraponto britânico essencial ao resgate punk proposto pelo grunge de Seattle, e em especial a Nevermind, do Nirvana. Os três, cada um a seu modo, foram marcos na história do rock.

A banda tocou muito no TIM Festival 2004, em São Paulo, na turnê de Evil Heat (que também tinha várias do visionário XTRMNTR). Primal Scream em POA é imperdível. O grupo se apresentou pela última vez no Brasil em 2009, no Planeta Terra.


Ingressos: R$ 70,00 no primeiro lote, R$ 90,00 no segundo e R$ 110,00 no terceiro. Venda nas lojas Chili Beans Iguatemi e Barra Shopping Sul e também no site divirto.com.br.



Primal Scream lança novo clipe

14 de julho de 2008 0

Amy, é você?/Reprodução

 

 

 

 

 

 

 

Já está online o novo clipe do Primal Scream, da música Can`t Go Back. Rock`n`roll sem concessões + guitarreira suja do meio pro final. E tem serial killer à solta no vídeo. E uma das vítimas é muito sósia de Amy Winehouse. Recado nas entrelinhas?

O nono álbum de estúdio dos escoceses, Beautiful Future, deverá ser lançado dia 21 de julho com participação de Lovefoxxx (CSS) e de Josh Homme (Queens of the Stone Age).

Veja aqui o clipe em alta resolução ou abaixo no link do youtube.

Primal Scream – Can`t Go Back – Official Video

>>>>> Primal Scream libera faixa na internet
>>>>> Lovefoxxx grava com Bobby Gillespie

Postado por Danilo Fantinel

Primal Scream libera faixa na internet

12 de junho de 2008 2

Divulgação
A banda escocesa postou no MySpace a música Can`t Go Back, que estará no próximo álbum do grupo, Beautiful Future. Bom, deve ser belo mesmo, porque de futuro os caras entendem. Estão sempre cinco anos à frente de seu tempo!

Can`t Go Back é um rock sujo que começa calmo e termina explosivo, com camadas de guitarras sobrepostas e em alta rotatividade. O vocal safado e dopado de Bobby Gillespie segue o mesmo. Graças!

O single será lançado oficialmente no dia 14 de julho e também estará no nono álbum de estúdio dos escoceses, que deverá chegar às lojas no dia 21. O disco terá a participação de Lovefoxxx, do Cansei de Ser Sexy, como anunciamos aqui, e de Josh Homme, do Queens of the Stone Age.

No MySpace também é possível escutar a essencial Shoot Speed/Kill Light, do visionário, virulento e viciante álbum XTRMNTR (o Gigwise indicou em novembro o CD como o 6º melhor do milênio).

E os caras lançaram no site oficial uma cover de Urban Guerrilla, da banda Hawkwind. Vale conferir.

Primal Scream rulezzz! Uma das minhas cinco favoritas desde sempre! O show deles no Tim Festival de 2004 foi tipo inacreditável!

Postado por Danilo Fantinel

O mundo de Robert Plant é música

30 de outubro de 2012 2

Atualizado às 13h

Totalmente excelente o show de Robert Plant ontem à noite no Gigantinho, em Porto Alegre.

Veja a galeria de fotos clicadas por Fábio Codevilla

Com apoio da banda The Sensational Space Shifters, formada pelos guitarristas Justin Adams, Liam Tyson e Billy Fuller, além de John Baggott (teclados), Dave Smith (bateria e percussão) e Juldeh Camara (tocando ritti – violino africano de uma corda – e kologo – banjo africano), o espetáculo transitou entre o heavy rock lisérgico do Led Zeppelin, folk, blues e elementos sonoros globais requintados com raízes fincadas na África e no Oriente Médio. As nuances exóticas propostas pelos músicos, sempre muito claras (e realçadas pela nitidez acústica do espetáculo), ajudaram a dar leveza e groove ao som. Os instrumentos e a performance de Juldeh foram marcantes, remetendo não apenas ao afro-oriente, mas também ao repente nordestino.

Com isso, até mesmo nos momentos mais pesados havia suingue e melodia, como por exemplo na clássica Black Dog, cheia de espasmos sonoros, e em Whole Lotta Love, energética e intensa. O final com a bela Going to California e a explosiva Rock and Roll foi fortíssimo, com Plant sem amarras e em entrega total. Em meio a tudo isso, amigos se abraçando, casais de beijando e a sensação de que o mundo de Plant é música.

