Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Resultados da pesquisa por "Sticky Sweet "

Após liberação da Justiça, pré-venda de ingressos para show de Madonna começa a partir de terça-feira

23 de abril de 2012 3

A produtora Time 4 Fun anunciou ontem que obteve na Justiça o direito de realizar a pré-venda de ingressos para a nova turnê de Madonna, que passará em dezembro por Rio de Janeiro (dia 1º, no Parque dos Atletas), São Paulo (dia 4, no Morumbi) e Porto Alegre (dia 9, no Olímpico). A comercialização dos ingressos exclusiva para clientes Ourocard, que havia sido suspensa pelo Procon-SP na sexta-feira (20), começa à 0h desta terça-feira no site www.ticketsforfun.com.br. Veja todos detalhes abaixo.

Em nota divulgada à imprensa, a T4F anunciou que “ajuizou ação cautelar contra o Procon-SP” e “obteve decisão judicial favorável que lhe garantiu o livre exercício das suas atividades, dentre elas a possibilidade de fazer a pré-venda de ingressos e de cobrar taxas de serviços para o show da Madonna“.

A suspensão das vendas ocorreu depois que Procon-SP notificou a T4F por considerar a pré-venda abusiva porque a empresa não estava disponibilizando meia-entrada, não informou quantos ingressos estão disponíveis na pré-venda e não ofereceu a opção da venda em dinheiro. Assim, o órgão havia determinado que a produtora deixasse de realizar a pré-venda, atividade considerada discriminatória pelo órgão de defesa do consumidor do Estado, e também deixasse de cobrar a taxa de conveniência – já que, no seu entender, não existe “conveniência efetiva ao consumidor”, que ao comprar pela internet ou telefone ainda precisa pagar pela entrega do ingresso.

Leia o comunicado da Time For Fun na íntegra:

“A T4F informa que na data de ontem (sábado) ajuizou ação cautelar contra o Procon-SP em razão das determinações restritivas desse órgão contra a T4F, conforme foram divulgadas na imprensa. A T4F obteve decisão judicial favorável que lhe garantiu o livre exercício das suas atividades, dentre elas a possibilidade de fazer a pré-venda de ingressos e de cobrar taxas de serviços para o show da Madonna.

Assim, a pré-venda exclusiva para clientes Ourocard ocorre normalmente nos dias 23 e 24 de abril da seguinte forma:

HORÁRIO DA ABERTURA DE PRÉ-VENDA EXCLUSIVA PARA CLIENTES OUROCARD

0h (meia-noite): Internet (informações e vendas) — www.ticketsforfun.com.br. Entrega em domicílio. Há taxas de conveniência e de entrega para esse serviço.

9h: Telefone para vendas — 4003 5588 (válido para todo o país), 9h às 21h, segunda a sábado. Entrega em domicílio. Há taxas de conveniência e de entrega para esse serviço.

10h: Pontos de venda Tickets For Fun (veja aqui). Há taxa de conveniência para esse serviço.”

Vendas em baixa?

Conforme o jornal The New York Post, as vendas de ingressos para a nova turnê mundial de Madonna estão abaixo do esperado pela equipe da cantora. No entanto, não é isso que indica o site oficial da cantora.

- As vendas foram boas nos primeiros dias, mas depois desabaram. Não significa que os ingressos não vão se esgotar, mas certamente isso vai demorar mais do que o esperado -, revelou uma fonte não-identificada à publicação.

A Live Nation, empresa responsável por turnê, discos e merchandise de Madonna, negou a informação afirmando que a excursão está no caminho de se tornar uma das 10 maiores de todos os tempos. Além disso, ainda espera a abertura das vendas na Austrália e na América do Sul. O site oficial da cantora indica três datas sold out na Europa e 20 nos Estados Unidos.

As vendas de MDNA, o novo disco da cantora, estão irregulares. Apesar de ter quase 360 mil cópias vendidas na primeira semana, o álbum registrou apenas 19 mil unidades comercializadas na semana seguinte.

