Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Resultados da pesquisa por "Trent Reznor"

Trent Reznor libera músicas e clipe da trilha sonora da saga Millenium

13 de dezembro de 2011 0

Trent Reznor e Atticus Ross liberaram duas músicas que estarão na trilha do filme Millennium – Os Homens que Não Amavam as Mulheres, título nacional para The Girl With The Dragon Tattoo, inspirado nos livros Millennium, do sueco Stieg Larsson.

Uma das composições é cover de Is Your Love Strong Enough?, de Bryan Ferry, na voz de Mariqueen Maandig, mulher de Reznor e parceira dele na ótima banda eletrônica How to Destroy Angels (conheça aqui e aqui). O resultado é uma bela canção baseada em vocais e beats linha trip hop, e amparada por uma levíssima atmosfera Nine Inch Nails. Ouça:

A outra música é um cover pesado e fantasmagórico de Immigrant Song, do Led Zeppelin, em uma parceria matadora de Reznor e Ross com Karen O, a performática vocalista do Yeah Yeah Yeahs. Guitarras sujas e beats saturados em volume máximo. O clipe abaixo é uma colagem afú de imagens:


Trent Reznor and Karen O – “The Immigrant song”… por taimurl

No início de dezembro, eles haviam liberado seis músicas incidentais do filme.

Dragon Tattoo Sampler by ahhhhhhhhhhhhhhhhhhhh

O filme dirigido por David Fincher, com Daniel Craig e Rooney Mara no elenco, estreia dia 21 de dezembro nos Estados Unidos e no dia 27 de janeiro no Brasil. A trilha sonora deve chegar às lojas na próxima semana.

Reznor e Ross ganharam um Oscar pela trilha do filme A Rede Social em 2010.

> Mais Trent Reznor

Trent Reznor ganha prêmio e critica Prince e Apple

07 de maio de 2009 3

Divulgação

Trent Reznor deu o que falar nesta semana no noticiário de música. O líder do Nine Inch Nails foi notícia em vários sites e revistas por diversos motivos. O principal deles foi o prêmio de Artista do Ano, entregue nesta terça pelo 13º Webby Awards, que reconhece as pessoas e empresas que tiveram os melhores desempenhos na internet.

Trent utiliza a rede para diversos fins há anos, onde mantém contato direto com fãs. No ano passado, lançou o álbum The Slip na íntegra e de graça no site da banda. Os discos Year Zero (2007) e Ghosts I-IV (2008) também foram disponibilizados. E a turnê Lights in the Sky, que viria a Porto Alegre, teve cobertura completa no site, com textos e fotos.

Para os organizadores do prêmio, a habilidade de Trent na web o transforma em um embaixador natural da cultura online.

E foi em uma recente entrevista online com fãs que Trent desancou Prince e Rivers Cuomo, do Weezer. Para ele, os dois vivem dizendo que têm centenas de grandes músicas em seu repertório. Sugeriu, então, que coloquem algumas delas nos próximos discos, porque os últimos de ambos foram muito ruins.

 

Embora possa parecer, Trent não faz apenas críticas negativas a outras bandas. Depois de anunciar uma turnê conjunta com seus ídolos do Jane’s Addiction a partir de 08 de maio (que será seguida por um hiato do NIN), o músico disse que o álbum Primary Colours, da banda The Horrors, é a “melhor coisa” que ele ouviu “em muito tempo”.

Mas o lado combativo do cara não tira férias. Nesta segunda, Trent se enfureceu com a Apple, que rejeitou uma das atualizações do iPhone do Nine Inch Nails, devido ao “conteúdo censurável”. A empresa tem uma regra que bane “obscenidades, pornografia, conteúdo ofensivo ou difamatório” para usuários do iPhone ou iPod.

Via Twitter, ele disse que o conteúdo censurável é o álbum The Downward Spiral e respondeu comparando a situação com outra que ele viveu com a rede de supermercados Wal-Mart há alguns anos:

– O que vocês querem que nós alteremos para que isso passe pelos seus padrões estúpidos? Eu me recordo do problema que tivemos com o Wal-Mart há alguns anos, que foi uma questão de consistência e hipocrisia (…) Eu posso entender se você não quer comercializar algo `indecente`, mas se você literalmente virar para o lado de onde estão os discos do NIN (na loja), você pode comprar um DVD do Scarface sem nenhuma censura e uma cópia do game Grand Theft Auto, onde você pode recebe recompensas por espancar prostitutas. Como isso pode fazer algum sentido? Você pode comprar The Downward Spiral pelo iTunes, mas não pode fazer uma atualização no seu iPhone só porque tem um palavrão. Qualé Apple, deixe essa política de lado e libere a atualização.