* Cheguei atrasado e não vi o show de Renato Borghetti.

* A cobertura completa do show você confere no blog do Grings.

Page remasteriza discos do Led Zeppelin e Plant grava com Primal Scream

O NME divulgou que o guitarrista Jimmy Page está remasterizando os discos do Led Zeppelin e preparando material extra para o lançamento de boxes especiais a partir de 2013. Cada box de cada álbum virá com novas versões das músicas (leia aqui).

Além disso, a revista indicou que Robert Plant gravou vocais para o novo disco do Primal Scream, marcado para o ano que vem (leia neste link). Em 2002, Plant havia tocado gaita harmônica na música The Lord Is My Shotgun, do poderoso disco Evil Heat. Leia aqui sobre o show do Primal Scream em POA em 2011.

> Cinemas brasileiros exibirão shows de Led Zeppelin e Queen em 22 cidades

Calendário de shows atualizado

26 de outubro de 2012 0

Atualizado dia 31/10

O calendário de shows indicados pelo Volume em 2012 foi atualizado com Jack Bruce (ex-Cream), Sugar Ray, Robert Plant, Maná, The Slackers, Dezarie, Vive La Fête, Slash, Flogging Molly, Lady Gaga, Kiss, Black Label Society, Joss Stone (show cancelado), Rick Wakeman, Creed, Sublime with Rome, Fiona Apple, Tony Bennett, Madonna e Norah Jones.

Além disso, tem a festa de 5 anos da Marquise 51 com shows de Tenente Cascavel, Sombrero Luminoso, Os Replicantes e Identidade. Outros shows locais e nacionais até dezembro entrarão semana que vem…

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

Rádio Gaúcha debate shows internacionais em POA

E hoje, às 19h, participo de um debate no programa Night Show, da Rádio Gaúcha, sobre a profusão de shows internacionais em Porto Alegre. O programa rola a partir das 19h apenas no site da rádio, neste link.

Fiz um levantamento sobre os maiores e/ou mais importantes shows gringos que rolaram na cidade de 2008 pra cá. A agenda da cidade esteve lotada. Olha só:

2012:

* ROCK
Roger Waters, Bob Dylan, Buddy Guy, Dream Theater, Thurston Moore (Sonic Youth), The Sisters Of Mercy, Jello Biafra (ex-vocalista do Dead Kennedys), Tarja Turunen (ex-vocalista do Night Wish), Roger Hodgson (ex-Supertramp), Andy Summers (ex-guitarrista do Police), Wishbone Ash, CJ Ramone, Linkin Park, Overkill, Mark Farner, Zak Stevens, Howler, Japandroids, Carl Barat, A Place to Bury Strangers, The Virgins, The Whip, White Denim, Austra, The Reign of Kindo, Ugly Kid Joe, No Te Va Gustar

* METAL e PUNK
Exhumed, Aborthed, Iced Earth, Obituary, Acheron, Anthrax, Misfits, Gorgoroth, Keep of Kalessin, Pain of Salvation, Epica

* REGGAE, SKA e SURF MUSIC
The Congos, Steel Pulse, Bambu Station, Max Romeo, Groundation

* Ainda vão rolar em 2012:

Jack Bruce (ex-Cream) 26/10
Sugar Ray 28/10
Robert Plant 29/10
Maná 01/11
Slash 09/11
Flogging Molly 09/11
Lady Gaga 13/11
Kiss 14/11
Crucified Barbara 18/11
Black Label Society 20/11
Dezarie 20/11
Joss Stone 20/11 (show cancelado)
Rick Wakeman 20/11
Creed 26/11
Sublime with Rome 26/11
Fiona Apple 27/11
Tony Bennett 04/12
Madonna 09/12
Norah Jones 12/12

* Meca Festival: The Rapture, Mayer Howthorne, Penguin Prison, Breakbot

* FAIL DO ANO: cancelamento do show do Morrissey em POA (seria o segundo dele aqui); Concrete Blonde também cancelou.