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

Serviço do show em Porto Alegre

09/12
Estádio Olímpico
Pré-venda fã-clube: 18 de abril
Pré-venda Ourocard: 24 e 25 de abril
Venda geral: a partir de 26 de abril

PREÇOS DOS INGRESSOS

SOMENTE INTEIRA

Arquibancada Lateral R$ 120,00
Arquibancada R$ 300,00
Pista R$ 360,00
Cadeira Superior R$ 550,00
Pista Premium R$ 800,00

- Pré-venda exclusiva para clientes Ourocard: 24 e 25 de abril de 2012.
– Vendas ao público em geral: A partir de 26 de abril de 2012.
– Clientes MasterCard crédito tem benefício exclusivo: MasterCard ShowPass, tecnologia de acesso que carrega o ingresso no próprio cartão para ser utilizado na entrada do show (ou evento). Mais informações acesse este link.
– Vendas limitadas a 06 ingressos por compra.

* HORÁRIO DA ABERTURA DE PRÉ-VENDA EXCLUSIVA PARA CLIENTES OUROCARD E VENDA

oh (meia-noite): Internet (informações e vendas) — Tickets For Fun (www.ticketsforfun.com.br). Entrega em domicílio. Há taxas de conveniência e de entrega para esse serviço.

9h: Telefone para vendas — 4003 5588 (válido para todo o país), 9h às 21h, segunda a sábado. Entrega em domicílio. Há taxas de conveniência e de entrega para esse serviço.

10h: Pontos de venda Tickets For Fun. Há taxa de conveniência para esse serviço.

10h: Bilheteria Oficial – Estádio Olímpico – Largo Patrono Fernando Kroeff, 1 – Bairro Azenha

Formas de Pagamento:

- Na pré-venda exclusiva para clientes Ourocard: Cartões Ourocard em todos os canais de venda.

- Na venda geral: em internet e call center com cartões de crédito MasterCard, Visa, American Express e Diners; já na bilheteria oficial e nos pontos de venda: dinheiro, cartões de débito e de crédito (MasterCard, Visa, American Express e Diners).

>>>>> Madonna fará seu primeiro show em POA dia 09 de dezembro
>>>>> Leia sobre o disco MDNA
>>>>> Relembre a Sticky & Sweet Tour
>>>>> Mais Madonna

Madonna se apresentará pela primeira vez em Porto Alegre no dia 9 de dezembro

16 de abril de 2012 39


Atualizado às 12h47min

Madonna, a maior artista pop de todos os tempos, fará seu primeiro show em Porto Alegre no dia 9 de dezembro de 2012, no Estádio Olímpico. A confirmação da turnê no Brasil ocorreu sexta passada, e a info sobre a apresentação foi anunciada hoje em entrevista coletiva na capital gaúcha pela produtora Time For Fun e pelas lojas Renner.

Os valores dos ingressos em Porto Alegre variam de R$ 120,00 a R$ 800,00, sem meia-entrada (veja abaixo). A pré-venda de ingressos para a 2012 World Tour, exclusiva para clientes Ourocard, rola nos dias 24 e 25 de abril pelo www.ticketsforfun.com.br. A venda para o público em geral começa no dia 26.

Nenhuma informação concreta sobre a estrutura do show foi repassada na coletiva. Conforme o presidente da T4F, Fernando Alterio, os organizadores do espetáculo querem manter segredo pelo menos até o dia 29 de maio, data de estreia mundial da turnê em Tel Aviv, Israel.

Rio de Janeiro recebe o show no dia 01 de dezembro e São Paulo, no dia 04 (veja detalhes sobre essas cidades aqui). A T4F também informou que, para Porto Alegre, serão disponibilizados 44 mil ingressos e não haverá descontos, o que o torna o show comparativamente mais caro do que no Rio ou em SP. Conforme Alterio, o valor mais alto em POA se deve à menor capacidade de público dentro do Olímpico. Em SP, 70 mil ingressos serão colocados à venda e, no Rio, 90 mil. O presidente da T4F também alegou que a ampliação das categorias com acesso à meia-entrada vem aumentando no Brasil e que isso, aliado ao fácil acesso às carteirinhas de meia-entrada, ajudam a elevar o preço dos ingressos de shows no Brasil.

Alterio disse ainda que há possibilidade de shows extras no Brasil. Madonna também fará shows no México, na Colômbia e no Chile.