Trent rules!

Postado por Danilo Fantinel

Trent Reznor libera novos sons

06 de junho de 2008 0

Divulgação

O líder do Nine Inch Nails segue sua cruzada em nome dos downloads.

Agora, ele liberou aqui algumas faixas das bandas que fazem a abertura dos shows da turnê do NIN. É tudo DRM-free.

Tem Crystal Castles (tudo), Does it Offend You, Yeah? (adoro!), A Place to Bury Strangers (insdustrial eletrônico f*d*d*ç*), Deer Hunter (meio deslocado no contexto, mas ok) e a faixa Echoplex (do NIN).

O cara também anunciou sua banda para o giro pelos EUA: Robin Finck, Alessandro Cortini, Josh Freese e Justin Meldal-Johnsen.

Trent manda bem!

 

>>>>> NIN.com 
>>>>> Nine Inch Nails deverá tocar em POA em outubro
>>>>> Novo disco do Nine Inch Nails for free
>>>>> Back to the 90’s

Postado por Danilo Fantinel

Veja trailer do documentário Sound City, dirigido por Dave Grohl

19 de julho de 2012 0

Caiu na rede o trailer do documentário Sound City, dirigido e produzido por Dave Grohl. O filme enquadra o lendário estúdio norte-americano por onde passaram dezenas de bandas e artistas. Foi lá que o Nirvana gravou Nevermind, em 1991.

Em maio, Grohl disse à Variety que teve a ideia do doc ao comprar o equipamento de gravação Neve 8028, que pertenceu ao Sound City Studios. Na época, foi dito que o aparelho de 1972 é um “tesouro da gravação analógica” utilizado por Neil Young, Tom Petty, Guns N’Roses, Fleetwood Mac, Rage Against the Machine, Slipknot, Nine Inch Nails, Metallica e outros.

Em um comunicado oficial, Grohl afirmou que “Sound City é um filme sobre a verdade, o ofício e a integridade do rock and roll. Como os próprios corredores escuros dos estúdios, pode não ser bonito, mas é real”.Veja abaixo:


Tom Petty, Butch Vig, Trent Reznor e John Fogerty são algumas das figuras que aparecem no trailer.

Sound City deve chegar aos cinemas em 2013.

> Mais Foo Fighters

Tracks Volume #18

28 de outubro de 2011 0

M83Midnight City
Nada menos do que espetacular este clipe da banda francesa de indie electronic e ambient M83, liderada por Anthony Gonzalez e Nicolas Fromageau, para a música Midnight City. No limite entre o introspectivo e o exuberante, a faixa ganha ares cinematográficos e paranormais na direção de Fleur & Manu. Timing perfeito com o remake da animação japa cult Akira (leia sobre isso  aqui e aqui).

M83 – Midnight City from naiverecords on Vimeo.

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

We Were Promised JetpacksHuman Error
Bebedeira, muita festa, gente linda se pegando, entrando em crise, e se acabando geral na noite gringa neste clipe da música Human Error, da banda escocesa We Were Promised Jetpacks. O som é nota 10. Fast dirty rock como se o mundo fosse acabar hoje. E é nisso que o diretor Michael Sherrington deve ter pensado na hora de criar o vídeo. Imperdível.

We Were Promised Jetpacks – “Human Error” from stereogum on Vimeo.

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

Jane’s AddictionUnderground
Guitarreira glitter-laser em pleno Late Show With David Letterman. O que mais dizer sobre eles além de “mestres”?

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

Mazzy StarCommon Burn
A banda Mazzy Star é um dos grandes nomes do dream pop psicodélico dos anos 90, e está há 15 anos sem lançar um disco de inéditas. Agora, no dia 31 de outubro, eles lançam o single Common Burn, uma faixa muito calma, com guitarra etérea próxima ao country e o vocal-sonho de Hope Sandoval. Lembra muito alguns momentos do Cowboy Junkies. O novo disco deve sair em 2012.

Mazzy Star – Common Burn by weallwantsome1
O single vem com o b-side Lay Myself Down, que você escuta no Pitchfork.

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

Nada SurfWhen I Was Young
A nova do Nada Surf, When I Was Young, que estará no disco The Stars Are Indifferent To Astronomy, previsto para o início de 2012, começa acústica e ganha corpo e peso aos poucos. Som legal, sem firulas.