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

2011:

* ROCK e BLUES
Eric Clapton, Ringo Starr, Pearl Jam, Ozzy Osbourne, Alice Cooper, Robin Gibb (ex- Bee Gees), Primal Scream, Tears For Fears, Paul Di Anno (ex- Iron Maiden), Blaze Bayley (ex- Iron Maiden), Paramore, Anti-Flag, Sublime with Rome, Helmet, Black Label Society, Babasónicos, New Young Pony Club, Darwin Deez, Evergrey Metronomy, Cut Copy, The Gift

* POP
Roxette, Marianne Faithfull

* ELETRÔNICA
Gotan Project, LCD Soundsystem, Yelle

* REGGAE, SKA e SURF MUSIC
Inner Circle, SOJA

* Meca Festival: Vampire Weekend, Two Door Cinema Club

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

2010:

* ROCK
Paul McCartney, Guns N’Roses, Aerosmith, Green Day, ZZ Top, Franz Ferdinand, Placebo, Cat Power, Laetitia Sadier, OK Go, Simple Minds, Creedence Clearwater Revisited, Proyecto Gomez, Shy Child, Mulville, Johnny Rivers, Kissogram

* Metal e PUNK
Metallica, Megadeth, Biohazard, Cradle of Filth, Dream Theater, Millencolin, NOFX, Paul Di’Anno, P.O.D., Social Distortion, Vader, Watain

* POP
Black Eyed Peas, Cranberries, Fito Páez, Nelly Furtado, Norah Jones

* REGGAE, Ska e SURF MUSIC
Spy vs Spy, Alpha Blondy, Gladiators, Black Uhuru, Don Carlos, Bambu Station, Israel Vibration, Soldiers of Jah Army (SOJA), The Slackers, The Wailers

* ELETRÔNICO
Afrika Bambaataa, Moby, Groove Armada, Vive La Fête, Miike Snow, Alex Murray-Leslie, Glenn Hughes, Gotan Project, Tanghetto

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

2009:

* ROCK e BLUES
Buddy Guy, Chuck Berry, Jerry Lee Lewis, Deep Purple, Paul Di’Anno, Oasis, Peter Murphy, The Sisters of Mercy, Exploited, B-52’s, Living Colour, Jan Akkerman, Jeff Scott Soto, No Te Va Gustar, Joe Lynn Turner (ex-Deep Purple), Kip Winger (ex-baixista de Alice Cooper), Lynwood Slim (bluesman), John Primer (bluesman), Thieves Like Us, François Virot, Hey Champ

* POP
Liza Minnelli, Burt Bacharach, Alanis Morissette, James Blunt, Simple Plan, McFly, Jason Mraz

* REGGAE, SKA e SURF MUSIC
The Wailers, The Skatalites, The Congos, Steel Pulse, Groundation, The Aggrolites, Dezarie, Donavon Frankenheiter, Little Joy

* ELETRÔNICO
Bajofondo, Layo & Bushwacka, N.A.S.A., Kris Manace, Neon Birds, Clearcom, DJ Dunwich e Noblesse Oblige

* METAL
Stratovarius, Kreator, Exodus, Obituary * Festival Invasão Sueca no Beco: Those Dancing Days, Britta Person e Loney Dear

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

2008:

* ROCK
R.E.M., Chuck Berry, The Doors – Riders on the Storm (com tecladista Ray Manzarek e o guitarrista Robby Krieger), Iron Maiden, Judas Priest, Echo & the Bunnymen, Millencolin, The Cult, The Hives

* POP
Cyndi Lauper, Jorge Drexler, José González, Joss Stone, Ben Harper

* ELETRÔNICO
Steve Aoki, Karl Bartos (ex-Kraftwerk), Owen Pallet (indie eletrônico)

Tracks Volume #52

10 de agosto de 2012 0

Bob MouldThe Descent
O ex-guitarrista da banda cult Hüsker Dü, Bob Mould, perito em underground rock, lançou nesta semana a contundente The Descent. Com guitarras supersônicas constantes, apoiadas por uma bateria incansável, a faixa é uma pancada sonora tão forte quanto um tapão no ouvido. Rock em alta voltagem, em alta rotação, em alto e bom som. The Descent está no disco Silver Age, marcado para 04 de setembro e já anunciado como uma espécie de continuação do seu trabalho desenvolvido na banda Sugar, ou seja, Bob tocando e cantando 90′s american alternative rock.