Serviço do show em Porto Alegre

09/12
Estádio Olímpico
Pré-venda fã-clube: 18 de abril
Pré-venda Ourocard: 24 e 25 de abril
Venda geral: a partir de 26 de abril

PREÇOS DOS INGRESSOS

SOMENTE INTEIRA

Arquibancada Lateral R$ 120,00
Arquibancada R$ 300,00
Pista R$ 360,00
Cadeira Superior R$ 550,00
Pista Premium R$ 800,00

- Pré-venda exclusiva para clientes Ourocard: 24 e 25 de abril de 2012.
– Vendas ao público em geral: A partir de 26 de abril de 2012.
– Clientes MasterCard crédito tem benefício exclusivo: MasterCard ShowPass, tecnologia de acesso que carrega o ingresso no próprio cartão para ser utilizado na entrada do show (ou evento). Mais informações acesse este link.
– Vendas limitadas a 06 ingressos por compra.

* HORÁRIO DA ABERTURA DE PRÉ-VENDA EXCLUSIVA PARA CLIENTES OUROCARD E VENDA

oh (meia-noite): Internet (informações e vendas) — Tickets For Fun (www.ticketsforfun.com.br). Entrega em domicílio. Há taxas de conveniência e de entrega para esse serviço.

9h: Telefone para vendas — 4003 5588 (válido para todo o país), 9h às 21h, segunda a sábado. Entrega em domicílio. Há taxas de conveniência e de entrega para esse serviço.

10h: Pontos de venda Tickets For Fun (veja a lista aqui). Há taxa de conveniência para esse serviço.


Formas de Pagamento:

- Na pré-venda exclusiva para clientes Ourocard: Cartões Ourocard em todos os canais de venda.

- Na venda geral: em internet e call center com cartões de crédito MasterCard, Visa, American Express e Diners; já na bilheteria oficial e nos pontos de venda: dinheiro, cartões de débito e de crédito (MasterCard, Visa, American Express e Diners).

Show histórico

Mesmo que você não goste de Madonna, deve reconhecer que o fato por si só já é histórico. A cantora, um dos grandes mitos da música jovem, nos acompanha cotidianamente desde 1983. Acusada zilhões de vezes de cantar mal e dançar primariamente, lançou dezenas de sucessos, promoveu uma revolução comportamental na sociedade, reinventou o showbizz e a indústria cultural. Pela primeira vez entre artistas mulheres, assumiu firmemente as rédeas de sua própria carreira e, em diversas ocasiões, bateu recordes de vendas, de público e de renda.

Nestes últimos 29 anos, Madonna participou do seleto grupo de artistas que ajudaram a moldar a indústria da música pop. Aliando suas táticas de composição ao seu dom de farejar e se apropriar de tendências e vertentes de música, moda e artes visuais, Madonna Louise Veronica Ciccone desenvolveu uma incrível capacidade de se reinventar, renovar e também rever seu passado, atualizando-o e reutilizando-o como melhor lhe convém. No entanto, nem este artifício funciona para sempre.

Ao compor algumas das músicas mais marcantes do pop mundial, lançar 14 discos, criar novas linguagens videoclípticas, atuar no cinema, rodar o mundo com algumas das maiores turnês já realizadas, escrever livros e lançar obras-conceito como o projeto Erotica, Madonna tem assegurada uma vaga nas constelações mais brilhantes. Mesmo assim, precisa lutar para se manter relevante em um cenário repleto de rivais de diferentes calibres, de fantoches da mídia como Britney Spears a artistas de fato, como Beyoncé e Lady Gaga.

O disco MDNA

E, claro, como nem tudo que Madonna faz é perfeito – e mesmo sua habilidade de mutação tem limites -, seu último disco, MDNA, apesar de ter um bom resultado geral, sofre deslizes pelo caminho. O 14º álbum da cantora é um disco egocêntrico, auto-referencial, denso e com um respeitável teor underground, que por vezes é arejado por faixas pop fáceis e de gosto duvidoso. O disco aborda o fracasso do casamento com Guy Ritchie, remete a um senso de vingança, propõe uma viagem de ida e volta ao inferno e, depois, a reformulação da “simbologia Madonna” pós-casamento.