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

The HorrorsI Can See Through You
Quem acompanha o Volume há algum tempo sabe que eu curto MUITO Horrors. A ótima I Can See Through You toca geral nas rádios gringas, e há poucos dias saiu esse clipe caleidoscópico maneraço. Veja abaixo e leia mais sobre a banda neste link

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

Guided By VoicesThe Unsinkable Fats Domino
Os heróis do indie 90 voltam com o single The Unsinkable Fats Domino, que virá com o lado-B We Won’t Apologize For the Human Race no dia 22/11. O som é puro rock lo-fi tradicional do Guided By Voices, nem mais nem menos. As faixas estarão em Let’s Go Eat the Factory, disco marcado para 01/01/2012.

Escute The Unsinkable Fats Domino aqui

> Faça o download do som no site da Matador

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

FriendsI’m His Girl
A melhor homenagem/referência aos anos 80 que eu vejo em anos, autêntica e discreta. A faixa I’m His Girl tem origem onde o indie rock encontra o hip hop cool nova-iorquino. O clipe é pura volta a um passado ghetto street não muito distante. Saudades de NY. Saudades, saudades, saudaaaaadeeeeeeeees! A banda Friends você conheceu nas Tracks #4.

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

Lana Del ReyVideo Games (Live)
Lana, Lana, Lana… você me mata. O vídeo de Video Games você viu faz tempo nas Tracks #11. Agora, veja ao vivo.

Você pode ver Blue Jeans, também ao vivo no Premises, neste link. E abaixo, Lana quando ainda era Lizzy Grant cantando Kill Kill, do EP homônimo lançado em 2009 -> e já com a mesma estética retrô-sexy-acabada. Marilyn Monroe feelings. Cool.

Mais uma antiga: a jazzy The End of the World, também de Kill Kill, ao vivo em NY em 2008. E ainda tem gente achando que Lana é fake. Por Deus!

Bom, ela no Jools Holland você já deve ter visto (aqui). Rolou quando eu estava em férias. E no último dia 24, Lana ganhou o prêmio Next Big Thing da revista Q. No vídeo abaixo, gravado após a premiação, a cantora fala sobre o sucesso de Video Games, carreira, a produção do primeiro disco (está pela metade, deve sair em janeiro), hype e críticas.

Ok, ok, chega de Lana Del Rey por hoje! Mas se você quiser saber mais, pula neste link.

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

Chromatics - Kill For Love
Rockinho lo-fi sincero, delicioso, com base em sintetizadores e vocal-veludo. Me lembrou Still Corners, que você escutou nas Tracks 12. O disco homônimo, Kill For Love, sai em janeiro pelo selo Italians Do It Better.

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

Orbital - Never
Se você sentia falta do Orbital, um dos duos mais importantes da música eletrônica dos 90, que não lançava nada desde Blue Album (2004), agora já tem motivo pra comemorar. Eles acabam de liberar a nova faixa, Never, com um clipe bem legal e muito simples: uma viagem muitíssimo bem editada pelas ruas de Londres, na linha Open Your Eyes, do Snow Patrol (veja aqui). Conhece Londres? Não? Então aproveita e dá um rolê por lá com o Orbital! Saudades de Londres. Saudades, saudades, saudaaaaadeeeeeeeees! E o ponto de fuga das imagens???? Quase sempre fixo! Massa! A música? Ambient techno cool, que é o que eles melhor sabem fazer. Play it loud!

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

Anika - Yang Yang e No one’s there
Tô chapado com o som da alemã Anika. Bom para quem curte experimentações pós-punk-eletrônicas gélidas e fantasmagóricas. Anika vive entre Berlim e Bristol e é parceira de Geoff Barrow (Portishead e Beak>), o que por si só já diz muito. Saudades de Berlim. Saudades, saudades, saudaaaaadeeeeeeeees! Ela é tipo como se Nico, Beth Gibbons e Karin Dreijer Andersson (aka Fever Ray) fossem uma única pessoa que cantasse no Stereolab com produção de Trent Reznor fase How To Destroy Angels. Muito confuso? Então te liga na definição do MySpace dela pro som: uneasy easy listening. Ahan! Ah, Yang Yang é um cover de Yoko Ono.

Escute o disco na íntegra:

Se você não consegue ver o embed acima clique aqui para escutar o álbum.