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

OberhoferCruisin’ Down FDR
Se você curte Howler vai ser ligar na faixa Cruisin’ Down FDR, da banda Oberhofer. O clipe é puro besteirol, mas o som é bom.

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

Wake Up LucidFeel It
Guitarras pegadas linha underground blues, bateria enérgica, vocal rasgado, ambientação suja. É o bom e velho rock’n’roll. A faixa Feel It dá nome ao disco do trio de Los Angeles.

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

Father SculptorFrances
Há algo de Smiths nesse som da banda Father Sculptor. Não apenas no vocal grave, dramático, nem só nas guitarras arrojadas, mas também nas alternâncias de andamento e no senso nostálgico do som. Porém, as semelhanças acabam quando a banda emprega teclados para dar um clima oitentista.

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

The Vaccines – faixa The Winner Takes It All e EP Please, Please Do Not Disturb
A banda The Vaccines liberou um EP de covers para download gratuito. Please, Please Do Not Disturb tem quatro faixas. São versões do grupo para The Winner Takes It All (ABBA), The Beast In Me (Mark Lanegan), That Summer Feeling (Jonathan Richman) e Manequin (Wire). O download pode ser feito neste link. O novo disco, Come of Age, sai no próximo dia 3. Abaixo, The Winner Takes It All:

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

RadioheadDaily Mail
O Noisey gravou um vídeo para a faixa Daily Mail, do disco King of Limbs, do Radiohead, durante o Bonnaroo Festival, em junho passado. A equipe dá uma volta pelo evento até chegar ao palco, onde a banda estava tocando a música. Ficou muito legal:

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

Cat PowerCherokee
O disco Sun sai apenas em 3 de setembro, mas já está na internet. Nesta semana, Cat Power liberou mais uma do álbum, Cherokee, e também o remix da faixa. A versão original tem batidas eletrônicas discretas, e discreto também é o remix assinado pelo Nicolas Jaar, que você conheceu nas Tracks 28 e 42. O remix é, na real, bem mais calminho que a original.

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

Moon DuoSleepwalker
Esse rock psicodélico do Moon Duo tem raízes no krautrock e no space rock. Destaque para as guitarras viajandonas e constantes. A faixa Sleepwalker está no disco Circles, que sai em breve. O Moon Duo lançou há pouco um split 7″ com a banda Psychic Ills, que você escutou nas Tracks 51.

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

Black Moth Super RainbowWindshield Smasher
O clipe WTF! da semana é esse violento e cômico rito de passagem urbano. No som, o rock eletrônico da banda Black Moth Super Rainbow sintetiza Primal Scream e Add N to (X) – o que é totalmente excelente. O disco Cobra Juicy sai no dia 23 de outubro.

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

Eletrônica

Groove ArmadaPull Up
O duo inglês matou a pau neste novo single Pull Up, um house pegado com vocais do MC Slarta John. A faixa – ótima dica do Fábio Codevilla – saiu logo após o lançamento do EP No Knock.

Além do single, o duo liberou a íntegra de um set apresentado no projeto Radio 1 Weekend, da BBC, em Ushuaia, Ibiza, na Espanha.

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

Matthew DearEarthforms
Um dos eletrônicos preferidos do Volume, Matthew Dear lançou uma faixa com linha de baixo bem presente, guitarra discreta e percussão definida, imprimindo groove sobre bases sintéticas. O som é um pouco diferente (mais orgânico) do que o material apresentado pelo músico até agora – Her Fantasy é mais voltada pro synth disco pop (Tracks 47) e Headcage é um electro-groove delirante (Tracks 26).

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

ZambriFrom An Angle
Depois de lançar aquele clipe genial para a faixa All You Maybes (Tracks 45), Zambri liberou esse vídeo fraco para a faixa From An Angle. Todo gravado em um lava-carros, o clipe deixou muito a desejar. O som, no entanto, segue o electro-goth sintético que a gente curte. A gente = eu, claro. A faixa é do disco House Of Baasa.