Já a partir do título, o álbum escancara o culto à personalidade de Madonna. Com as siglas de seu nome titulando a obra, a cantora instaura um clima electro pop de submundo hedonista, um disco hell forte com alguns pontos fracos, mas cujos pontos altos são controlados por dois nomes definitivos da música eletrônica, Benny Benassi e William Orbit, e por duas das mais importantes cantoras/rappers de hoje: M.I.A. e Nicki Minaj. Ao final do álbum, uma espécie de redenção em parceria com Laurie Mayer e Joe Henry.

Raio-x das músicas de MDNA:

Girl Gone Wild – A provável melhor faixa de MDNA, um euro dance pop alto astral, feito para as pistas, foi escrita em parceria com Benny Benassi e mais dois músicos. Na letra, uma citação à música Girls just want to have fun, o maior clássico de sua maior rival no início da carreira, Cyndi Lauper, e uma referência à bateria eletrônica Roland TR-808, que viria a definir boa parte da sonoridade da música pop a partir de então, de Afrika Bambaataa a Kraftwerk, de Tom Jones a Beastie Boys.

Gang Bang – Na faixa em que expõe o fracasso de seu casamento com Guy Ritchie, e na qual se livra do cineasta simbolicamente, Madonna incorpora uma electro bitch pistoleira descontrolada. Para compor o clima, gangsta synth pop from hell em clima oitentista. A faixa, que tem uma conexão com Bang Bang (My Baby Shot Me Down), famosa com Nancy Sinatra, foi feita com William Orbit. É meio barra pesada.

I’m Addicted – Segue o clima electro dance pop, com muito sintetizador. Há uma aura clubber e sombria, um senso de dependência não apenas química, mas também afetiva. Madonna canta o refrão “I’m addicted, I’m addicted, I’m addicted to your love” e assina “MDNA” logo em seguida, algo que pode ser encarado como uma referência ao MDMA, princípio ativo do ecstasy. Mais uma boa parceria com Benny Benassi.

Turn up the radio – Típica música adolescente sobre superação de adversidades por meio da diversão. Letra e música fraquíssimas.

Give Me All Your Luvin’ (feat. M.I.A. & Nicki Minaj) – O primeiro single deste disco é o ponto máximo do egocentrismo contigo em MDNA. A cantora exige amor, se declara única, reclama que todos os outros discos se parecem e nos convida para entrar em seu mundo: “Don’t play the stupid game, Cause I’m a different kind of girl, Every record sounds the same, You’ve got to step into my world”. A politizada cantora britânica M.I.A. e a desbocada rapper norte-americana Nicki Minaj são backin vocals/cheerleaders de luxo em um projeto completo: o clipe megaproduzido em estilo futebol americano/look universitário e o megashow no SuperBowl 2012, o maior evento ao vivo da TV dos EUA, rolaram pouco depois que o single foi lançado.

Some Girls – O som volta a ter uma pegada mais underground. Electro house sujo pra clubes. Mais próximo de Girl Gone Wild, Gang Bang e I’m Addicted.

Superstar – Baladinha pop fraquinha com letra ingênua.

I don’t give a… – Com o apoio cirurgicamente preciso de Nicki Minaj, Madonna se sai bem em um pop rap leve, em sua maior parte estrelado por Nicki, é verdade, mas no qual as duas fazem um retrato contemporâneo dos nossos dias atribulados em que sucesso pessoal e profissional são necessidades. Martin Solveig, conhecido no mundo eletrônico, participa.

I’m a sinner – Música dançante agradável, mas convencional.

Love Spent – Beats desacelerados na faixa mais experimental do disco.

Masterpiece – Balada pop açucarada e com pouca identidade.

Falling Free – O fechamento do disco é com outra balada, muito mais introspectiva e elaborada, sobre liberdade e entrega. Orquestrada e com trechos ao piano, foi feita em parceria com a artista de pop rock Laurie Mayer e com o músico de alt-country-rock Joe Henry. Acústica, Falling Free tem uma lapidação eletrônica muito discreta assinada pelo principal produtor do disco, William Orbit.

***

Confira os clipes de Give Me All Your Luvin’, Girl Gone Wild e veja Madonna no Super Bowl 2012:

Turnês

Esta será a terceira turnê de Madonna pelo Brasil. Ela apresentou The Girlie Show em 1993 e a Sticky & Sweet Tour em 2008 em São Paulo e no Rio de Janeiro.