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

Stay+Fever
Clipe pesado, meio baixo astral, e bem mais trash do que o da música Human Error, da banda We Were Promised Jetpacks, que você viu acima. Faz a linha Smack My Bitch Up, do Prodigy. Noite forte dá nisso… De qualquer forma, a música de Stay+ é muito boa. Começa calma e segue para um synth poderoso, dançante, com beats acelerados. Nas palavras dele, é “fictional dance” – seja lá o que isso quer dizer. Veja o clipe de Fever abaixo e um set de remixes na sequência, com destaque para a incrível remistura de You’re A Woman, do Death From Above 1979.

Ouça um EP de remixes:


Se não consegue ver o embed de remixes acima, clicaqui.

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

Jesse RuinsA Bookshelf Sinks Into The Sand
Pancada electro-industrial das boas criada por Jesse Ruins. As outras faixas do EP (Inner Ambient, Sofija e Dream Analysis) são bem mais calmas, estilo bedroom-pop. Ouça A Bookshelf Sinks Into The Sand abaixo e as outras três neste link

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

#ficadica @MarcosTesser

Lissi Dancefloor DisasterPop Musiiic
O Lissi Dancefloor Disaster é um experimento de electro pop indie sueco numa perfeita mistura da atitude do Le Tigre com os toques sombrios da banda The Knife. Formado por Josefin Lindh e Johan Tilli, eles cultuam o “art pop movement”: música pop com mensagens engajadas em prol da arte e da música. A banda, dona da deliciosa track 8-bit Oh My God (veja aqui) lançou ontem seu primeiro EP, As We Plz. A primeira faixa deste trabalho se chama Pop Musiiic, uma canção realmente digna de um hit do Le Tigre. É um pop enérgico, com vocais e temática intensos e loopings viciantes.

Lissi Dancefloor Disaster – Pop Musiiic by Lissi Dancefloor Disaster

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

Bloquinho remix

Noel Gallagher’s High Flying BirdsLet The Lord Shine A Light On Me (UNKLE Remix)
E segue a avalanche de material novo do Noel. Depois de singles e vídeos (veja aqui), agora caiu na rede esse remix bacaninha assinado pelo supercult UNKLE. É legal, mas nada mais que isso. Mais Noel Gallagher’s High Flying Birds aqui

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

Cut Copy Tour Mix Pt2Noise In My Head
Cut Copy liberou esse mix para bombar a turnê mundial que passou pelo Brasil. Mas eu sou retardado e não vi isso antes do show deles em Porto Alegre. Dããã! Leia sobre o show em POA neste post.

Cut Copy Tour Mix Pt2 – Noise In My Head by cutcopymusic


¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

Little BootsShake Until Your Heart Breaks
O mixtape lançado por Little Boots tem Metronomy na abertura, Classix, Oh Land e mais. Ótimo chill in com final incrível – a própria Shake Until Your Heart Breaks, que deve ser o próximo lançamento dela.

SHAKE UNTIL YOUR HEART BREAKS MIXTAPE by LittleBoots

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

Death Cab For CutieSome Boys (RAC Maury Mix)

Death Cab for Cutie – Some Boys [RAC Maury Mix] by Death Cab for Cutie

> Tracks #1
> Tracks #2
> Tracks #3
> Tracks #4
> Tracks #5
> Tracks #6
> Tracks #7

> Tracks #8
> Tracks #9
> Tracks #10
> Tracks #11
> Tracks #12
> Tracks #13
> Tracks #14
> Tracks #15

> Tracks #16
> Tracks #17

Year Zero do NIN vira série de TV

29 de setembro de 2010 0

Year Zero, o disco conceitual do Nine Inch Nails lançado em 2007, vai virar série de TV com produção de Lawrence Bender (Pulp Fiction, Jackie Brown, Inglourious Basterds, Kill Bill 1, 2 3, este previsto pra 2014) e texto Daniel Knauf (responsável pela incrível série Carnivàle). O projeto é uma parceria HBO/BBC America. Massa!

Trent Reznor disse ao L.A. Times que a produção segue em fase inicial e que os primeiros rascunhos já estão sendo escritos.

Distópico, paranóico e esquizofrênico, Year Zero é uma visão sombria, niilista e apocalíptica dos Estados Unidos em 2022. O disco é produto da revolta de Reznor com a administração George W. Bush e relata uma história ficcional envolvendo o governo dos EUA, terrorismo, ataques biológicos, ditadores, milícias paramilitares, etc, etc, etc.