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

MatmosVery Large Green Triangles
Lembra do Matmos, aquele duo de eletrônica experimental que ficou hypado na segunda metade dos anos 90? Eles voltaram e lançam em breve o EP The Ganzfeld. Nesta semana, eles liberaram Very Large Green Triangles, um single bizarro, meio xamânico, meio operístico. Ainda não sei se é bom. Ouve aí:

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

Aeroplane @ Beco 203
O DJ Belga Aeroplane toca pela primeira vez em Porto Alegre na festa paulistana Forward, que rola semanalmente no Lions, em São Paulo, e aterrissa no Beco RS no dia 16 de agosto, às 23h. Aeroplane já remixou Grace Jones (William’s Blood), Friendly Fires (Paris) e Sebastien Tellier (Kilometer). O set em POA deve ser focado em disco pop oitentista, deep house e Balearic beat. Além dele, tocam Lucio Morais (Database/SP) e Schutz. Ingressos antecipados a R$ 40,00 na ticketjam.com.br e por R$ 60,00 na hora.

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

Bloquinho Remix

Edward Sharpe And The Magnetic ZerosDear Believer (Timmy The Terror Remix)
Timmy “The Terror” Anderson remodelou a balada Dear Believer, de Edward Sharpe And The Magnetic Zeros, a partir de beats calmos e synths oitentistas. O som foi modificado, mas não ganhou uma identidade totalmente nova. Mesmo assim, ficou bem legal.

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

Marilyn MansonNo Reflection (Deathface Remix)
Beats from hell e disco inferno no remix do Deathface pro som do Marilyn Manson.

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

No DoubtSettle Down (Major Lazer Remix)
O single Settle Down, do No Doubt, foi remixado pelo Major Lazer/Diplo. A faixa é do novo disco da banda, Push And Shove, marcado para 24 de setembro. Além desse remix, o Diplo produziu a faixa-título do álbum.


¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

Tracks: #1, #2, #3, #4, #5, #6, #7, #8, #9, #10
Tracks: #11, #12, #13, #14, #15, #16, #17, #18, #19, #20
Tracks: #21, #22, #23, #24, #25, #26, #27, #28, #29, #30
Tracks: #31, #32, #33, #34, #35, #36, #37, #38, #39, #40
Tracks: #41, #42, #43, #44, #45, #46, #47, #48, #49, #50
Tracks: #51

Tracks Volume #16

30 de setembro de 2011 0

The Gift – show em POA dia 25/10
A banda portuguesa The Gift se apresenta pela primeira vez em Porto Alegre no dia 25 de outubro, no Opinião. Com um indie rock de veia britânica, letras em inglês e boas linhas de guitarra, algumas vezes acompanhadas por piano, o grupo geralmente se posiciona no dream pop, com canções calmas e nostálgicas.

Escute The Gift neste link

Os caras se juntaram em 1994. Em 1998, lançaram o disco Vinyl. Em 2001, gravaram o álbum Film com o produtor Howie B (que já colaborou com Björk e U2). Em 2003, fizeram turnê com Flaming Lips. Em 2006, rolou a primeira tour pelo Brasil, com shows no Rio, em SP, em Curitiba e no Recife. A banda se apresentou no dia 23 de setembro, semana passada, no Rock in Rio, onde apresentou faixas do disco Explode.

Em outubro, eles farão shows em Los Angeles, Chicago, Toronto, Nova York e Boston. Depois, voltam ao Brasil para uma turnê que passará por Porto Alegre, Rio de Janeiro (dia 26/10 no Teatro Odisséia), São Paulo (data e local a definir) e Belo Horizonte (dia 29 de outubro, no Music Hall). Veja o serviço do show em POA:

Dia 25 de outubro, às 22h.
Opinião (José do Patrocinio, 834).
Ingressos a R$ 25,00.

Vendas: a partir do dia 05 de outubro na Loja Bellenzier Pneus (Av. Dom Pedro II, 1168, esquina Cristovão Colombo), de segunda à sexta, das 12h às 18h, e sábados das 09h às 12h.

Bandas portuguesas que cantam em inglês, geralmente com forte acento sonoro britânico, tem gerado buzz no cenário indie. Duas delas enviaram material pro Volume e ganharam destaque no blog. A primeira foi You Can’t Win, Charlie Brown, que você conheceu nas Tracks #3. Depois, foi a vez da Norton, que encabeçou as Tracks #5.