>>>>> Relembre a Sticky & Sweet Tour
>>>>> Mais Madonna

Palco de Madonna desaba e mata um na França

16 de julho de 2009 0

Divulgação

Atualizado às 17h50min

Parte do palco do próximo show de Madonna no estádio Vélodrome, na cidade portuária de Marselha, no sul da França, desabou hoje enquanto estava em construção, causando a morte de uma pessoa e deixando pelo menos nove feridos. Madonna disse estar “prostrada”.

Uma grua provocou a queda da estrutura que seria erguida sobre o palco, conforme o Corpo de Bombeiros.

Acabo de saber da notícia trágica e estou prostrada. Minhas preces estão voltadas para os feridos e suas famílias, e expresso minha simpatia profunda por todos os envolvidos nesta notícia dilacerante – escreveu Madonna, segundo nota da Live Nation France, braço da gigante que organiza seus espetáculos.

O show da turnê Sticky and Sweet, que ocorreria no dia 19 de julho, foi desmarcado.

De acordo com o Le Monde, o desabamento ocorreu por volta das 17h (hora local). Quatro ambulâncias foram enviadas ao local e cães ajudaram nas buscas entre os escombros. O TMZ tem um vídeo sobre o acidente.

O estádio tem capacidade para 60 mil pessoas. É o segundo maior da França. Na semana passada, Madonna se apresentou para 15 mil pessoas em Paris.


Foto: Ambulância busca feridos no estádio (Claude Paris, AP)

>>>>> Leia outras notícias relacionadas à Madonna

Postado por Danilo Fantinel

Madonna lidera lista dos que mais lucraram em 2008

12 de fevereiro de 2009 3

Diego Guichard
Saiu hoje a Billboard`s Music Money Makers List, a lista da revista sobre os 20 artistas e bandas que mais lucraram nos Estados Unidos em 2008.

Madonna saiu na frente com US$ 242.176.466,00 – apoiada pela forte arrecadação da Sticky and Sweet Tour em todo o mundo (e ela já anunciou mais uma série de shows na Europa). Os outros quatro mais são Bon Jovi, Bruce Springsteen, The Police e Celine Dion.

Veja a lista:

1. Madonna: US$ 242,176,466
2. Bon Jovi: US$ 157,177,766
3. Bruce Springsteen: US$ 156,327,964
4. The Police: US$ 109,976,894
5. Celine Dion: US$ 99,171,237
6. Kenny Chesney: US$ 90,823,990
7. Neil Diamond: US$ 82,174,000
8. Rascall Flatts: US$ 63,522,160
9. Jonas Brothers: US$ 62,638,814
10. Coldplay: US$ 62,175,555
11. The Eagles: US$ 61,132,213
12. Lil Wayne: US$ 57,441,334
13. AC/DC: US$ 56,505,296
14. Michael Buble: US$ 50,257,364
15. Miley Cyrus: US$ 48,920,806
16. Taylor Swift: US$ 45,588,730
17. Journey: US$ 44,787,328
18. Billy Joel: US$ 44,581,010
19. Mary J. Blige: US$ 43,472,850
20. Kanye West: US$ 42,552,402

>>>>> Ensaio rouba a cena do último show de Madonna
>>>>> As curiosidades de um show inesquecível
>>>>> Saiba como foi o show em Buenos Aires

Postado por Danilo Fantinel

Ensaio rouba a cena do último show de Madonna

22 de dezembro de 2008 0

Diego Guichard

Último dos shows de Madonna no Brasil. Era a derradeira chance de ver a rainha do pop aos 50 anos. Mas o melhor não foi o espetáculo e sim a passagem de som. Depois de quase duas horas de chuva na fila, Madonna permitiu que os portões fossem abertos quase 3 horas antes do horário normal.

Um público muito molhado tomou conta do Morumbi. Resultado: quem chegou cedo pôde ver Madonna quase em carne e osso, ou melhor, osso, pele e músculos. Vestindo um trainning preto e regata, cabelos soltos, era uma pessoa livre no palco. Brincando, errando, caminhando, correndo e pulando corda .Sem coreografia. Sim, ela também cantou com e sem playback. Don’t cry for me Argentina foi adaptada para Don’t cry for me São Paulo e Miles away ficou melhor do que no show.