O álbum foi estendido para os formatos game e filme. O game bombou a partir de uma guerilla marketing visionária e o filme, ao que parece, virou a minissérie que ainda não tem data de lançamento.

Confira a cronologia de lançamento do disco e do game (uma ação que envolve pen drives com músicas espalhados por shows da banda em Portugal, na Espanha e no Reino Unido, toneladas de pistas online, números de telefone relacionados à história e hot sites cheios de teorias políticas conspiratórias) em inglês aqui e em portuga aqui.



Creep é trilha do trailer de filme sobre Facebook

19 de julho de 2010 0

Divulgação
O cover de Creep, do Radiohead, feito pelo coral belga Scala & Kolacny Brothers está na trilha do ótimo trailer do (muito provavelmente) ótimo filme The Social Network. O longa de David Fincher remonta a fundação do Facebook.

A versão do coral feminino para o clássico do rock dá o tom perfeito para o trailer. The Social Network estreia em outubro nos Estados Unidos e em dezembro no Brasil, com Jesse Eisenberg e Justin Timberlake no elenco e trilha assinada pelo genial Trent Reznor.

>>>>> Mais Radiohead
>>>>> Mais Trent Reznor

Postado por Danilo Fantinel

How To Destroy Angels lança clipe

18 de maio de 2010 1

Reprodução
O primeiro clipe da banda How To Destroy Angels, de Trent Reznor e sua mulher, Mariqueen Maandig, é para a música The Space in Between. O vídeo é trágico, mas belo. Cinematográfico, eu diria. Mais uma da série “eu queria ter dirigido”. Mas não dirigi. O dono da pérola é Rupert Sanders.

O som é cheio de batidas lentas e ambientação lúgubre, típicas de trip hop e downtempo, e marcado pelo semblante fechado de Trent Reznor, o que sempre dá um peso maior e um tom mais denso a tudo.

Há alguns dias, eles haviam liberado a faixa A Drowning. How To Destroy Angels tem semelhanças com outro lance obscuro que eu curto muito: Fever Ray.

Postado por Danilo Fantinel

How to Destroy Angels libera música

04 de maio de 2010 0

Reprodução
A nova banda de Trent Reznor, How to Destroy Angels, vem liberando trechos de vídeos/músicas no site oficial há alguns dias. Hoje, eles entregaram a música A Drowning para o Pitchfork.

Achei foda! Pra mim, é o que Portishead poderia ter feito em Third, mas não fez. Trip hop/downtempo anos 2000, com equilíbrio perfeito entre guitarras, sintetizadores e bateria eletrônica. Escute com fones de ouvido bem alto… Reznor é gênio mesmo!

O projeto é primeiro dele desde o fim do Nine Inch Nails e tem a mulher, Mariqueen Maandig (ex-West Indian Girl) nos vocais. O EP debut sairá no verão gringo.

Abaixo, alguns vídeos do site da banda:

01 from How To Destroy Angels on Vimeo.

02 from How To Destroy Angels on Vimeo.

04 from How To Destroy Angels on Vimeo.

>>>>> Mais Nine Inch Nails

Postado por Danilo Fantinel

Último disco de Johnny Cash sairá em fevereiro

14 de janeiro de 2010 2

Divulgação
O último álbum de estúdio de Johnny Cash, American VI: Ain`t No Grave, da série American Recordings, que teve início em 1994, será lançado no dia 26 de fevereiro, dia do nascimento do músico. O disco virá com a faixa inédita I Corinthians: 15:55. O material foi gravado em 2002, um ano antes da morte de Cash, e teve produção de Rick Rubin, que também assinou os anteriores.

Nos álbuns já lançados, ele gravou músicas de John Lennon e Paul McCartney, Beck, Nick Cave, Tom Petty, Bonnie “Prince” Billy, Sting, Neil Diamond, U2, Soundgarden, Glenn Danzig, além da já clássica Hurt, do Trent Reznor.

Neste último, ele registrou composições de Sheryl Crow (Redemption Day) e Kris Kristofferson (For The Good Times), entre outros compositores. O tracklist é:

Aint No Grave
Redemption Day
For The Good Times
First Corinthians
Where I`m Bound
Satisfied Mind
It Don`t Hurt Anymore
Cool Clear Water
Last Night I Had The Strangest Dream
Aloha Oe
I Corinthians: 15:55

>>>>> Vídeos: especiais de Natal com Johnny Cash e amigos

Postado por Danilo Fantinel