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

Yuck - Soothe Me
Doce balada da banda britânica que ama o indie rock americano dos 90. O disco de estreia será relaçado em CD duplo dia 11/10 com a ótima Cousin Corona, que você escutou nas Tracks 13. Ouça a nova Soothe Me abaixo:

Soothe Me by Yuck

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

Dum Dum GirlsBedroom Eyes
As Dum Dum Girls me pegaram facinho com a música Coming Down, um lo-fi tipo sonho que você escutou nas Tracks #6. Agora, o clima do som gira 180º, chegando a um power pop energético e açucarado, mas nem um pouco enjoativo. Pelo contrário. Rockinho delícia.

Dum Dum Girls – Bedroom Eyes (OFFICIAL VIDEO) from Sub Pop Records on Vimeo.

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

FeistMetals
O novo disco da Feist, Metals, orbita um folk contemporâneo, autoral e delicado. Algumas faixas esbarram de leve no soul e no jazz. No geral, é um belo estudo de cordas e bateria. O vocal é delicado e inspirado. Você leu sobre How Come You Never Go There nas Tracks #9.

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

Björk - Moon
Sinceridade? Ainda não consegui descobrir se isto é muito bom ou muito ruim. O que sei que é meu amor por Björk é incondicional. Às vezes.

björk: moon from Björk on Vimeo.

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

Radiohead - Staircase
Então o Radiohead foi ao Saturday Night Live dia 24/09 e apresentou a nova faixa Staircase. Você já deve ter visto. Segue pra quem não viu:

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

TV GirlGirls Like Me
O duo TV Girl, de San Diego, que você conheceu nas Tracks 10 lança o single Girls Like Me dia 04 de outubro. Indie pop fofo sessentista. A também nova Sarah (Meet Me in the Sauna) sai no mesmo dia.

Escute Girls Like Me aqui

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

4AD Sessions
A gravadora 4AD liberou o streaming do disco que reúne 10 de suas bandas, tipo Gang Gang Dance, Deerhunter, Ariel Pink, Blonde Redhead, tUnE-yArDs e outras. É um exercício de paciência algumas vezes…

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

Publicist- Hardwork
Sintetizadores robóticos from hell e muito groove nesse som incrível de Sebastian Thomson, que assina como Publicist e também toca na banda cult norte-americana Trans Am.

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

Lesbians on EcstasyShe Likes to Party
Se os Beastie Boys fizessem um som com MEN, a banda de JD Samson e Johanna Fateman (ex-Le Tigre) é provável que rolasse algo como She Likes to Party, a faixa hip-rock tiração de sarro que tem o bombástico Big Freedia como convidado. O cara é um dos MCs mais malucos do underground, e deu moral pro som da banda Lesbians on Ecstasy. Tá no meu repeat há dias. Tem download aqui

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

Rostam BatmanglijWood
O tecladista do Vampire Weekend liberou o single étnico Wood. Um lance turco-árabe, marcado por atabaques e cordas. Eu curto. O projeto solo dele deve agradar a quem é fã da banda.

ROSTAM – Wood by ROSTAM

Pouco antes, Rostam produziu The Trick, faixa que está em Relax, novo disco do Das Racist. The Trick é mais inquieta do que Wood, mas igualmente inventiva.

DAS RACIST – THE TRICK produced by ROSTAM by ROSTAM

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

Kindness - Cyan
A faixa Cyan é um electro-pop de alma disco criado pelo produtor Kindness. Feel it!

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

CSS - Hits Me Like A Rock
Não sabe dançar?
CSS ensina abaixo.
Sobre o disco La Liberación você já leu nas Tracks 10 e 2. E Hits Me Like a Rock, você sabe, tem participação do nosso amigo Bobby Gillespie, do Primal Scream, que fez show segunda em Porto Alegre. Leia, veja fotos e vídeos do show neste link.

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

Fenech-SolerGolden Sun
Ouvindo Golden Sun, da banda britânica Fenech-Soler, dá vontade de correr pra pista mais próxima!

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

El Baile – Cafe De La Musique POA
O duo, El Baile, composto por Thiago Zacchi e Fabrício Parisoto, se apresenta pela primeira vez em Porto Alegre, no Cafe De La Musique POA. No live act dos caras, discotecagem, sintetizadores, eletric piano, iPads, acordeon e instrumentos de percussão. Eles estão em estúdio preparando seu primeiro álbum de músicas próprias. Saiba mais sobre isso no blog Sônica, o programa de música eletrônica da Atlântida

El Baile at Amazon Club – Chapecó/SC – Brazil from EL BAILE on Vimeo.