A chuva continuava forte e Madre Madonna pediu ao público que rezasse com ela para a chuva cessar até a hora do espetáculo. De fato, com reza forte ou não, os pingos foram diminuindo por volta das 19h30min e realmente secaram às 20h. Show salvo. Madonna sequinha. Pode começar a atração. E foram-se mais 180 lentos minutos.

O show começa, finalmente, e tudo dá certo. Aquilo tudo que se vê no palco é um DVD ao vivo em tempo real. Perfeito. A platéia tenta esquecer a chuva forte, o cansaço e o atraso. Ela está ali, ao vivo e todo mundo quer cantar junto e dançar junto, sinalizando para aquela criaturinha de pouco mais de 1,60 m “Hey, eu estou aqui com você e nesse momento eu também faço um pouco parte do seu mundo”. Madonna é um fenômeno estudado e marketado até a ultima nota. Ninguém espera mais, nem menos.


Ela lembra ao público que é seu último show no Brasil e também da turnê Sticky & Sweet. Agradece a toda a sua equipe, ao pessoal da produção no Brasil e ao público. Se confessa a garota mais feliz e cansada do mundo. A maioria das canções do set list aparece com arranjos mais pesados. Borderline é o melhor exemplo disso, very rocker. E ela pede ainda mais barulho, pede pra ouvir a audiência, pede gritos e respostas, como se precisasse. O estádio inteiro canta alto com ela Like a Prayer, no melhor momento da noite. O público já estava rendido, ganho desde a notícia de sua vinda ao país. Dizem que Madonna gosta do Brasil e parece que é verdade.

No último bloco da apresentação os bailarinos entram vestindo apenas uma bandeira do Brasil enrolada na cintura em forma saia pareô. O espetáculo acaba sem bis nem nada e a multidão começa a voltar pra casa, molhado de novo, mas agora de suor. Ensaio rouba a cena do último show de Madonna Vinte e um de dezembro de 2008. Último dos shows de Madonna no Brasil. Era a derradeira chance de ver a rainha do pop aos 50 anos. Mas o melhor não foi o espetáculo e sim a passagem de som. Depois de quase duas horas de chuva na fila, Madonna permitiu que os portões fossem abertos quase 3 horas antes do horário normal.

>>>>> As curiosidades de um show inesquecível
>>>>> Saiba como foi o show em Buenos Aires
>>>>> Leitores enviam fotos do show da Madonna em Buenos
>>>>> Brasileiro assina direção de arte de Madonna
>>>>> Turnê de Madonna bate recorde de arrecadação

Postado por Fernando Fantinel

Brasileiro assina direção de arte de Madonna

13 de dezembro de 2008 0

Brasileiro assina looks e capas de CD da cantora/Reprodução, G1

Impossível não babar pelo visual do novo disco da popstar Madonna, concordam? Pois o responsável pelo trabalho é o carioca Giovanni Bianco, tão encantado por trabalhar com a diva quanto qualquer mortal ficaria.

“Madonna é a maior trabalhadora do mundo”, diz o cara em entrevista ao G1.

Tudo começou naquele famoso ensaio para a revista W em 2004, quando a diva foi clicada por ele em poses de ioga e mostrou uma elasticidade fora de série. Desde então, Bianco assinou o design gráfico dos shows Re-Invention Tour, Confessions e Sticky and Sweet  e dá o OK final no visual das turnês, looks de shows da cantora e capas dos CDs. Tudo de babar, obviamente. Atire a primeira pedra quem não curte!

- É maravilhoso ser parceiro de uma pessoa tão icônica. É uma escola incrível. Quando disseram que ela iria fazer o show no Brasil, para mim foi uma festa – afirmou Bianco ao site.

Além de estar hospedado no Copacabana Palace, o diretor de arte vai assistir aos dois shows no Rio e em São Paulo com todo o familião de arrasto. Por contrato, ele não pode revelar muitos segredos sobre a musa, mas não faltam declarações elogiando Madonna.

“No trabalho com Madonna você é o instrumento. De todas as artistas com quem tive uma relação profissional, ela e a Marisa Monte têm um controle total de tudo que elas querem, do que elas são e do que elas fazem.”

Sobre Hard Candy:
“A mensagem é `estou aqui, estou vencendo em cada ringue`. Ela está sempre se reinventando de maneira original. Sabe também que parte do sucesso do trabalho dela está na força corporal. É uma artista completa”.

Madonna workaholic:
“Madonna trabalha muito. Já me dediquei noites e noites seguidas, madrugadas e madrugadas. Tanto na pesquisa como na apresentação final, com Madonna sabemos que o importante é a rapidez e a precisão. Depois disso posso enfrentar qualquer tipo de desafio profissional porque talvez ela seja a pessoa mais exigente de todo o mercado. Às nove é às nove ou talvez cinco para as nove. Nove e um já é um desastre”.

Leia mais:

> Madonna no Rio + fotos dos shows em Buenos Aires
> Blog N9ve: Madonna aparece na janela do hotel
> Fãs fazem plantão na frente do Copacabana Palace

Postado por Camila Saccomori

Madonna: Exclusivo diretamente de Buenos Aires

09 de dezembro de 2008 2

Madonna na abertura do show/Maria Paula Letti, Especial

Nossa colega da TVCOM, Maria Paula Letti, apresentadora do programa Estilo Casa & Cia, esteve em Buenos Aires neste final de semana, onde conferiu o último show de Madonna em terras portenhas, ontem.

Maria achou o espetáculo da Sticky & Sweet Tour uma maravilha.

Hoje, ela nos enviou texto, fotos e vídeos.

E você também esteve em Buenos Aires? Nos mande fotos para o e-mail variedades@rbsonline.com.br que publicaremos aqui!!!

Leia o texto da Maria abaixo:

Quatro minutos só pra começar

Pare agora! Tudo o que você ouviu falar sobre a turnê Sticky & Sweet é inevitavelmente verdade. As duas horas do novo show da Madonna são um emblema pra quem nasceu e se criou no século XX.

>>>>> Veja fotos!

Essas palavras são ditas por todos os jornais argentinos desde a última quinta-feira, quando “la reina del pop” fez sua primeira apresentação em Buenos Aires. O Monumental de Nuñez, estádio do River Plate, foi palco para outras três noites, sendo a última ontem, em que estive com meus amigos. 

 

Foto: Cagê da Atlântida e sua mulher Andressa, Thiago Zenker, editor do especial Reveillon RBS, e as apresentadoras da RBS TV Paula Valdez, Rodaika e Maria Paula

 

Depois da troca de datas – e certa apreensão para remarcar vôos e diárias no hotel -, estar na capital argentina para ver a Madonna de pertinho valeu cada cent dos US$ 330 pagos pelo ingresso no Campo VIP.

Aplaudir a espetacular artista em sua melhor forma física e musical, aos 50 anos de idade, é uma das sensações mais emocionantes de se vivenciar, até mesmo para quem não é fã de fazer vigília na porta do hotel.

A propósito, nós somos!!! Veja a foto do hotel abaixo!

Sticky & Sweet traz uma Madonna roqueira, furiosa com a guitarra nos braços, enérgica como uma guerreira em combate.

Os arranjos de clássicos como Like a Prayer e Borderline ficaram tunados e vibrantes, combinando ainda mais com o clima dos hits atuais Four Minutes e Give it to Me.

Mas o lado supersensível da diva também aparece, especialmente quando ela presenteia os hermanos com Don’t Cry for Me Argentina.

 

Nessa hora, a multidão foi aos prantos – e eu junto, porque nada pode ser mais bonito do que um ídolo encher os olhos de lágrima e abrir seu coração para uma platéia inteira com os pêlos em pé.


Foto: durante Don’t Cry for Me Argentina


São rapidíssimos os dois ou três momentos em que Madonna sai de cena. No lugar dela em carne e osso, entra ela em vídeo nos telões, mandando recados para conscientizar as pessoas de suas responsabilidades com o planeta (Yes, Obama was there!) ou mostrar uma bela animação como em Rain

Mas mesmo com vários efeitos de luz, as presenças dos rappers parceiros em vídeo e os sempre impecáveis bailarinos (foto abaixo), o show está longe de ser um evento pirotécnico a la Cirque du Soleil. A tecnologia usada com simplicidade é apenas o pano de fundo para o furacão de carisma que só uma artista como a Madonna pode carregar. 

 

Foto: Madonna ao lado de seus ágeis bailarinos

Ela, sozinha, leva a platéia no bolso. Nos deixa boquiabertos com a precisão de cada passo e com o coração na boca ao terminar cada música. E quando tudo acabou de verdade, fica aquela sensação de sonhar acordado, de achar que ainda temos muito para ver de Madonna.