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

Bloquinho remix

Florence + The MachineShake it Out (The Weeknd Remix)
Florence Welch sempre surpreende, seja sozinha (como em Not Fade Away, veja nas Tracks 3) seja com sua banda The Machine (leia aqui e aqui) . Agora, a faixa Shake it Out ganhou remix de The Weeknd, que criou algo entre o obscuro e o etéreo.

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

Duck SauceLuis Guzman
Duck Sauce refez a faixa Barbara Streisand para uma promo do How To Make It In America, da HBO, com o ator supercult Luis Guzman como, hããã…, inspiração! No casting do vídeo, Terry Richardson, Mark Wahlberg, Pharrell A-Trak, Asher Roth, Justin Bieber e mais.

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

#ficadica @MarcosTesser

AustraLose It e Young & Gay
Uma mistura de electro com uma batida sombria, porém aquecida com uma pegada new wave e potentes vocais de ópera. Usando piano, elementos eletrônicos e o vocal poderoso de anos de estudos líricos da vocalista Katie Stelmanis, o trio de Toronto lançou o seu primeiro CD esse ano pela Domino Records. Foi produzido pelo Damian Taylor, que já trabalhou com Björk e The Prodigy. Todo o lirismo eletrônico da banda pode ser sintetizado na excelente Lose It.

A banda, que lembra muito o trabalho dos suecos do The Knife, é abertamente inspirada em The Gossip e The xx, mas muito mais pela bandeira gay defendida pela Katie Sterlmanis, lésbica assumida, que propriamente pelo som. Uma das mais interessantes faixas do Austra é a dançante e obscura Young & Gay.

Outras faixas super bacanas: a fantasmagórica, sombria e eletrônica Beat and the Pulse, que tem até um clip censurado, Spellwork e seu b-side fantástico Identity.

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

> Tracks #1
> Tracks #2
> Tracks #3
> Tracks #4
> Tracks #5
> Tracks #6
> Tracks #7

> Tracks #8
> Tracks #9
> Tracks #10
> Tracks #11
> Tracks #12
> Tracks #13
> Tracks #14
> Tracks #15

Calendário de shows atualizado

15 de setembro de 2011 0

O calendário de shows indicados pelo Volume em 2011 foi atualizado com Marianne Faithfull (UK), Gotan Project (França/Argentina), Myla Hardie (EUA), Distraught + Climatic Terra (Argentina), o duo Medialunas, além de Bidê ou Balde e Tequila Baby no projeto Discografia Rock Gaúcho e Paralamas do Sucesso comemorando os 25 anos do disco Selvagem?.

Além deles, já estavam cadastrados Cut Copy (Austrália), Down & Loaded (as bandas de Phil Anselmo - ex-Pantera – e Duff McKagan – ex-Guns’N’Roses – respectivamente; EUA), Primal Scream (UK), Pearl Jam (EUA), Eric Clapton (UK), Ringo Starr (UK), Reel Big Fish (EUA), Velhas Virgens e Matanza.

Calendário de shows atualizado

22 de agosto de 2011 1

Atualizado dia 01/09, às 11h

O calendário de shows indicados pelo Volume em 2011 foi atualizado com Cut Copy (Austrália), Down & Loaded (as bandas de Phil Anselmo - ex-Pantera – e Duff McKagan – ex-Guns’N’Roses – respectivamente; EUA), Festival Setembro Negro [reunindo Ragnarok (Noruega), Belphegor (Áustria) e Exterminate (RS)], Funk Como Le Gusta, Baile Psicodélico (com Arnaldos e El Rey), Galgos, Tributo Tim Maia, Darma Lóvers, Pata de Elefante, Noite Senhor F (com Beto Só, Ian Ramil e Diego Lopes + Bebop), Coronéis da Vicente + Nocet, e Overaw.

Além deles, já estavam cadastrados na agenda Primal Scream (UK), Pearl Jam (EUA), Eric Clapton (UK), Ringo Starr (UK), Metronomy (UK), Reel Big Fish (EUA), Teatro Mágico, Velhas Virgens, Matanza, além do Festival Açaí Musical com (John Butler Trio, da Austrália, Cachorro Grande, Móveis Coloniais de Acajú e Gustavo Telles & Os Escolhidos).