Próxima parada? Santiago, Rio e São Paulo. Imperdivel!

Veja Madonna tocando Like a Prayer:

Postado por Maria Paula Letti

Shows de Madonna mudam de data na Argentina

03 de dezembro de 2008 15

Divulgação

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Atualizado às 15h45min

O atraso de um avião que transportava parte dos equipamentos de som da Sticky & Sweet Tour gerou o cancelamento do primeiro dos quatros shows de Madonna em Buenos Aires, conforme o Clarín. O espetáculo seria nesta noite no estádio do River Plate.

De acordo com o jornal, a organização remanejou as datas dos shows para que os fãs que tinham ingresso para hoje não sejam prejudicados.

Os ingressos de quarta valerão para o show de sexta-feira (5), o show de sábado (6, lotado de brasileiros) foi remarcado para segunda, e as demais datas – quinta (4) e domingo (7) – foram mantidas.

Conforme a agência de notícias AP, a confirmação da suspensão veio por parte da assessoria de imprensa do River Plate. A produtora Time for Fun, que coordena a turnê, confirmou o cancelamento.

A cantora desembarcou na capital argentina nesta segunda-feira com uma equipe de 220 pessoas, além dos seus três filhos.

Sticky & Sweet deverá bater recordes de arrecadação para um artista solo após sua passagem pelo Brasil no final deste ano.

Madonna tocará no Rio de Janeiro nos dias 14 e15 de dezembro, no Maracanã, e em São Paulo nos dias 18, 20 e 21, no Morumbi.

>>>>> Leia mais sobre Madonna

Postado por Danilo Fantinel

Turnê de Madonna bate recorde de arrecadação

01 de dezembro de 2008 2

Divulgação

As vésperas de desembarcar no Brasil, a turnê de Sticky & Sweet promete bater todos os recordes de arrecadação. Segundo a empresa Live Nation, que gerencia a carreira de Madonna, a turnê deve arrecadar cerca de 280 milhões de dólares(algo em torno de 662 milhões de reais) apenas em entradas.   

De acordo com a rede BBC, se as projeções forem confirmadas, será a maior arrecadação de um artista solo na história. O recorde anterior também pertence à Madonna, que arrecadou 193 milhões de dólares com a Confessions Tour, em 2006.

Só no braço norte-americano da turnê, Madonna vendeu 550 mil ingressos e arrecadou 91 milhões de dólares. Até agora, ao todo já foram arrecadados mais de 207 milhões de dólares. A magnitude dos números deve ser mantida mesmo após o recente cancelamento das apresentações marcadas para a Austrália.

Veja também:

 >>>>> The Police é a banda mais “rica” do último ano

 >>>>> Madonna libera detalhes sobre turnê

 >>>>> Madonna está confirmada no Brasil

Postado por Luciano Varelmann

The Police é a banda mais "rica" do último ano

24 de setembro de 2008 0

Divulgação

O The Police encabeça a lista de músicos mais bem pagos no último ano, segundo levantamento feito pela revista Forbes. Os caras conseguiram arrecadar 115 milhões de dólares com a sua turnê de retorno/despedida.

A lista foi elaborada de acordo com os rendimentos dos artistas em shows, discos e campanhas publicitárias no período entre junho de 2007 e junho de 2008.

O segundo posto ficou com a cantora Beyonce Knowles, que arrecadou algo em torno de 80 milhões de dólares. Ela tirou o título de cantora mais bem paga do mundo de Madonna, que arrecadou “apenas” 40 milhões de dólares, ficando com o quinto posto.

A Rainha do Pop, no entanto, deve recuperar a primeira posição na próxima lista, já que a turnê Sticky & Sweet deve arrecadar aproximadamente 250 milhões de dólares. 

O cantor country Toby Keith e Justin Timberlake completam o Top5, com 48 e 44 milhões de dólares respectivamente.

Confira o Top10:

1. Police
2. Beyonce
3. Toby Keith
4. Justin Timberlake
5. Madonna
6. Celine Dion
7. Rascal Flatts
8. Van Halen
9. Genesis
10. Gwen Stefani

Postado por Luciano Varelmann